Insuficiência renal aguda

Visão Geral

O que é Insuficiência renal aguda?

Insuficiência renal aguda é a perda súbita da capacidade de seus rins filtrarem resíduos, sais e líquidos do sangue. Quando isso acontece, os resíduos podem chegar a níveis perigosos e afetar a composição química do seu sangue, que pode ficar fora de equilíbrio.

Também chamada de lesão renal aguda, a insuficiência é comum em pacientes que já estão no hospital com alguma outra condição. Pode desenvolver-se rapidamente ao longo de algumas horas ou mais lentamente, durante alguns dias. Pessoas que estão gravemente doentes e necessitam de cuidados intensivos estão em maior risco de desenvolver insuficiência renal aguda.

Insuficiência renal aguda pode ser fatal e requer tratamento intensivo. No entanto, pode ser reversível. Tudo depende do estado de saúde do paciente.

Causas

Insuficiência renal aguda pode ocorrer quando há:

  • Condição que diminui o fluxo sanguíneo para os rins
  • Dano direto aos rins
  • Uso de alguns medicamentos
  • Bloqueio nos tubos de drenagem de urina dos rins (uréteres), fazendo com que os resíduos não consigam deixar o corpo através da urina

Fluxo sanguíneo insuficiente para os rins

Doenças e condições que podem retardar o fluxo de sangue para os rins e levar à insuficiência renal incluem:

  • Perda grave de sangue ou fluidos corporais
  • Desidratação grave
  • Medicamentos para pressão arterial
  • Infarto
  • Doenças cardiovasculares
  • Infecções e sepse
  • Insuficiência hepática
  • Reações alérgicas graves (anafilaxia)
  • Queimaduras graves

Danos para os rins

Estas doenças, condições e agentes podem danificar os rins e levar à insuficiência renal aguda:

  • Coágulos de sangue nas veias e artérias em torno dos rins
  • Depósitos de colesterol que obstruem o fluxo sanguíneo para os rins
  • Glomerulonefrite, inflamação dos minúsculos renais
  • Síndrome hemolítico-urémico
  • Infecção renal
  • Lúpus que levou à glomerulonefrite
  • Mieloma múltiplo
  • Esclerodermia
  • Púrpura trombocitopênica trombótica
  • Toxinas, como álcool, metais pesados e cocaína
  • Vasculite, uma inflamação dos vasos sanguíneos

Bloqueio dos uréteres

Doenças e condições que bloqueiam a passagem da urina para fora do corpo (obstruções urinárias) e pode levar à insuficiência renal aguda incluem:

Medicamentos

A maioria das pessoas não tem problemas nos rins por tomar medicamentos. Mas pessoas que têm problemas sérios e crônicos de saúde são mais propensas do outras a ter um problema renal consequente do uso de medicamentos a longo prazo. Exemplos de medicamentos que podem prejudicar os rins incluem:

  • Antibióticos, tais como gentamicina e estreptomicina
  • Medicamentos para a dor, como naproxeno e ibuprofeno
  • Alguns medicamentos anti-hipertensivos, tais como os inibidores da ECA
  • Os corantes utilizados em alguns testes de raios-X.

Fatores de risco

As chances de adquirir uma insuficiência renal aguda são maiores na terceira idade ou se a pessoa tiver os seguintes problemas de saúde:

Se o paciente estiver doente sendo tratado em uma unidade de terapia intensiva (UTI), há um risco extremamente elevado para insuficiência renal aguda. Caso a pessoa esteja passando por uma cirurgia cardíaca, cirurgia abdominal ou um transplante de medula óssea, o risco também é aumentado.

Sintomas

Sintomas de Insuficiência renal aguda

Sinais e sintomas de insuficiência renal aguda podem incluir:

  • Diminuição da produção de urina, embora, ocasionalmente, a urina permaneça normal
  • Retenção de líquidos, causando inchaço nas pernas, tornozelos ou pés
  • Sonolência
  • Falta de fome
  • Falta de ar
  • Fadiga
  • Confusão
  • Náusea e vômitos
  • Convulsões ou coma, em casos graves
  • Dor ou pressão no peito.

Às vezes, insuficiência renal aguda não causa sinais ou sintomas e é detectada através de testes de laboratório realizados por outra razão.

Diagnóstico e Exames

Na consulta médica

A maioria das pessoas já está hospitalizada quando desenvolvem insuficiência renal aguda. Se você ou um ente querido desenvolveu sinais de insuficiência renal, converse sobre suas preocupações com o médico ou enfermeiro.

Se você não estiver no hospital, marque uma consulta médica. Se houver suspeita de problemas renais, você poderá ser encaminhado para um médico especialista na doença renal (nefrologista).

Antes da consulta, anote suas perguntas. Considere estas:

  • Meus rins estão funcionando corretamente?
  • Eu tenho insuficiência renal?
  • O que está causando meus problemas nos rins?
  • Que tipos de testes eu preciso?
  • Meus rins vão se recuperar?
  • Quais são minhas opções de tratamento?
  • Quais os riscos potenciais de cada opção de tratamento?
  • Preciso de diálise?
  • Preciso ir ao hospital? Quanto tempo vou precisar ficar no hospital?
  • Eu tenho essas outras condições de saúde. Como posso melhor gerenciá-las?
  • Preciso fazer uma dieta especial?
  • Existe uma alternativa genérica para o medicamento que você está prescrevendo?
  • Você tem materiais impressos que eu posso levar comigo? Quais sites você recomenda?

