Dor de garganta: tratamentos e causas

REVISADO POR
Dr. Jamal Azzam
Otorrinolaringologia - CRM 57245/SP
especialista minha vida

Visão Geral

O que é Dor de garganta?

A dor de garganta pode ser um sintoma muito doloroso, que incomoda o paciente. A maioria dos casos de dor de garganta indicam doenças infecciosas (virais ou bacterianas) ou inflamações leves, que cessam sem tratamento médico ou então com o uso de anti-inflamatórios. Várias condições podem causar uma dor de garganta, e é preciso ficar atento caso o sintoma não desapareça - em caso de dúvida, procure um médico.

Getty Images
Área afetada pela dor de garganta

Causas

Em geral, as causas mais comuns para a dor de garganta são:

Dor de garganta: conheça as causas e acabe com ela - SAIBA MAIS
5 de 7

Infecções virais

A dor de garganta pode ser ocasionada por uma infecção viral. Entre as causas mais comuns estão:

  • Gripe ou resfriado, os tipos mais comuns de infecção viral
  • Laringite (A maioria dos casos de inflamação nas cordas vocais é viral. Os sintomas são voz rouca e tosse, que por sua vez traz muito incômodo).
  • Faringite (geralmente é viral, e a pessoa sente dor para engolir e falar, além de sentir a inflamação que parece estar atrás da língua).
  • Amigdalite (casos de inflamação viral nas amígdalas são identificados por vermelhidão, inchaço ou secreções no local)
  • Mononucleose
  • Parotidite infecciosa
  • Herpangina
  • Faringoamigdalite (infecção na faringe e na amígdala)

Infecções bacterianas

Uma infecção bacteriana pode também levar a uma forte dor de garganta, e as principais causas são:

  • Faringite (essa inflamação também pode ser bacteriana, e nesse caso é comum encontrar também pus, além dos sintomas já citados).
  • Amigdalite (as infecções bacterianas nas amígdalas são identificadas com a presença de pus. Pode vir acompanhada de adenoidite)
  • Inflamação da epiglote (epiglotite)
  • Inflamação da úvula (uvulite)
  • Faringoamigdalite
  • Em raros casos, doenças sexualmente transmissíveis (DST), como a gonorreia ou a clamídia, podem ocasionar dor de garganta. Se você se envolveu recentemente em comportamentos de alto risco sexual, pode considerar essas doenças.

Irritações e lesões

Uma dor de garganta que dura mais de uma semana, também pode ser causada por substâncias irritantes ou lesões, como:

  • Baixa umidade, tabagismo, poluição do ar, forçar a voz ou drenagem nasal posterior
  • Respirar pela boca, quando você tem alergias ou está com o nariz entupido, levando sujeira e bactérias para a garganta.
  • Refluxo de ácido estomacal para a garganta, o que pode ser um sintoma de doença do refluxo gastroesofágico. A dor de garganta nesse caso pode ou não vir acompanhada de sintomas como azia, um sabor ácido na boca ou uma tosse.
  • Um machucado físico, como um corte, causado ao engolir algo pontiagudo.
  • Síndrome da fadiga crônica, uma doença que provoca cansaço extremo.

Diagnóstico e Exames

Na consulta médica

Se a dor de garganta persistir por mais de uma semana, você deve buscar atendimento médico para investigar as causas e fazer o tratamento adequado. No exame físico, o médico pode pedir que você abra a boca para que examine a existência de pus ou inflamação. Ele também pode medir a sua temperatura para identificar se você tem febre.

Seu médico pode fazer as seguintes perguntas a você durante a consulta. Esteja pronto para respondê-las e ajude-o a descobrir o seu diagnóstico:

  • Quando a dor de garganta começou?
  • Você teve febre?
  • Você tem outros sintomas associados com a dor de garganta, como dor no corpo?
  • O que faz a sua dor de garganta piorar?
  • Outros membros da família, amigos ou colegas de trabalho têm queixas semelhantes?
  • Você teve suas amígdalas removidas?
  • Você foi diagnosticado com faringite no passado? Como foi tratado?
  • Quais tratamentos em casa você já tentou?
  • Quais medicamentos você já tentou para curar a dor de garganta?

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Dor de garganta

O tratamento para dor de garganta depende da causa. Se for uma doença viral, como gripe, é importante não usar antibióticos para tratá-las - pois eles eliminam apenas as bactérias, e não os vírus. Alguns tratamentos naturais são utilizados para a dor de garganta - mel, própolis, maçã com mel, gengibre, limão e papaína - mas eles são apenas paliativos e não tratam a raiz do problema. Mas, o que é sempre mais indicado é que a pessoa procure seu médico para que ele faça o acompanhamento e receite o remédio ou tratamento mais preciso.

Medicamentos para Dor de garganta

Uma dor de garganta pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de dor de garganta são:

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Prevenção

Prevenção

Não há como prevenir uma dor de garganta, mas alguns cuidados ajudam a reduzir os riscos de uma dor de garganta. Entre eles, estão:

  • Lave as mãos com frequência, especialmente quando você tiver contato com pessoas doentes ou com grandes aglomerações, como no transporte público
  • Mantenha distância de agentes irritantes, como cigarro, poluição e também do ar-condicionado, pois podem causar a dor de garganta
  • Não force a voz
  • Não respire pela boca
  • Não fume ou utilize outros produtos de tabaco e evite a exposição ao fumo passivo
  • Evite o contato com pessoas que têm infecções na garganta
  • Cuide do nariz entupido. Somente use descongestionantes receitados pelo seu médico ou realize a lavagem do nariz
  • Cuidado com a troca de temperatura ambiente
  • Beba muita água par evitar a desidratação.

Fontes e referências

  • Clínico geral Flavio Fernandes Naves, CRM 133733