Disenteria bacteriana: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Disenteria bacteriana?

Sinônimos: gastroenterite por shigella, enterite por shigella, enterite - shigella, gastroenterite - shigella

A disenteria bacteriana, também conhecida como shigelose, é uma doença intestinal provocada por uma família de bactérias conhecidas como Shigella. A bactéria Shigella é transmitida pela água ou alimentos contaminados ou pelo contato com fezes contaminadas. O principais sintoma da disenteria bacteriana é a diarreia.

PUBLICIDADE

Causas

A disenteria bacteriana ocorre quando a pessoa acidentalmente engole a bactéria Shigella. Isso pode ocorrer nas seguintes situações:

  • Se você tocar em sua boca caso não tenha lavado bem as mãos após o contato com a bactéria. Este contato pode ter ocorrido, por exemplo, após a troca de fraldas de um bebê com disenteria bacteriana
  • Caso a pessoa coma alimentos contaminados. As pessoas infectadas que manuseiam alimentos podem transmitir a bactéria para as pessoas que comem a comida. Os alimentos também podem ser contaminados se ele cresce em um local que contém esgoto
  • Caso a pessoa beba água contaminada. A água pode ser contaminada pelo esgoto ou por alguém que tenha a doença e nade no mesmo local que você.

Fatores de risco

Os fatores de risco da disenteria bacteriana são:

  • Ser uma criança com idade entre dois e quatro anos
  • Viver em alojamentos ou em grupo
  • Viajar ou viver em áreas que necessitam de saneamento
  • Prática de sexo anal.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Sintomas

Sintomas de Disenteria bacteriana

Os sintomas normalmente ocorrem três dias após entrar em contato com a bactéria Shigella, mas em algumas situações podem demorar uma semana para ocorrer. Os principais sintomas são:

  • Diarreia, muitas vezes acompanhada de sangue ou muco
  • Cólicas abdominais
  • Febre.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Entre em contato com seu médico se mantiver a diarreia por mais de três dias, especialmente se não conseguir manter alimentos ou bebidas que ingere. Se desenvolver diarreia sanguinolenta também é importante buscar ajuda médica. Em casos de diarreia associada à febre alta e em situações de convulsões devido à febre é essencial entrar em contato com o médico.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar uma disenteria bacteriana são:

  • Clínico geral
  • Gastroenterologista
  • Infectologista.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quais são os sintomas que você tem?
  • Quando seus sintomas começaram?
  • Você tem febre?
  • Você foi exposta de alguma maneira a bactéria Shigella?.

Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar.

Diagnóstico de Disenteria bacteriana

A diarreia pode ocorrer devido à uma série de doenças. Assim, para diagnosticar a disenteria bacteriana é necessário fazer um exame das fezes que será um teste para a presença da bactéria Shigella.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Disenteria bacteriana

Nos casos de disenteria bacteriana leve, apenas se manter hidratado, bebendo muita água, já é o suficiente. Não é aconselhado o uso de medicamentos para aliviar a diarreia. O tratamento pode incluir antibióticos caso a disenteria bacteriana seja grave. Soros encontrados em farmácias podem ser orientados, especialmente para crianças. Em casos de desidratação severa, a internação para o recebimento de soro intravenoso pode ser orientada.

Medicamentos para Disenteria bacteriana

Os medicamentos mais usados para o tratamento de disenteria bacteriana são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Durante o período em que tiver a disenteria bacteriana é importante manter-se hidratado.

Complicações possíveis

A disenteria bacteriana normalmente não leva a complicações. Contudo, as complicações podem ser:

  • Desidratação, sendo que os sintomas da desidratação incluem vertigens, tonturas, falta de lágrimas, olhos encovados e no caso de bebês, fraldas secas
  • Convulsões
  • Prolapso retal
  • Síndrome hemolítico-urêmica
  • Artrite reativa
  • Megacólon tóxico.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Prevenção

Atitudes que ajudam a prevenir a disenteria bacteriana são:

  • Lavar as mãos com frequência e cuidadosamente
  • Supervisionar as crianças pequenas quando lavam as mãos
  • Eliminar a fralda suja adequadamente
  • Desinfetar a área onde estava a fralda suja
  • Manter a criança com diarreia em casa
  • Não preparar comidas para outros se tiver diarreias
  • Evitar engolir água de lagoas, lagos ou piscinas não tratadas.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Fontes e referências

  • Revisado por: Eduardo Grecco, gastroenterologista do Hospital Leforte (CRM: 97960/SP)
  • Clínica Mayo – organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que reúne conteúdos sobre doenças, sintomas, exames médicos, medicamentos, entre outros.