publicidade

O que é Câncer de bexiga?

Sinônimos: Carcinoma urotelial

O câncer de bexiga é um câncer que começa na bexiga. A bexiga é a parte do corpo que retém e libera a urina. Ela fica no centro do baixo abdômen.

ADAM A bexiga é a parte do corpo que retém e libera a urina.

Causas

Nos Estados Unidos, o câncer de bexiga normalmente começa nas células que revestem a bexiga (chamadas de células transicionais).

Esses tumores são classificados de acordo com o modo de crescimento:

  • Os tumores papilares têm uma aparência de verruga e estão conectados a um talo.
  • Os tumores não papilares (chatos) são muito menos comuns. Entretanto, são mais invasivos e têm um prognóstico pior.

A causa exata do câncer de bexiga é desconhecida. Entretanto, diversos fatores podem aumentar as chances de desenvovê-lo:

  • Cigarro. Fumar aumenta bastante o risco de desenvolver câncer de bexiga. Mais da metade dos casos de câncer de bexiga em homens e muitos casos em mulheres podem ser provocados pelo hábito de fumar cigarros.
  • Exposição química no trabalho. Cerca de um em cada quatro casos de câncer de bexiga é provocado pelo contato com produtos químicos que causam câncer no trabalho. Esses produtos químicos são chamados de carcinógenos. Os trabalhadores que lidam com corantes, borracha, alumínio ou couro, os caminhoneiros e os aplicadores de pesticida são os profissionais que correm mais riscos.
  • Quimioterapia: A droga ciclofosfamida (Cytoxan) usada na quimioterapia pode aumentar o risco de câncer de bexiga.
  • Radioterapia: Mulheres que passaram por radioterapia para tratar o câncer cervical têm maior risco de desenvolver câncer de bexiga.
  • Infecção de bexiga: Uma infecção ou irritação crônica da bexiga pode levar a um determinado tipo de câncer de bexiga.

Algumas pesquisas sugerem uma ligação entre adoçantes artificiais e câncer de bexiga. Há poucas evidências.

Exames

O médico fará um exame físico, incluindo um exame pélvico e retal.

ADAM Cistoscopia é um exame feito por meio da inserção de uma câmera na parte interior da bexiga.

Possíveis testes incluem:

  • Tomografia computadorizada abdominal
  • Biópsia da bexiga (normalmente realizada durante uma cistoscopia)
  • Cistoscopia (exame da parte interior da bexiga com uma câmera)
  • Pielograma intravenoso
  • Tomografia pélvica
  • Urinálise
  • Citologia urinária

Se os exames confirmarem que você tem câncer de bexiga, serão realizados testes adicionais para verificar se o câncer se espalhou. Isso é chamado estadiamento. O estadiamento ajuda a determinar o tratamento e o acompanhamento e dá indícios sobre o que se pode esperar no futuro.

O sistema de estadiamento do tumor, linfonodo e metástase (TNM) categoriza o câncer de bexiga usando a seguinte escala:

  • Estágio 0 tumores não invasivos localizados somente no revestimento da bexiga
  • Estágio I - o tumor atravessa o revestimento da bexiga, mas não atinge a camada muscular da bexiga
  • Estágio II - o tumor atinge a camada muscular da bexiga
  • Estágio III - o tumor ultrapassa a camada muscular da bexiga atingindo os tecidos ao redor da bexiga
  • Estágio IV - o tumor se espalha para os linfonodos vizinhos ou para lugares distantes (metástase)

O câncer de bexiga pode se espalhar para as áreas próximas, incluindo:

  • Próstata
  • Reto
  • Ureteres
  • Útero
  • Vagina

Ele também pode se espalhar para linfonodos da pelve ou para outras partes do corpo, como:

  • Ossos
  • Fígado
  • Pulmões

Sintomas de Câncer de bexiga

Os sintomas de câncer de bexiga podem incluir:

  • Dor abdominal
  • Sangue na urina
  • Dor nos ossos ou sensibilidade
  • Fadiga
  • Dor ao urinar
  • Frequência urinária
  • Urgência urinária
  • Incontinência urinária
  • Perda de peso

Observação: Outras doenças podem causar sintomas semelhantes. É importante consultar um médico para eliminar todas as outras possíveis causas.

Buscando ajuda médica

Consulte seu médico se você tiver sangue na urina ou outros sintomas de câncer de bexiga como:

  • Micção frequente
  • Dor ao urinar
  • Necessidade urgente de urinar

Também entre em contato com seu médico se:

  • Estiver exposto no trabalho a produtos químicos que podem causar câncer
  • Fumar

Tratamento de Câncer de bexiga

O tratamento depende do estágio do câncer, da gravidade dos sintomas e de sua saúde geral.

Tratamentos para os estágios 0 e I:

  • Cirurgia para remover o tumor sem remover o resto da bexiga
  • Quimioterapia ou imunoterapia diretamente na bexiga

Tratamentos para os estágios II e III:

  • Cirurgia para remover a bexiga inteira (cistectomia radical)
  • Cirurgia para remover somente parte da bexiga, seguida de radioterapia e quimioterapia
  • Quimioterapia para diminuir o tumor antes da cirurgia
  • Combinação de quimioterapia e radiação (em pacientes que optam por não ser operados ou que não podem ser operados)

A maioria dos pacientes com tumores de estágio IV não pode ser curada e a cirurgia não é adequada. Para esses pacientes, a quimioterapia é frequentemente considerada.

