Dor no ombro

Visão Geral

O que é Dor no ombro?

A dor no ombro diz respeito à qualquer dor nas articulações do ombro ou ao seu redor.

Causas

A articulação do ombro, como todas as articulações dos membros superiores, se desenvolveram e se adaptaram para ser uma articulação de função e não de carga, como é o caso de articulações dos membros inferiores. Para isso, os músculos e tendões presentes no ombro desempenham um papel importantíssimo para o bom funcionamento destas articulações. A causa mais comum de dor no ombro é quando os tendões são acometidos inicialmente por uma inflamação. Os tendões ficam inflamados ou danificados, configurando, assim, uma condição chamada de tendinite do manguito rotador. A dor no ombro por tendinite pode ocorrer por:

  • Desgaste natural devido ao envelhecimento
  • Atividade esportiva, em especial aquelas que envolvem movimentos de lançamento, como beisebol, tênis, natação, etc.
  • Atividades de trabalho em que é preciso levantar o ombro
  • Trauma direto ou queda sobre o ombro

A dor no ombro também pode ser causada por:

  • Artrite nas articulações ao redor do ombro (estreitamento gradual das articulações e perda de cartilagem de proteção, em geral, relacionado ao envelhecimento ou ao desgaste da articulação)
  • Bursite é o termo mais comum utilizado para se referir à dor no ombro, muito embora essa ideia seja equivocada. O termo bursite significa única e exclusivamente uma inflamação da glândula bursa, que pode ser encontrada em algumas articulações, e serve para facilitar o deslizamento dos tendões durante os movimentos da articulação
  • Fraturas dos ossos do ombro
  • A síndrome do ombro congelado, conhecida também como capsulite adesiva, é uma lesão inflamatória de origem desconhecida, que, na fase aguda ou inflamatória pode gerar muita dor. Depois, ocorre uma retração da cápsula do ombro provocando perda de movimentos. A dor, no entanto, tende a melhorar. Esta doença desaparece espontaneamente, evoluindo para a cura total entre seis e 12 meses, aproximadamente
  • Tendinite do bíceps
  • Deslocamento do ombro, ou luxação do ombro, quando o osso do braço (úmero) desencaixa da articulação, em geral, após um trauma.

Outras possíveis causas para a dor no ombro incluem:

  • Necrose avascular
  • Radiculopatia cervical
  • Ataque cardíaco
  • Entorses e distensões
  • Polimialgia reumática
  • Síndrome do desfiladeiro torácico

Sintomas

Sintomas de Dor no ombro

A dor, em geral, é o primeiro sintoma que aparece quando existe algum problema no ombro. Pode ser consequência de alterações inflamatórias nos casos de lesão recente, ou de alterações degenerativas (envelhecimento biológico das estruturas articulares, natural da idade, ou de atividades que exigem um trabalho excessivo do ombro durante anos, como ocorre em atletas de alto nível ou trabalhadores braçais), quando os tendões ou outras estruturas articulares estão “desgastadas”.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Existem alguns problemas de saúde que podem simular ou irradiar dor para o ombro. Por exemplo, sabe-se que uma dor no peito, aguda, de grande intensidade, com irradiação para o ombro esquerdo, sugere um infarto do coração; alguns problemas no estômago ou no baço, também podem gerar dor irradiada para o ombro. Portanto, na presença de dor que não é controlada facilmente com cuidados simples, é importante procurar o seu médico ou se dirigir a um Pronto-Atendimento para ser avaliado e orientado.

Em caso de traumas ou ferimento na região do ombro que causem dor e dificuldade de movimentos, é importante se dirigir a um serviço que tenha atendimento de urgência para ser orientado pelo médico.

Na consulta médica

Entre as especialidades que podem diagnosticar a dor no ombro estão:

  • Clínica médica
  • Ortopedia
  • Traumatologia
  • Reumatologia
  • Cardiologia

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade

Atualmente, a especialidade de Ortopedia e Traumatologia se desenvolveu muito, em relação as técnicas de tratamento, os equipamentos utilizados com altíssima tecnologia agregada, e, por isso, surgiram as subespecialidades. Nas subespecialidades, o médico pode se dedicar a tratar e diagnosticar as doenças relacionadas as diversas articulações em questão de forma mais precisa e eficaz. Portanto, quando tiver um problema no ombro, procure se consultar com um médico especialista nesta articulação, ou seja, o especialista em “ombro e cotovelo”.

Na consulta, o especialista saberá conduzir as perguntas, no sentido de esclarecer o problema articular: características da dor, como intensidade, localização, frequência, etc.; mobilidade: dor durante determinados movimentos, perda de movimento, movimentos mais difíceis ou relacionados com determinadas atividades, etc.; possíveis causas para o aparecimento do problema; relação com alguma atividade de trabalho ou do esporte; etc.

Diagnóstico de Dor no ombro

O médico, com as informações obtidas com a conversa com seu paciente e com o exame físico, necessitará, também, complementar as informações obtidas com exames complementares de imagem, que podem ser radiografias, ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética, entre outros. Ele poderá, ainda, poderá solicitar exames laboratoriais, de sangue, por exemplo, para auxiliar na definição de m diagnóstico preciso.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Dor no ombro

O tratamento para os problemas do ombro devem ser indicados sempre após uma investigação precisa e detalhada, por meio de exames complementares se estes forem necessários.

O tratamento pode ser conservador, também chamado de não cirúrgico, que consiste na prescrição de anti-inflamatórios, analgésicos, fisioterapia, educação postural, exercícios assistidos e orientados por pessoas especializadas quando necessário, aplicação local de gelo, repouso, entre outras medidas.

Quando o tratamento conservador falha, ou em casos mais graves de rupturas de tendão, deslocamentos do ombro ou fraturas, o tratamento pode exigir a correção cirúrgica. Entre os métodos cirúrgicos mais modernos de tratamento, em alguns casos, pode-se fazer o tratamento por artroscopia, que é um método pouco invasivo para tratamento das lesões do ombro.

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

A dor persistente no ombro é um sinal importante para procurar o médico. Algumas lesões, quando diagnosticadas precocemente, ou seja, em sua fase inicial, podem ter uma solução bem mais simples, e, muitas vezes, podem evitar até uma eventual cirurgia.

Fontes e referências

  • Revisado por Dr. Eduardo da Frota Carrera, ortopedista – CRM: 39818
  • Ministério da Saúde
  • Sociedade Brasileira de Ortopedia
  • Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
  • Instituto de Ortopedia e Traumatologia
  • ANDRADE, R.P. – Semiologia do ombro. In Clínica Ortopédica (Atualização em Cirurgia do ombro). Vol 1/1, Medsi, 2000.
  • BAYLE, I.; KESSEL, L. –Shoulder Surgery. Berlin, Spring-Verlag, 1982
  • DePALMA, A.F. – Surgery of the shoulder. Philadelfia, J.B. Lippincott, 1983
  • HAWKINGS, R.J.; BOKOR, D.J. – In Roockwood Jr., A.R.; Matsen III (eds).The Shoulder. Philadelphia, W.B. Saunders, pp. 149-177, 1990
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não