Estomatite ulcerativa

Visão Geral

O que é Estomatite ulcerativa?

Úlceras orais são feridas ou lesões abertas na boca.

Veja também: Aftas

Causas

As úlceras bucais são provocadas por diversos distúrbios. Estes incluem:

A lesão cutânea de histoplasmose também pode parecer uma úlcera oral.

Exames

Um médico ou dentista geralmente diagnosticará o tipo de úlcera oral com base na sua aparência e localização. Exames de sangue ou biópsia da úlcera podem ser necessários para confirmar sua causa.

Sinônimos

úlcera oral; Estomatite - ulcerativa; Úlcera - boca

Mais sobre Estomatite ulcerativa

Marque uma consulta com seu médico se as úlceras orais não curarem em 3 semanas. Marque uma consulta com seu médico se as úlceras orais ocorrerem com frequência ou se aparecerem novos sintomas.

Sintomas

Sintomas de Estomatite ulcerativa

Os sintomas variam e dependem da causa específica da úlcera oral. Em geral, os sintomas podem incluir:

  • Feridas abertas na boca
  • Dor e desconforto na boca

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Estomatite ulcerativa

O objetivo do tratamento é aliviar os sintomas. A causa, se conhecida, deve ser tratada.

Higiene oral cuidadosa e completa pode aliviar alguns dos sintomas. Anti-histamíncos tópicos, antiácidos, corticosteroides ou outros preparos emolientes podem ser recomendados e aplicados diretamente na úlcera.

Evite alimentos quentes ou condimentados, que muitas vezes aumentam a dor provocada pelas úlceras orais.

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

  • Celulite da boca, provocada por infecção bacteriana secundária das úlceras
  • Infecções dentárias (abscessos dentários)
  • Câncer oral
  • Transmissão de doenças contagiosas para outras pessoas

Expectativas

O resultado varia dependendo da causa da úlcera. Muitas úlceras orais são inofensivas e curam sem tratamento.

No entanto, existem tipos de cânceres que podem aparecer inicialmente com uma úlcera oral que não sara. Ver: Carcinoma das células escamosas

Prevenção

Prevenção

Boa higiene oral pode ajudar a prevenir alguns tipos de úlceras orais, bem com algumas complicações resultantes. Boa higiene oral inclui escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, usar fio dental pelo menos diariamente e fazer limpeza e exames dentários profissionais regularmente.

Fontes e referências

  • Muñoz-Corcuera M, Esparza-Gómez G, González-Moles MA, Bascones-Martínez A. Oral ulcers: clinical aspects. A tool for dermatologists. Part I. Acute ulcers. Clin Exp Dermatol. Abril de 2009;34(3):289-94.
  • Muñoz-Corcuera M, Esparza-Gómez G, González-Moles MA, Bascones-Martínez A. Oral ulcers: clinical aspects. A tool for dermatologists. Part II. Chronic ulcers. Clin Exp Dermatol. Junho de 2009;34(4):456-61. Epub 14 de abril de 2009.
  • Mirowski GW, Mark LA. Oral disease and oral-cutaneous manifestations of gastrointestinal and liver disease. In: Feldman M, Friedman LS, Brandt LJ, eds. Sleisenger & Fordtran''s Gastrointestinal and Liver Disease. 9th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2010:chap 22.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não