Listeriose: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Listeriose?

A listeriose é uma intoxicação alimentar causada pela ingestão de alimentos contaminados com a bactéria Listeria monocytogenes. Se contraída durante a gravidez, a infecção pode resultar em aborto espontâneo, nascimento prematuro, infecção grave do recém-nascido ou mesmo natimorto.

Mais comum durante a gravidez, em crianças recém-nascidas, pessoas idosas e adultos com comprometimento do sistema imune, a listeriose raramente afeta crianças, adolescentes e adultos saudáveis.

A bactéria pode sobreviver refrigeração e até mesmo o congelamento. É por isso que as pessoas que estão em maior risco de infecções graves devem evitar comer certos alimentos com maior probabilidade de conter a Listeria monocytogenes.

Causas

A bactéria causadora da listeriose pode ser encontrada no solo, na água e em alguns animais, incluindo aves e bovinos. Ao contrário de muitos micro-organismos, a Listeria monocytogenes pode crescer em temperaturas muito frias, mesmo no refrigerador. Mas ela não sobrevive a altas temperaturas, como cozimento ou pasteurização.

Os principais focos de listeriose são:

  • Leite e produtos lácteos não pasteurizados
  • Carnes contaminadas
  • Alimentos processados, como queijos e outros frios
  • Frutos do mar defumados e congelados
  • Vegetais crus que podem estar contaminados.

Fatores de risco

O risco de contrair listeriose é maior em pessoas que:

  • Estão grávidas
  • Tem mais de 65 anos
  • São soropositivas
  • Fazem quimioterapia
  • Têm diabetes ou doença renal
  • Sofrem de alcoolismo
  • Fazem tratamento com prednisona em altas doses ou certos medicamentos contra artrite reumatoide
  • Tomam medicamentos para bloquear a rejeição de um órgão transplantado.

Sintomas

Sintomas de Listeriose

Os sintomas mais comuns de listeriose são:

Os sintomas podem começar entre 3 a 70 dias após entrar em contato com a bactéria. Se a listeriose se espalha para o sistema nervoso, os sinais e sintomas podem incluir:

Durante a gravidez, a listeriose causa sintomas leves na mãe. As consequências para o bebê, no entanto, podem ser devastadores.

Tal como em adultos, os sinais e sintomas de uma infecção por Listeria no recém-nascido pode incluir:

  • Pouco interesse na alimentação
  • Irritabilidade
  • Febre
  • Vômitos.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Se você está sentindo febre, dores musculares, náuseas ou diarreia, marque uma consulta médica. Essa recomendação vale principalmente para pessoas que ingeriram alimentos com chance de contaminação.

Se você tiver febre alta, dor de cabeça intensa, rigidez do pescoço, confusão ou sensibilidade à luz, procure atendimento de emergência.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar listeriose são:

  • Clínico geral
  • Pediatra
  • Infectologista.

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas começaram?
  • Alguma coisa parece melhorar os sintomas?
  • Alguma coisa parece piorar os sintomas?
  • Quão graves são os sintomas?
  • Os sintomas são constantes ou vem e vão?
  • Você consumiu recentemente leite e produtos lácteos não pasteurizados, carnes cruas, alimentos processados ou frutos do mar defumados?.

Não hesite em fazer perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Diagnóstico de Listeriose

A listeriose é diagnosticada com base em um exame físico e respostas do paciente. Um exame de sangue ou teste de fluido espinhal pode ser feito para confirmar o diagnóstico.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Listeriose

O tratamento da listeriose varia conforme a gravidade dos sintomas. A maioria das pessoas pode não precisar de tratamento – no entanto, infecções mais sérias e gestantes devem receber antibióticos para combater a bactéria.

Os antibióticos ministrados durante a gravidez irão impedir que a bactéria entre em contato com o feto. Os mesmos medicamentos são dados a crianças recém-nascidas com listeriose.

Medicamentos para Listeriose

Os medicamentos mais usados para o tratamento de listeriose são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Prevenção

Prevenção

Você pode prevenir a listeriose com bons hábitos de conservação e cozimento dos alimentos:

  • Compre em estabelecimentos de confiança
  • Lave as mãos antes e depois de manusear alimentos
  • Lavar frutas e vegetais frescos com água corrente
  • Se possível, não manuseie produtos frescos e carne crua nas mesmas superfícies
  • Mantenha sua geladeira limpa e os alimentos corretamente refrigerados
  • Cozinhe os alimentos de forma segura e evite comer carnes cruas e alimentos mal cozidos
  • Em caso de dúvida, jogue fora. Se você não tem certeza se um alimento é seguro, não coma.

Se você está grávida:

  • Evite comer carne crua ou mal cozida
  • Evite comer queijos e beber leite não pasteurizado
  • Evite comer frutos do mar defumados
  • Evite alimentos processados, como salsicha ou presunto.

Fontes e referências

  • Organização Mundial de Saúde
  • European Centre for Disease and Prevention Control
  • American Pregnancy Association
  • Mayo Clinic
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não