Diverticulite

Visão Geral

O que é Diverticulite?

A diverticulite é constituída por bolsas e quistos pequenos e salientes da parede interna do intestino (diverticulose) que ficam inflamados ou infectados. Esses quistos costumam ser encontrados no intestino grosso (cólon).

ADAM
A diverticulite é constituída por bolsas e quistos pequenos e salientes da parede interna do intestino.

Causas

Não se sabe exatamente o que causa a formação dessas bolsas ou quistos de diverticulose. Seguir uma dieta pobre em fibras é uma das causas mais prováveis.

As pessoas que ingerem principalmente alimentos processados, como muitos norte-americanos, não ingerem fibras suficientes em sua dieta. Alimentos processados incluem arroz branco, pão branco, a maioria dos cereais matinais, bolachas tipo água e sal e pretzels.

Como resultado, é mais provável que ocorra constipação e fezes muito duras, causando esforço na passagem de fezes. Isso aumenta a pressão no cólon ou nos intestinos e pode causar a formação desses quistos.

A diverticulose é muito comum. Ela é encontrada em mais da metade dos norte-americanos com mais de 60 anos. Somente uma pequena quantidade dessas pessoas desenvolverá diverticulite.

A diverticulite é causada por pequenos pedaços de fezes que ficam presas nesses quistos, provocando infecção ou inflamação.

ADAM
O esforço para eliminar as fezes aumenta a pressão no cólon, podendo causar a formação de quistos.

Exames

Seu médico vai examiná-lo. Exames de sangue podem ser requisitados para verificar se você tem uma infecção.

Outros exames que ajudam a diagnosticar a diverticulite podem incluir:

  • Tomografia computadorizada
  • Ultrassom do abdome
  • Radiografias do abdome

Sintomas

Sintomas de Diverticulite

As pessoas com diverticulose geralmente não apresentam sintomas, mas podem sentir inchaço e cólicas na parte inferior do abdome. Raramente, elas notam sangue nas fezes ou no papel higiênico.

Os sintomas da diverticulite são mais graves e geralmente aparecem subitamente, mas podem piorar em poucos dias. São eles:

  • Sensibilidade, geralmente na parte inferior esquerda do abdome
  • Inchaço ou gases
  • Febre e calafrios
  • Náusea e vômito
  • Falta de fome e alimentação insuficiente

Buscando ajuda médica

Ligue para o seu médico se ocorrerem os sintomas da diverticulite.

Ligue também se você tiver diverticulite e:

  • Sangue nas fezes
  • Febre acima de 38 °C que não passa
  • Náusea, vômito ou calafrios
  • Dor súbita na área abdominal ou nas costas que piora ou é muito grave

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Diverticulite

O tratamento da diverticulite depende da gravidade de seus sintomas. Algumas pessoas podem precisar ser internadas no hospital, mas geralmente você pode tratar esse problema em casa.

Para ajudar a diminuir a dor, seu médico pode recomendar:

  • Repousar e usar uma bolsa de água quente na área abdominal
  • Tomar analgésicos (consulte o médico sobre quais usar).
  • Beber somente líquidos por um dia ou dois e lentamente voltar a tomar outros líquidos espessos antes se alimentar.

O médico poderá tratá-lo com antibióticos.

Quando você estiver melhor, seu médico vai sugerir que adicione mais fibras à sua dieta e evite determinados alimentos. Comer mais fibras pode ajudar a evitar ataques futuros. Se você tiver inchaço ou gases, reduza a quantidade de fibras ingeridas por alguns dias.

Fibras alimentares na dieta

Uma vez formados, você terá esses quistos pelo resto da vida. Se você fizer algumas pequenas mudanças no seu estilo de vida, talvez não tenha diverticulite novamente.

Alguns alimentos podem piorar os sintomas:

  • EVITE feijões e ervilhas, grãos não refinados, coco, milho ou pipoca, frutas secas, cascas de legumes e frutas, tomates, morangos, picles e pepinos.
  • Consulte o médico quanto à ingestão de nozes ou sementes.
  • Não beba muito café, chá ou bebidas alcoólicas. Eles podem piorar a constipação.

Convivendo (prognóstico)

Expectativas

Geralmente, esta é uma condição branda que responde bem ao tratamento. Algumas pessoas sofrerão mais de um ataque de diverticulite.

Complicações possíveis

Os problemas mais graves que podem se desenvolver são:

  • Abscesso (bolsão cheio de pus ou infecção)
  • Buraco ou ruptura no cólon (perfuração)
  • Área estreitada no cólon (estenose)

Fontes e referências

  • Fox JM, Stollman NH. Diverticular disease of the colon. In: Feldman M, Friedman LS, Brandt LJ, eds. Sleisenger and Fordtran's Gastrointestinal and Liver Disease. 9th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier;2010:chap 117.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não