Enterobíase: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Enterobíase?

Sinônimos: enterobíase, oxiuríase, ascáride, enterobius vermicularis, e vermicularis, helmintíase

Enterobíase é uma das infecções intestinais mais comuns do mundo, presente mesmo em países desenvolvidos. A infecção é causada pelo verme nematódeo Enterobius vermicularis, também chamado de oxiúro.

PUBLICIDADE

O oxiúro é pequeno, achatado e branco, e pode viver no cólon e reto de humanos. Do comprimento de um grampo, a fêmea do verme viaja até o ânus da pessoa infectada durante a noite para depositar seus ovos.

A enterobíase é mais comum em crianças em idade escolar, sendo que os oxiúros podem ser facilmente transmitidos de uma criança a outra. O tratamento envolve medicamentos orais que matam os organismos. Para resultados mais efetivos, toda a família deve ser tratada.

Sinônimos

Oxiuríase, Ascáride, helmintíase.

Causas

A enterobíase é transmitida por via fecal-oral, ou seja, através da transferência de ovos do ânus para a boca de alguém, seja diretamente com a mão ou indiretamente, por meio de roupas contaminadas, roupas de cama, alimentos ou outros artigos. Asim que são ingeridos, os ovos partem para o intestino.

Os ovos se tornam infecciosos dentro de algumas horas após terem sido depositados sobre a pele em torno do ânus e podem sobreviver durante duas a três semanas na roupa, roupa de cama ou outros objetos. As pessoas são infectadas, ao engolir ovos de traça-infecciosos que estão nos dedos, sob as unhas, ou na roupa, roupa de cama e outros objetos contaminados. Por causa de seu pequeno tamanho, os ovos de traça podem ser ingeridos durante a respiração.

Fatores de risco

Fatores de risco para enterobíase incluem:

  • Ter entre 5 e 14 anos
  • Viver em espaços lotados ou passar muito tempo convivendo com um grande número de pessoas
  • Viver em um clima temperado.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Sintomas

Sintomas de Enterobíase

Os sintomas de enterobíase podem incluir:

  • Coceira na região anal ou vaginal
  • Insônia
  • Irritabilidade e agitação
  • Dor abdominal intermitente
  • Náuseas.

Algumas pessoas com enterobíase não apresentam sintomas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Marque uma consulta médica se você ou seu filho(a) experimentar qualquer sintoma de enterobíase. É importante tentar ao máximo não coçar a área até a consulta médica, para evitar a transmissão.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar enterobíase são:

  • Clínico geral
  • Infectologista
  • Pediatra.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Os sintomas são contínuos ou ocasionais?
  • Quão graves são os sintomas?
  • Alguma coisa parece melhorar os sintomas?
  • O que, se alguma coisa, parece piorar os sintomas?

Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar. Para enterobíase, algumas perguntas básicas incluem:

  • Qual a causa mais provável para os sintomas?
  • Quais as outras causas possíveis para os sintomas?
  • Que tipos de testes são necessários?
  • Devo consultar um especialista?
  • Há algum material impresso que posso levar comigo? Quais sites você recomenda?

Não hesite em fazer outras perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Diagnóstico de Enterobíase

O diagnóstico da enterobíase é feito com três técnicas simples:

  • Observar se os vermes aparecem na região do ânus cerca de duas a três horas após a pessoa dormir
  • Encostar uma fita adesiva transparente na região anal ao amanhecer, para coletar possíveis ovos de oxiúro que poderão ser observados no microscópio. Esse procedimento deve ser repetido pelo menos três vezes, assim que a pessoa acorda
  • Se a coceira anal é um sintoma, podem ser coletadas amostras de pele abaixo das unhas para análise em laboratório.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Enterobíase

Os medicamentos usados para tratar enterobíase são mebendazol, pamoato de picarintel e albendazol. As três medicações são ministradas em duas doses – uma no início do tratamento e outra duas semanas depois. A primeira dose do medicamento nem sempre irá matar todos os ovos e oxiúros. Dessa forma, a segunda dose serve para evitar uma reinfecção e matar os vermes que não foram eliminados da primeira vez.

Infecções reincidentes são tratadas com o mesmo método. Em casas, escolas ou creches em que há uma pessoa infectada, é recomendado que todas as pessoas recebam tratamento mesmo que não apresentem sintomas. Isso evita a transmissão.

Crianças com menos de 2 anos que foram infectadas podem sofrer efeitos colaterais do tratamento. É necessário discutir os riscos com o profissional de saúde que está acompanhando o quadro.

Medicamentos para Enterobíase

Os medicamentos mais usados para o tratamento de enterobíase são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

A enterobíase raramente causa complicações. Em raras ocasiões, infestações graves podem causar infecções nos genitais femininos ou perda de peso acentuada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Prevenção

A melhor forma de prevenir a enterobíase é com uma rotina de higiene adequada para todos os membros da família, especialmente as crianças. Siga essas dicas para prevenir infecções e reinfecções por enterobíase:

  • Lave as mãos com água e sabão após usar o banheiro e antes de comer ou preparar alimentos
  • Troque as roupas de banho e cama frequentemente
  • Mantenhas suas unhas curtas e limpas
  • Desencoraje hábitos como roer as unhas em crianças
  • Pessoas que estão infectadas deve tomar banho todos os dias pela manhã para retirar os ovos que estão depositados no ânus
  • Pessoas infectadas devem ter a roupa de cama e banho trocada todos os dias, que deve ser lavada com água morna
  • Permita que a luz solar entre nos cômodos durante o dia, uma vez que os ovos de oxiúro são sensíveis ao sol.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Fontes e referências

  • Mayo Clinic
  • American Academy of Family Physicians
  • Centers For Disease Control And Prevention