Osteomielite

Visão Geral

O que é Osteomielite?

Osteomielite é, por definição, um quadro inflamatório que afeta um ou mais ossos, geralmente provocado por infecção bacteriana ou fúngica. A osteomielite pode permanecer localizada ou difundir-se pela corrente sanguínea, comprometendo outras partes do osso e tecidos do corpo.

A osteomielite não tem cura, mas hoje existem diversos tratamentos para a doença.

Causas

A maioria dos casos de osteomielite é decorrente de uma infecção por bactérias Staphylococcus, um tipo que é normalmente encontrado na pele ou no nariz de seres humanos. Osteomielite também pode ser causada por fungos e vírus.

Tanto as bactérias causadoras quantos os fungos e os vírus podem chegar a um osso por diferentes maneiras, incluindo:

Circulação sanguínea

Bactérias presentes em outras partes do seu corpo, como as causadoras de pneumonia ou de infecção urinária, podem viajar pela corrente sanguínea até um ponto enfraquecido de um osso.

Infecção próxima

Feridas profundas que infeccionaram podem levar à osteomielite, pois as bactérias presentes podem difundir-se e atingir um osso próximo ao ferimento.

Contaminação direta

A contaminação bacteriana pode ocorrer se a pessoa quebrou um osso, principalmente quando o caso é de fratura exposta. Pode-se contrair a doença também durante cirurgias.

Fatores de risco

Os ossos do corpo, normalmente, são resistentes à infecção. Quando ocorre osteomielite, é sinal de que há alguma coisa de errada levando ao quadro infeccioso do osso. Alguns fatores de risco podem contribuir efetivamente para a doença. Veja:

Lesão recente ou cirurgia ortopédica

A fratura grave ou um ferimento profundo pode levar a infecções nas áreas próximas ao tecido ósseo. A cirurgia para reparar ossos fraturados ou substituir articulações desgastadas também pode abrir acidentalmente um caminho para bactérias entrarem no corpo e infectarem um osso. Mordidas profundas e graves de animais também podem levar à infecção.

Além disso, cáries não tratadas podem ser profundas ao ponto de atingir os ossos da mandíbula e causar uma osteomelite.

Doenças de circulação

Doenças que afetem a circulação sanguínea, como diabetes, doença arterial periférica, muitas vezes relacionada ao tabagismo e doença falciforme.

Doenças que exigem linhas intravenosas ou cateteres

Há um certo número de condições que requerem a utilização de tubagem médica para ligar o exterior com os seus órgãos internos. No entanto, apesar de necessário, este tubo também pode servir como uma forma de entrada de bactérias, aumentando o risco de uma infecção e levando, assim, à osteomielite. Este tipo de tubo pode ser utilizado em casos de hemodiálise e no uso de cateteres urinários

Condições que afetem o sistema imunológico

Doenças, medicamentos e demais condições que afetam o sistema imunológico podem colocar uma pessoa sob maior risco de desenvolver osteomielite. Veja exemplos:

Por razões ainda desconhecidas, pacientes soropositivos não apresentam maior risco de osteomielite.

Drogas ilícitas

Usuários de drogas injetáveis tem maior propensão a desenvolver osteomielite, principalmente porque eles frequentemente fazem uso de agulhas não esterilizadas antes de aplicar em si mesmos a droga.

Sintomas

Sintomas de Osteomielite

Os principais sinais e sintomas de osteomielite incluem:

  • Febre
  • Calafrios
  • Irritabilidade ou letargia (principalmente em crianças pequenas)
  • Dor na área da infecção
  • Inchaço, calor e rubor sobre a área da infecção

Pode acontecer, também, de a osteomielite não causar sintomas ou manifestar sinais difíceis de distinguir, por serem muito similares a outros problemas.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Consulte um médico se você apresentar dor óssea juntamente com febre – principalmente se a dor piorar com o tempo. Se você esteve sob risco de infecção por causa de uma condição médica, cirurgia ou lesão recente, consulte um especialista imediatamente se você notar sinais e sintomas de uma possível infecção.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar osteomielite são:

  • Infectologista
  • Ortopedia
  • Imunologia
  • Pediatra

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Quando os sintomas surgiram?
  • Qual a intensidade dos sintomas?
  • Os sintomas pioraram com o tempo?
  • Você passou por algum tipo de cirurgia óssea recentemente?
  • Você já foi diagnosticado por outra condição médica?
  • Você faz tratamento para outra condição médica? Qual?
  • Você fraturou um osso recentemente? O quão grave foi o traumatismo?
  • Você sofreu algum tipo de ferimento recentemente?

Diagnóstico de Osteomielite

O médico deverá pedir uma combinação de exames, testes e procedimentos para diagnosticar corretamente uma eventual osteomielite e, também, para determinar o que está causando a infecção. Veja alguns exames que você provavelmente terá de fazer se houver suspeita da doença:

  • Exames de sangue, que podem indicar quantidade elevado de glóbulos brancos se o corpo estiver lutando contra uma infecção.
  • Exames de imagem, como raios-X, tomografia computadorizada e ressonância magnética podem revelar detalhes do osso e uma possível infecção.
  • Biópsia do osso, em que o especialista recolhe amostras do osso e as analisa em laboratório. Esse método também permite ao médico identificar a causa da doença, se confirmado o diagnóstico por osteomielite.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Osteomielite

Se a doença for causada por infecção bacteriana, o tratamento da osteomielite é feito basicamente com antibióticos.

Cirurgia também pode ser necessária para remover o tecido ósseo morto se o paciente tiver uma infecção persistente. Se houver placas de metal em áreas próximas à infecção, elas podem ter que ser retiradas.

No caso da infecção que ocorre após a substituição da articulação, o médico talvez ache necessário realizar uma cirurgia para retirar a articulação e o tecido infectado que circundam a área. Pode ser implantada uma prótese nova na mesma operação. Mais frequentemente, os médicos esperam até que a infecção tenha desaparecido, sem necessidade de tratamento.

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

Osteomielite pode levar a complicações de saúde mais sérias, como:

  • Osteonecrose, condição também conhecida como “morte do osso”, causada pela ausência de circulação de sangue dentro do osso
  • Artrite séptica
  • Crescimento prejudicado. Em crianças, o local mais comum para a osteomielite é nas áreas mais suaves, chamado placas de crescimento, em uma das extremidades dos ossos longos dos braços e pernas. O crescimento normal pode ser interrompido nos ossos infectados se a osteomielite não for corretamente tratada
  • Câncer de pele

Expectativas

Com o tratamento, o resultado para osteomielite costuma ser bom. No entanto, perspectiva de recuperação é menos otimista para pacientes que têm osteomielite crônica, ou seja, por mais tempo. Em casos como esses, os sintomas vêm e vão por anos, mesmo tendo realizado cirurgia de reparação. Algumas vezes, a amputação pode ser necessária especialmente em pacientes com diabetes ou problemas de circulação do sangue.

Prevenção

Prevenção

Não existem formas capazes de prevenir osteomielite.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não