Não hesite em fazer perguntas durante a sua nomeação conforme elas ocorrerem para você.

Diagnóstico de Insuficiência renal aguda

Insuficiência renal aguda é mais frequentemente diagnosticada durante uma internação hospitalar para outra causa. Se você já está no hospital, exames realizados por outros problemas podem encontrar a doença renal.

Se você não está no hospital, mas tem sintomas de lesão renal, o médico irá perguntar sobre seus sintomas, quais medicamentos você toma, e quais exames você fez. Seus sintomas podem ajudar a apontar a causa do seu problema renal.

Entre os exames que fazem o diagnóstico de insuficiência renal aguda estão:

  • Medições da produção de urina
  • Exames de urina
  • Exames de sangue
  • Exames de imagem, como ultrassom e tomografia computadorizada
  • Remoção de uma amostra de tecido de rim para o teste (biópsia).

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Insuficiência renal aguda

O tratamento provavelmente será focado naquilo que está causando a insuficiência renal, e por isso poderá variar. Por exemplo, o paciente pode precisar restaurar o fluxo de sangue para os rins, parar todos os medicamentos que estão causando o problema ou remover uma obstrução no trato urinário.

No entanto, existem algumas recomendações que são gerais para o tratamento da insuficiência renal aguda. Confira:

Mudanças na dieta

Deverá ser feita uma restrição alimentar e de líquidos. O objetivo é reduzir a acumulação de toxinas que são normalmente eliminados pelos rins. Uma dieta rica em carboidratos e pobre em proteínas, sal e potássio é geralmente recomendada.

Medicamentos

Antibióticos podem ser prescritos para tratar ou prevenir todas as infecções que podem estar causando ou agravando a insuficiência renal. Diuréticos podem ser usados para ajudar os rins a eliminar líquidos. Cálcio e insulina podem ser receitados para ajudar a evitar uma acumulação perigosa de potássio no sangue.

Diálise

Esse procedimento envolve o desvio de sangue para fora do seu corpo em uma máquina que filtra os resíduos. O sangue limpo é então devolvido ao seu corpo. Se os níveis de potássio são perigosamente altos, a diálise pode salvar vidas. A diálise pode ser necessária, mas não é sempre necessária. É usada se houver mudanças em seu estado mental ou se você parar de urinar. A diálise também pode ser necessária em casos de pericardite, uma inflamação do coração. A diálise também pode ajudar a eliminar resíduos de produtos de nitrogênio do corpo.

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Durante a recuperação da insuficiência renal aguda, pode ser recomendada uma dieta especial para não sobrecarregar os rins. Você pode ser encaminhado para um nutricionista.

Dependendo da situação, o nutricionista pode recomendar que você:

  • Escolha alimentos com menos potássio. Exemplos incluem maçãs, couve, feijão verde, uvas e morangos. O excesso de potássio no sangue pode baixar a pressão arterial
  • Evite produtos com adição de sal. Reduza a quantidade de sódio que você come todos os dias, evitando produtos com adição de sal, incluindo congelados, sopas enlatadas e fast foods. Outros alimentos com adição de sal incluem salgadinhos, conservas de legumes e carnes processadas e queijos. O excesso de sódio no sangue pode elevar a pressão arterial
  • Limite o consumo de fósforo, uma vez que seu excesso no sangue pode enfraquecer os ossos e causar coceira da pele. O nutricionista pode lhe dar recomendações específicas sobre o consumo de fósforo na sua situação.

Quando os rins se recuperarem, a dieta pode voltar ao normal.

Complicações possíveis

Insuficiência renal aguda pode ser uma doença com risco de vida. O tratamento intensivo pode ser necessário. No entanto, se o paciente tem boas condições da saúde, as chances de recuperação são altas.

Se a insuficiência renal é causada por infecção grave, trauma ou cirurgia, as chances de complicações são maiores. Doença pulmonar, AVC recente, idade avançada, perda de sangue e insuficiência renal progressiva também aumentar o risco.

Algumas das complicações da insuficiência renal aguda podem ser:

  • Insuficiência renal crônica
  • Danos ao coração
  • Danos ao sistema nervoso
  • Insuficiência renal terminal
  • Pressão sanguínea elevada
  • Em alguns casos, pode levar à morte.

Expectativas

Geralmente é possível tratar as causas de insuficiência renal e estabilizar o paciente. O tratamento dura alguns dias ou semanas. Os rins dessas pessoas irão funcionar bem o suficiente para que possam ter vidas normais.

Mas outras pessoas podem sofrer danos graves nos rins, causando até mesmo a insuficiência renal crônica. Algumas dessas pessoas podem precisar de diálise regular ou um transplante de rim. Pessoas idosas e aquelas que estão com outros problemas de saúde podem não melhorar.

Prevenção

Prevenção

A insuficiência renal aguda é muitas vezes difícil de prever ou evitar. Mas você pode reduzir o risco se cuidar de seus rins. Tente:

  • Tome seus medicamentos conforme as instruções médicas, sem mudar as doses ou quantidades ingeridas
  • Mantenha o tratamento para qualquer condição que aumenta o risco de insuficiência renal aguda, tais como diabetes ou hipertensão. Siga as recomendações médicas para gerir a sua condição
  • Mantenham um estilo de vida saudável. Seja ativo, tenha uma dieta equilibrada, beba com moderação, não fume.

Fontes e referências

  • Sociedade Brasileira de Nefrologia
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não