Tratamentos de HPV

Existem diversas opções de tratamento para os sintomas do HPV, que são usadas conforme o tipo de manifestação do HPV (se ele é uma lesão ou uma verruga) e também o seu grau e a localização da lesão ou verruga. Elas podem ser feitas nas lesões clínicas e subclínicas. Veja a seguir as formas de tratamento mais comuns:

Cremes

Lesões pequenas, em pequena quantidade ou mais externas podem ser tratadas como cremes e ácidos. Um dos mais usados é o ácido tricloroacético, mas existem outras opções.

Além disso, cremes imunoterápicos também são opções, mas costumam ser usados por um período mais prolongado.

Retirada da lesão

A retirada da lesão pode ser feita de diversas formas. Uma das técnicas mais utilizadas é a cauterização a laser, em que o feixe de luz é direcionado na lesão, queimando-a. Além disso, ela também pode ser feita com gelo seco (crioterapia), ácidos (cauterização comum) ou usando radiofrequência.

E se o HPV não se manifestar?

O tratamento do HPV é feito contra os sintomas, não há uma terapia que elimine o vírus, esse trabalho precisa ser feito pelo sistema imunológico sozinho. Portanto, se o exame do HPV detecta a presença do vírus, mas não há manifestações dele pelo corpo, nem mesmo subclínicas, o médico pode apenas pedir o acompanhamento mais de perto, com exames de rotina feitos com maior frequência.

Não tenha medo!

O HPV é uma doença que costuma assustar, principalmente devido à sua relação com o câncer, como o câncer de colo de útero, garganta ou ânus. No entanto, se o HPV for detectado precocemente, ele é altamente tratável. Além disso, ele não funciona como o vírus do herpes, que o corpo nunca mais elimina e continua se manifestante sempre que a imunidade cai. O HPV costuma ser eliminado completamente do organismo após um ano e meio ou dois anos, principalmente em pessoas mais jovens.

A pessoa com quem eu me relaciono também precisa se tratar?

Sim, o parceiro ou parceira de alguém diagnosticado com HPV deve ir ao médico para investigar se também tem a doença. Caso haja alguma lesão clínica ou subclínica, é preciso que ele também se trate, para evitar os perigos da doença e também não transmiti-la novamente ao parceiro já diagnosticado.

Especialistas respondem:

Quanto tempo leva o tratamento do HPV?

Após a eliminação do vírus HPV do corpo, as verrugas podem permanecer?

Os medicamentos mais usados para o tratamento de HPV são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Fontes e referências

  • Infectologista Lessandra Michelim (CRM-RS: 23.494), Assessora da Vigilância Epidemiológica do Rio Grande do Sul e Presidente da Sociedade Riograndense de Infectologia
  • Ginecologista Márcia Fuzaro Terra Cardeal (CRM-SP: 55.963), membro da Sociedade de Obstetrícia Ginecologia do Estado São Paulo (SOGESP), professora da Faculdade de Medicina do ABC e doutura em ginecologia pela Santa Casa de São Paulo
  • Ministério da Saúde
  • Clínica Mayo

Mais de HPV