publicidade

O que é Narcolepsia?

Sinônimos: Distúrbio do sono diurno, sonolência excessiva

A narcolepsia é um distúrbio do sono que causa sonolência excessiva e frequentes ataques de sono diurno.

Causas

A narcolepsia é um distúrbio do sistema nervoso, e não uma doença mental. A ansiedade não causa a narcolepsia.

Especialistas acreditam que a narcolepsia é causada por quantidades reduzidas de uma proteína chamada hipocretina, que é gerada no cérebro. Não se sabe ao certo o que leva o cérebro a produzir menos quantidade desta proteína.

A narcolepsia tende a ser hereditária.

Situações que causam insônia, tais como horários de trabalho inapropriados, podem fazer a narcolepsia piorar.

Exames

O médico realizará um exame físico e usará um estetoscópio para auscultar o coração e os pulmões. Condições que podem causar a narcolepsia incluem:

Outros exames possíveis para o diagnóstico da narcolepsia são:

  • ECG (mede a atividade elétrica do coração)
  • Eletroencefalograma (mede as atividades do cérebro)
  • Monitoramento da respiração
  • Testes genéticos para identificar o gene da narcolepsia

Os exames também podem contar com o estudo do sono (polissonografia). O Teste Múltiplo de Latência do Sono (MSLT) pode ser usado para ajudar a diagnosticar a narcolepsia. Esse exame mede quanto tempo o paciente leva para adormecer durante uma soneca diurna. Pacientes com narcolepsia adormecem muito mais rápido do que pessoas que não têm a doença.

Sintomas de Narcolepsia

Os sintomas mais comuns da narcolepsia são:

  • Esses períodos duram cerca de 15 minutos cada, embora possam ser mais longos.
  • Geralmente, ocorrem após as refeições, mas podem ocorrer enquanto a pessoa dirige ou quando fala com alguém, dentre outras situações.
  • A pessoa acorda se sentindo descansada.
  • Alucinações, que se assemelham a sonhos, podem ocorrer durante o estágio entre o sono e o acordar. Elas envolvem a visão e a audição e, possivelmente, outros sentidos.
  • A paralisia do sono acontece quando a pessoa não consegue se mover assim que acorda. Também pode acontecer no início da sonolência.
  • A maioria dos ataques dura menos de 30 segundos e pode passar despercebida.
  • A cabeça de repente cai para a frente, a mandíbula se folga, e os joelhos travam.
  • Nos casos mais graves, a pessoa pode cair e ficar paralisada por até vários minutos.

Nem todos os pacientes da narcolepsia têm todos os quatro sintomas.

Buscando ajuda médica

Solicite assistência médica se:

  • Tiver sintomas de narcolepsia
  • Se a doença não responder ao tratamento ou se outros sintomas se desenvolverem

PUBLICIDADE

Tratamento de Narcolepsia

Não há cura conhecida para a narcolepsia. O objetivo do tratamento é controlar os sintomas.

Fazer ajustes no estilo de vida e aprender a lidar com os efeitos emocionais, além de outros efeitos do transtorno, podem ajudar no melhor funcionamento das atividades sociais e de trabalho. Alguns hábitos são:

  • Comer refeições leves ou vegetarianas durante o dia e evitar refeições pesadas antes de atividades importantes
  • Programar um cochilo breve (10 a 15 minutos) após as refeições, se possível
  • Planejar momentos de cochilo para controlar o sono durante o dia e reduzir o número de dormidas súbitas não planejadas
  • Informar professores e supervisores sobre a doença para que não seja julgado como "preguiçoso" na escola ou no trabalho

O paciente de narcolepsia pode precisar tomar medicamentos prescritos. O estimulante modafinil (Provigil) é a primeira escolha de tratamento para a narcolepsia. É muito menos provável de ser usado em excesso quando comparado a outros estimulantes. O medicamento também ajuda o paciente a ficar acordado. Outros estimulantes são o dextroanfetamina (Dexedrine, Dextrostat) e o metilfenidato (Ritalina).

Medicamentos antidepressivos podem ajudar a reduzir os episódios de cataplexia, paralisia do sono e alucinações. Antidepressivos incluem:

  • Inibidores seletivos de recaptação da serotonina (ISRSs), tais como fluoxetina, paroxetina, sertralina e venlafaxina
  • Antidepressivos tricíclicos como protriptilina, clomipramina, imipramina e desipramina

O oxibato de sódio (Xyrem) é prescrito para alguns pacientes para uso à noite.

Quem tem narcolepsia pode ter restrições para dirigir. As restrições variam de acordo com seu estado.

PUBLICIDADE

Expectativas

A narcolepsia é uma condição crônica para a vida toda. Não é uma doença fatal, mas pode ser perigosa se os episódios ocorrerem durante a condução de carros, utilização de máquinas ou atividades similares. Geralmente, a narcolepsia pode ser controlada com o tratamento. O tratamento de outros distúrbios do sono subjacentes pode melhorar os sintomas da narcolepsia.

Complicações possíveis

  • Lesões e acidentes, se os ataques ocorrerem durante certas atividades
  • Comprometimento do desempenho no trabalho
  • Comprometimento das atividades sociais
  • Efeitos colaterais dos medicamentos usados para tratar a narcolepsia

Prevenção

Não há uma forma conhecida de se prevenir a narcolepsia. O tratamento pode reduzir o número de ataques. Evite situações que agravam a doença se estiver propenso a ataques de narcolepsia.

Fontes e referências:

  • Dauvilliers Y, Arnulf I, Mignot E. Narcolepsy with cataplexy. Lancet. 2007;369(9560):499-511.

  • Morgenthaler TI, Kapur VK, Brown T, Swick TJ, Alessi C, Aurora RN, et al. Practice parameters for the treatment of narcolepsy and other hypersomnias of central origin. Sleep. 2007;30(12):1705-1711.

ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

  • Encontre um médicoindicado por outras pessoas

    em

  • Indique um médicoe ajude outras pessoas

    Estado
    Qual o nome do seu médico?

Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Encontre médicos de confiança indicados por outras pessoas

buscar médicos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pergunte ao Especialista sobre
narcolepsia

Sua dúvida respondida por Especialistas Minha Vida perguntar
OFERECIMENTO
+ perguntas

Mais sobre Narcolepsia

PUBLICIDADE

Descubra o seu Peso ideal Saiba se seu peso atual e sua meta de
peso
são saudáveis.
ex: 75,5kg / 1,70m
 

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X