Excesso de pelos (em mulheres)

Visão Geral

O que é Excesso de pelos (em mulheres)?

O excesso de pelos que cresce no corpo de pessoas do sexo feminino é chamado de hirsutismo. Todas as pessoas têm pelos faciais e corporais. No entanto, em algumas partes esse pelo é muito fino, quase imperceptível. Pessoas do sexo masculino têm mais pelos aparentes em locais como o rosto, peito, barriga e costas. Mulheres com hirsutismo tendem a apresentar pelos nessas partes.

Apesar de o excesso de pelos ser embaraçoso para algumas pessoas, ele não é perigoso. Ele é decorrente de um desequilíbrio hormonal, que além do excesso de pelos pode causar outros sintomas desconfortáveis.

As mulheres com excesso de pelos podem ter fios escuros e grossos nascendo no rosto, tórax, abdômen e costas. Outros sintomas podem incluir:

Causas

Na puberdade, os ovários começam a produzir uma mistura de hormônios sexuais andrógenos (masculinos) e estrógenos (femininos). Isso faz com o cabelo a crescer nas axilas e região pubiana. O excesso de pelos em mulheres pode ocorrer se há alta produção de hormônios sexuais andrógenos.

O excesso de pelos pode ser causado por:

Em alguns casos, o crescimento de pelos ocorre não por causa dos ciclos menstruais ou de um desequilíbrio hormonal. Pode ser que o excesso de pelos seja normal nessas mulheres. Nessa situação, o problema pode estar associado a alguns grupos éticos específicos.

Fatores de risco

Alguns fatores podem contribuir para o aparecimento de pelos excessivos em mulheres:

  • Histórico familiar de doenças como ovário policístico e hiperplasia adrenal congênita
  • Ancestralidade: mulheres do mediterrâneo, Oriente Médio e Sul da Ásia tem mais chances de sofrer com o excesso de pelos.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

É provável que você busque ajuda médica quando perceber o excesso de pelos e eles estiverem causando incômodo. É importante marcar uma consulta para saber se o excesso de pelos não está lidado a outras condições, como ovários policísticos.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar as causas de excesso de pelos em mulheres são:

  • Clínico geral
  • Endocrinologista
  • Dermatologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • O seu ciclo menstrual sofreu alguma alteração ou então parou?
  • Você ganho peso sem causa aparente?
  • Você sofre com acne?
  • O tamanho dos seios mudou?
  • Você notou mudanças na voz?
  • Algum dos seus familiares tem hiperplasia adrenal congênita ou outra doença que altere a produção de hormônios?
  • Quais medicamentos e suplementos você toma?

Diagnóstico de Excesso de pelos (em mulheres)

O médico ou médica fará um exame clínico e perguntas sobre seu histórico médico e sintomas. Também podem ser pedidos exames de sangue para avaliar os níveis de hormônios no sangue. Pode ser feita uma ultrassonografia dos ovários e glândulas adrenais para checar a existência de tumores ou cistos.

Tratamento e Cuidados

Cuidados

Medicamentos

Os medicamentos para tratar excesso de pelos em mulheres precisam ser tomados por vários meses até fazer algum efeito. Além disso, eles variam conforme a causa do problema e devem ser receitados por um médico. Esses remédios incluem:

  • Anticoncepcionais hormonais
  • Anti-andrógenos
  • Cremes tópicos, para serem aplicados no local do crescimeno de pelo.

Procedimentos

Para remover os pelos, podem ser feitos alguns procedimentos. No entanto, a remoção não trata a raíz do problema. Por isso, é necessário buscar ajuda médica para encontrar a solução para o distúrbio que você tenha.

Entre os procedimentos para eliminação de pelos estão:

  • Terapia a laser
  • Eletrólise.

Cuidados em casa

Métodos para remover pêlos em casa incluem:

  • Arrancar usando pinças
  • Depilação com cera ou lâmina de barbear
  • Depilatórios químicos, como gel, loções ou cremes. No entanto, algumas pessoas são alérgicas a esses produtos.

Também é possível clarear os pelos em vez de retirá-los, tornando-os menos visíveis. No entanto, o branqueamento pode causar irritação na pele.

Fontes e referências

  • Sociedade Brasileira de Dermatologia
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não