Sarcoidose

Visão Geral

O que é Sarcoidose?

A sarcoidose é uma doença na qual ocorre uma inflamação nos linfonodos, pulmões, fígado, olhos, pele ou outros tecidos.

Causas

A causa dessa doença é desconhecida. Na sarcoidose, pequenos coágulos de tecido abdominal (granulomas) se formam em certos órgão do corpo. Granulomas são grupos de células imunológicas.

A doença pode afetar quase todos os órgãos do corpo, mas afeta mais comumente os pulmões.

Possíveis causas da sarcoidose incluem:

  • Resposta imunológica extrema a uma infecção
  • Alta sensibilidade a fatores ambientais
  • Fatores genéticos

A doença é mais comum em negros do que em brancos, especialmente brancos de ascendência escandinava. As mulheres normalmente são mais afetadas do que os homens.

A doença normalmente começa entre 20 e 40 anos. A sarcoidose é muito rara em crianças.

Uma pessoa com um parente próximo que tem sarcoidose tem aproximadamente cinco vezes mais chances de desenvolver a doença.

Exames

Um exame físico pode indicar o seguinte:

  • Sons anormais na respiração (como estertores)
  • Fígado aumentado
  • Glândulas linfáticas aumentadas
  • Baço aumentado
  • Erupções

Muitas vezes, a doença é encontrada em pacientes com sinais físicos visíveis que tem um raio X do tórax anormal.

Diferentes exames de imagem podem ajudar a diagnosticar a sarcoidose:

  • Raio X do tórax para ver se os pulmões estão comprometidos ou se os linfonodos estão aumentados
  • Tomografia computadorizada do tórax
  • Varredura de gálio no pulmão

Para diagnosticar essa condição, é necessária uma biópsia. Normalmente, é feita uma biópsia do pulmão usando broncoscopia. Também podem ser feitas biópsias de outros tecidos do corpo.

Essa doença pode afetar os resultados dos seguintes testes de laboratório:

  • Níveis de cálcio (urinário, ionizado, sérico)
  • Hemograma completo
  • Imunoeletroforese - sérica
  • Testes de funcionamento do fígado
  • Imunoglobina quantitativa (nefelometria)
  • Fósforo sérico

s

Sintomas

Sintomas de Sarcoidose

Pode não haver sintomas. Quando há sintomas, eles abrangem quase qualquer área ou sistema de órgãos do corpo.

Quase todos os pacientes têm sintomas nos pulmões ou no tórax:

  • Dor no peito (na maioria das vezes atrás do esterno)
  • Tosse seca
  • Falta de ar

Podem ocorrer sintomas de desconforto geral ou ansiedade:

  • Fadiga (um dos sintomas mais comuns em crianças)
  • Febre
  • Dor ou sensibilidade nas articulações (artralgia)
  • Sensação geral de desconforto, doença ou falta de bem-estar
  • Perda de peso (um dos sintomas mais comuns em crianças)

Sintomas cutâneos:

  • Queda de cabelo
  • Erupções elevadas, vermelhas e firmes na pele (eritema nodoso), quase sempre na parte dianteira da parte inferior das pernas
  • Erupções
  • Cicatrizes que ficam elevadas ou inflamadas

Os sintomas do sistema nervoso podem incluir:

  • Dor de cabeça
  • Convulsões
  • Fraqueza de um lado do rosto

Os sintomas dos olhos podem incluir:

  • Queimação
  • Secreção no olho
  • Olho seco
  • Coceira
  • Dor
  • Perda da visão

Outros sintomas dessa doença:

  • Boca seca
  • Desmaios se o coração for atingido
  • Sangramento no nariz
  • Inchaço na parte superior do abdome

Buscando ajuda médica

Ligue para o médico se tiver:

  • Dificuldade para respirar
  • Palpitações
  • Alterações na visão
  • Outros sintomas dessa doença

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Sarcoidose

Os sintomas da sarcoidose normalmente melhoram sozinhos lentamente e sem tratamento.

Os pacientes cujos olhos, coração, sistema nervoso ou pulmões estejam comprometidos, podem precisar de tratamento com corticoides (prednisona ou metilprednisolona). A terapia pode continuar por 1 ou 2 anos. Os pacientes mais gravemente afetados podem precisar de terapia para o resto da vida.

Às vezes, também são necessárias drogas que suprimem o sistema imunológico (medicamentos imunossupressores):

  • O medicamento usado normalmente é o metotrexato, mas a azatioprina e a ciclosfamida também são recomendadas às vezes.
  • A hidroxicloroquina é útil para a sarcoidose cutânea.

Raramente, algumas pessoas com lesões terminais no coração ou nos pulmões podem precisar de um transplante.

Convivendo (prognóstico)

Expectativas

Muitas pessoas com sarcoidose não estão gravemente doentes, e a doença pode melhorar sem tratamento. Cerca de 30 a 50% dos casos melhoram sem tratamento em 3 anos. Aproximadamente 20% das pessoas cujos pulmões estão comprometidos desenvolvem lesões pulmonares.

A taxa de mortalidade geral da sarcoidose é de menos de 5%. As causas da morte incluem:

  • Sangramento do tecido pulmonar
  • Lesão cardíaca, levando a insuficiência cardíaca e arritmias cardíacas
  • Cicatrizes no pulmão (fibrose pulmonar)

Complicações possíveis

  • Infecções por fungos nos pulmões (aspergiloma)
  • Glaucoma e cegueira por uveíte (raro)
  • Pedras nos rins devido aos altos níveis de cálcio no sangue ou na urina
  • Osteoporose e outras complicações devido à ingestão de corticoides por longos períodos.
  • Hipertensão pulmonar

Fontes e referências

  • Drake W, Newman LS. Sarcoidosis. In: Mason RJ, Broaddus VC, Martin TR, et al, eds. Murray and Nadel's Textbook of Respiratory Medicine. 5th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2010:chap 59.
  • Iannuzzi MC, Rybicki Ba, Teirstein AS. Sarcoidosis. N Engl J Med. 2007;357:2153-2165.
  • Weinberger SE. Sarcoidosis. Goldman L, Ausiello D. Cecil Textbook of Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa:Saunders Elsevier; 2007:chap 95.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não