PUBLICIDADE

Mulher que teve 65% do corpo queimado espera o primeiro filho

A australiana Turia Pitt foi vítima de um incêndio florestal durante uma ultramaratona

Turia Pitt junto com seu noivo, Michael Hoskin - Foto: Reprodução/Instagram
Turia Pitt junto com seu noivo, Michael Hoskin

Há seis anos, a australiana Turia Pitt viu sua vida ser completamente transformada. Ela, que corria e trabalhava como modelo, teve 65% de seu corpo queimado durante um incêndio em uma floresta da Austrália, onde ela estava percorrendo uma ultramaratona. Apesar de todo sofrimento, hoje ela comemora a vida enquanto espera seu primeiro filho.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ela, que é noiva do australiano Michael Hoskin, fez o teste de gravidez seis vezes seguidas. O parceiro dela descobriu que seria pai ao encontrar os testes que foram deixados na pia do banheiro. O parto de Turia está previsto para ocorrer em dezembro.

turia pitt - Foto: Reprodução/Instagram
Turia agora curte a reta final de sua gestação

Ela e o noivo se conhecem e estão juntos desde o período escolar. Michael a apoiou em todos os momentos após o acidente que provocou as queimaduras, que fez com que a australiana precisasse fazer mais de 200 cirurgias de reparação na pele do corpo todo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)