PUBLICIDADE

Furúnculo: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Furúnculo?

Um furúnculo é uma infecção cutânea causada por bactéria que envolve um folículo piloso, a glândula sebácea e o tecido subcutâneo próximo a ele. Sua principal característica é a formação de um nódulo avermelhado, doloroso, endurecido e quente, com uma área amarelada na parte central indicativa da presença de pus. O tamanho do furúnculo pode variar de acordo com a profundidade dos tecidos infectados.

PUBLICIDADE

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Causas

O furúnculo é geralmente causado pela bactéria Staphylococcus aureus, um tipo bastante comum e que pode ser encontrado na pele e dentro do nariz. No entanto, o furúnculo também pode ser causado por outras bactérias ou fungos presentes na superfície da pele. Eles geralmente crescem em locais acometidos por alguma ferida ou picada de inseto, que facilitam a entrada da bactéria.

Furúnculos: entenda o que são e saiba como é o tratamento

Os furúnculos podem ocorrer em folículos capilares de qualquer parte do corpo, podendo haver mais de um furúnculo ao mesmo tempo. A lesão surge especialmente nas regiões com pelos e mais expostas à umidade, pressão e atrito, ou a substâncias gordurosas que facilitam a obstrução dos folículos pilosos. Os furúnculos são mais comuns no rosto, pescoço, axilas, nádegas e coxas.

Fatores de risco

Qualquer pessoa pode desenvolver furúnculos, mas existem alguns fatores considerados de risco que contribuem para o surgimento desses nódulos. Veja:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Últimas perguntas sobre Furúnculo

Sintomas

Sintomas de Furúnculo

Furúnculos podem aparecer em qualquer local do corpo, mas são mais comuns no rosto, pescoço, axilas, nádegas e coxas. Um furúnculo pode começar como um nódulo inchado, sensível e vermelho rosado. Com o tempo, ele fica parecendo um balão cheio de água ou um cisto.

A dor piora conforme ele vai sendo preenchido com pus e tecido morto e aumenta quando ele é drenado. É possível que o furúnculo se drene sozinho.

Os sintomas mais comuns do furúnculo são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Um furúnculo é facilmente identificável, mas é sempre bom procurar um especialista para saber que medidas tomar para tratar da lesão. Alguns fatores emergenciais devem ser levados em consideração. Busque ajuda médica o quanto antes quando o furúnculo:

Na consulta médica

Anote todos os seus sintomas e descreva-os ao médico, que provavelmente irá pedir para analisar a lesão.

Aproveite também para tirar todas as suas dúvidas. Esteja preparado também para responder às perguntas do médico. Veja alguns exemplos do que ele pode lhe perguntar:

SAIBA MAIS: Especialistas respondem 11 maiores dúvidas sobre furúnculo

Diagnóstico de Furúnculo

Um exame físico basta para que o médico possa realizar o diagnóstico. Mas se o furúnculo for recorrente ou se o paciente apresentar um quadro infeccioso juntamente com a lesão, o especialista poderá enviar uma amostra do pus para análise de laboratório.

Muitas das bactérias causadoras de furúnculos tornaram-se resistentes a alguns tipos de antibióticos. Por isso o exame é importante, uma vez que determinará qual tipo de antibiótico será necessário para tratar a infecção.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Furúnculo

É possível tratar de pequenos furúnculos em casa, aplicando compressas quentes para aliviar a dor e favorecer a drenagem natural da lesão. É importante também sempre deixar o local da ferida limpo, para evitar maiores complicações.

Para furúnculos maiores, o médico poderá indicar alguns tipos de tratamentos mais específicos:

Atenção: NUNCA se deve espremer um furúnculo. Na maioria dos casos, ele se rompe espontaneamente e não há necessidade de drenagem cirúrgica. Espremer o furúnculo por conta própria pode agravar a lesão e empurrar a infecção ainda mais para dentro da pele.

Em alguns casos, o especialista poderá prescrever um antibiótico tópico para combater a infecção.

Medicamentos para Furúnculo

Os medicamentos mais usados para o tratamento de furúnculos são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Saber lidar bem com furúnculos também faz parte do tratamento. Medidas caseiras são essenciais para a recuperação do paciente, especialmente em casos de lesões pequenas. Adote algumas dicas que poderão ajudá-lo no tratamento:

Complicações possíveis

Expectativas

Algumas pessoas têm ataques recorrentes com abscessos e pouco sucesso em preveni-los.

Os furúnculos podem ser muito doloridos se surgirem em áreas como o canal auditivo ou o nariz. Os furúnculos no nariz devem ser tratados por um médico. Os furúnculos que se desenvolvem próximos um do outro podem se expandir e se unir, causando uma doença chamada de carbunculose.

Em geral, a evolução do quadro é benigna, mas podem ocorrer complicações, especialmente quando eles são manipulados sem o devido cuidado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Prevenção

Adote algumas medidas para prevenir a ocorrência de furúnculos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Referências

Revisado por: Dra. Ana Maria Pinheiro, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - CRM: 5861

Ministério da Saúde

Sociedade Brasileira de Dermatologia