Hidrocele Testicular: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Hidrocele Testicular?

Sinônimos: processus vaginalis, processus vaginalis patente

Hidrocele testicular é a presença de líquido em quantidades anormais dentro do escroto e envolvendo o testículo, que pode ser tanto unilateral quanto bilateral.

PUBLICIDADE

Uma hidrocele testicular pode ser congênita ou adquirida e é mais comum em bebês e em adultos acima dos 45 anos de idade.

Sinônimos

Hidrocele; Processus vaginalis; Processus vaginalis patente

Causas

Recém-nascidos

A hidrocele testicular pode se desenvolver antes mesmo do nascimento. Nos fetos, os testículos ficam situados no abdômen, em uma região chamada de retroperitônio. Conforme o feto cresce, no entanto, os testículos migram para baixo em direção ao saco escrotal. Cada testículo, ao entrar no escroto, carrega algumas camadas de peritônio (que reveste o abdômen). Essas camadas contém um líquido específico, que serve para lubrificar o testículo, permitindo que ele possa ser móvel dentro do escroto.

O trajeto percorrido pelos testículos, do retroperitônio até o saco escrotal, se fecha com o passar do tempo. Quando isso não ocorre, uma quantidade maior de fluido tende a ser formada ao redor do testículo (proveniente da cavidade abdominal), formando, assim, uma hidrocele.

Adultos

Já em adultos, a hidrocele testicular pode ocorrer em decorrência de um desequilíbrio existente entre a formação e a absorção do líquido que existe naturalmente ao redor do testículo. Geralmente, a hidrocele em homens mais velhos ocorre em conjunto com processos inflamatórios, traumatismo ou outras lesões na região.

Fatores de risco

A maioria das hidroceles testiculares ocorre em bebês recém-nascidos. Neste grupo, o principal fator de risco é o nascimento prematuro. Crianças que nasceram prematuramente têm maior chance de desenvolver hidrocele testicular.

Nos adultos, as hidroceles afetam principalmente os homens com idade superior a 45 anos. Os fatores de risco para o desenvolvimento de uma hidrocele nesta fase da vida incluem lesões, infecções (incluindo DSTs) e até mesmo tumores.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Sintomas

Sintomas de Hidrocele Testicular

Uma hidrocele testicular geralmente vem acompanhada de um inchaço indolor em um ou em ambos os testículos.

Adultos com este problema podem reclamar de um desconforto na região escrotal. Nestes casos, pode haver dor dependendo do tamanho da inflamação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Marque uma consulta médica se você ou seu filho apresentar inchaço escrotal. Este é um sintoma comum a diversos tipos de problemas, por isso é importante procurar ajuda de um especialista.

A hidrocele de um bebê recém-nascido geralmente desaparece por conta própria. No entanto, se o problema não desaparecer mesmo depois de um ano ou se a hidrocele aumentar de tamanho, marque uma consulta com pediatra.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar uma hidrocele testicular são:

  • Clínico geral
  • Urologista
  • Pediatra.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando o inchaço escroto começou?
  • Você sente dor? Qual a intensidade da dor?
  • Você apresentou outros sintomas?
  • Você sofreu alguma lesão na região escrotal recentemente?
  • Você foi diagnosticado com alguma condição de saúde? Qual?
  • Você faz uso de algum medicamento?
  • Seu filho nasceu prematuramente?
  • Há quanto tempo o seu filho apresenta hidrocele testicular?
  • O problema aumentou ou permaneceu do mesmo tamanho?.

Diagnóstico de Hidrocele Testicular

O especialista começará o diagnóstico com um exame físico. Depois disso, ele poderá recomendar exames de sangue e de urina para ajudar na detecção de uma eventual infecção, como epididimite. Ultrassonografias também podem ser uma opção, uma vez que ajudam a descartar outras possíveis causas, como hérnia e tumor testicular.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Hidrocele Testicular

As hidroceles testiculares que acometem bebês geralmente desaparecem por conta própria dentro de aproximadamente um ano. No entanto, se a hidrocele não desaparecer depois deste período ou aumentar de tamanho, ela deverá ser removida cirurgicamente.

Para adultos, as hidroceles geralmente se curam por conta própria dentro de seis meses. Nestes casos, a hidrocele testicular requer tratamento somente caso sejam muito grandes – o suficiente para causar dor ou desfiguração. Caso contrário, ela pode precisar ser retirada por meio de cirurgia também.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

A hidrocele testicular normalmente não apresenta perigo para a saúde e geralmente não afeta a fertilidade. No entanto, em alguns casos, ela pode ser associada a uma condição testicular subjacente que pode causar sérias complicações, incluindo:

  • Infecção
  • Tumor
  • Redução na produção de esperma
  • Hérnia inguinal.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Prevenção

Por se tratar de um problema de saúde congênito, não há formas conhecidas de se prevenir hidrocele testicular em recém-nascidos. Adultos podem evitar o problema prevenindo infecções e possíveis lesões na região escrotal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Fontes e referências

  • Ministério da Saúde