Quimioterapia

A quimioterapia pode ser aplicada a pacientes com estágio II e III da doença, tanto antes quanto depois da cirurgia, para prevenir a reincidência do tumor.

Para os primeiros estágios da doença (0 e I), a quimioterapia normalmente é aplicada diretamente na bexiga.

Um cateter de Foley pode ser usado para levar o medicamento até a bexiga. Os efeitos colaterais comuns incluem irritação da parede da bexiga e dor ao urinar. Para os estágios mais avançados (II a IV), a quimioterapia é normalmente intravenosa.

Imunoterapia

O câncer de bexiga é frequentemente tratado com imunoterapia. Neste tratamento, um medicamento faz com que seu próprio sistema imunológico ataque e mate as células cancerosas. Geralmente, a imunoterapia para o câncer de bexiga é realizada usando a vacina Bacille Calmette-Guérin (normalmente conhecida como BCG). Ela é levada ao interior da bexiga por meio de um cateter de Foley. Se a BCG não funcionar, os pacientes poderão receber interferon.

Como em todos os tratamentos, é possível que ocorram efeitos colaterais. Informe-se com seu médico sobre os efeitos colaterais esperados e o que fazer caso eles ocorram.

Cirurgia

A cirurgia de câncer de bexiga inclui:

  • Ressecção transuretral da bexiga (RTUP): O tecido canceroso da bexiga é removido pela uretra.
  • Remoção parcial ou completa da bexiga: Muitas pessoas com câncer de bexiga de estágio II ou III podem precisar extirpar a bexiga (cistectomia radical). Às vezes, apenas uma parte da bexiga é removida. Geralmente são aplicadas radiação e quimioterapia após essa cirurgia.

A cirurgia também pode ser realizada para ajudar o seu corpo a drenar a urina após a remoção da bexiga. Isso pode ser:

  • Conduto ileal: Um pequeno reservatório de urina é criado cirurgicamente a partir de um pequeno pedaço do seu intestino. Os ureteres que drenam a urina dos rins são conectados a uma extremidade do segmento do intestino. A outra extremidade é levada até uma abertura na pele (um estoma). O estoma permite que o paciente drene a urina coletada para fora do reservatório.
  • Reservatório urinário continente: É criada uma bolsa para coletar urina dentro de seu corpo, usando um pedaço do cólon. Você precisará inserir um tubo em uma abertura na sua pele (estoma) para alcançar essa bolsa e drenar a urina.
  • Neobexiga ortotópica: Essa cirurgia está se tornando comum em pacientes que tiveram a bexiga removida. Uma parte do seu intestino é dobrada para formar uma bolsa que coleta urina. Ela é conectada ao local do corpo onde a urina é normalmente esvaziada pela bexiga. Esse procedimento permite manter algum controle normal da urina.

PUBLICIDADE

Expectativas

Após o tratamento para câncer de bexiga, você será rigorosamente monitorado por um médico. Isso pode ser:

  • Cintilografia óssea e tomografias computadorizadas para verificar a propagação ou o retorno do câncer
  • Monitoramento dos sintomas que sugerem a progressão da doença, como fadiga, perda de peso, aumento da dor, redução do funcionamento da bexiga ou dos intestinos e fraqueza
  • Hemograma completo para monitorar a anemia
  • Exames de bexiga de 3 a 6 meses após o tratamento
  • Urinálise, se sua bexiga não tiver sido removida

O prognóstico do paciente com câncer de bexiga depende do estágio inicial e da resposta ao tratamento do câncer.

O resultado para os estágios 0 e I é razoavelmente bom. Embora o risco de reincidência seja alto, a maior parte dos casos de câncer de bexiga que ressurge pode ser removido cirurgicamente.

As taxas de cura para pessoas com tumor de estágio III são abaixo de 50%. Os pacientes com câncer de bexiga de estágio IV raramente são curados.

Complicações possíveis

O câncer de bexiga pode se espalhar para os órgãos vizinhos. Ele também pode viajar pelos linfonodos pélvicos e se espalhar para o fígado, os pulmões e os ossos. As complicações adicionais do câncer de bexiga são:

  • Anemia
  • Inchaço dos ureteres (hidronefrose)
  • Estenose uretral
  • Incontinência urinária

Prevenção

Se você fuma, pare. O fumo pode aumentar o risco de câncer de bexiga. Evite a exposição a produtos químicos relacionados ao câncer de bexiga.

Fontes e referências:

  • Bajorin D. Tumors of the kidney, bladder, ureters, and renal pelvis. In: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007: chap 207.

  • National Comprehensive Cancer Network. National Comprehensive Cancer Network Clinical Practice Guidelines in Oncology: Bladder Cancer, Including Upper Tract Tumors and Urothelial Carcinoma of the Prostate. 2011. Version 2,2011.

ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

  • Encontre um médicoindicado por outras pessoas

    em

  • Indique um médicoe ajude outras pessoas

    Estado
    Qual o nome do seu médico?

Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Encontre médicos de confiança indicados por outras pessoas

buscar médicos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais sobre Câncer de bexiga

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Descubra o seu Peso ideal Saiba se seu peso atual e sua meta de
peso
são saudáveis.
ex: 75,5kg / 1,70m
 

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X