Nódulo na virilha

Visão Geral

O que é Nódulo na virilha?

Um nodo na virilha é um inchaço localizado na área da virilha (onde a perna encontra a porção inferior do abdome). Ele pode ser firme ou mole, sensível ou completamente indolor.

Causas

  • Reação alérgica
  • Câncer
  • Reação medicamentosa
  • Cisto inofensivo (benigno)
  • Hérnia (geralmente uma protuberância mole e grande na virilha, de um lado ou bilateral)
  • Infecções nas pernas
  • Traumatismo por lesão à área da virilha
  • Lipomas (crescimentos adiposos inofensivos)
  • Doenças sexualmente transmitidas como herpes genital, clamídia e gonorreia
  • Glândulas linfáticas inchadas na área da virilha

Sinônimos

Nodo na virilha; Linfadenopatia inguinal; Linfadenopatia localizada-virilha; Bubão; Linfadenopatia - virilha

Considerações

Todos os nodos da virilha deverão ser examinados por seu médico.

Diagnóstico e Exames

Na consulta médica

O médico realizará um exame e poderá sentir os gânglios linfáticos na área da sua virilha. Um exame genital ou pélvico poderá ser realizado.

Farão perguntas sobre seu histórico clínico e sintomas, como:

  • Quando o nodo se desenvolveu?
  • Ele está só de um lado ou nos dois?
  • Qual é o tamanho?
  • Ele se manifestou súbita ou lentamente?
  • Ele é permanente ou vai e vem?
  • Ele aumenta mediante tosse ou esforço?
  • Houve alguma atividade física incomum recentemente?
  • Quais são os outros sintomas?

O médico também pode fazer perguntas detalhadas sobre suas atividades sexuais.

Os testes que podem ser aplicados incluem:

  • Exames de sangue, como hemograma completo (CBC) ou diferencial sanguíneo
  • Exames de sangue para sífilis, HIV ou outras infecções sexualmente transmitidas
  • Testes de função renal
  • Testes de função hepática
  • Investigações por imagens do fígado e baço
  • Biópsia de gânglios linfáticos

Buscando ajuda médica

Consulte seu médico se você tiver um nodo da virilha sem explicação, especialmente se persistir por mais de 3 semanas.

Tratamento e Cuidados

Cuidados

Siga a terapia prescrita pelo seu médico.

Fontes e referências

  • Armitage JO. Approach to the patient with lymphadenopathy and splenomegaly. Em: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 24a. ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2011:cap 171.
  • Tower RL II, Camitta BM. Lymphadenopathy. In: Kliegman RM, Behrman RE, Jenson HB, Stanton BF, eds. Nelson Textbook of Pediatrics. 19a. ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2011: cap 484.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não