Seborreia

Visão Geral

O que é Seborreia?

A dermatite seborreica é uma doença inflamatória comum que afeta a pele e provoca a formação de escamas brancas ou amareladas nas áreas oleosas como o couro cabeludo ou dentro do ouvido. Ela pode ocorrer com ou sem vermelhidão na pele.

Crosta láctea é o termo usado quando a dermatite seborreica afeta o couro cabeludo dos bebês.

Sinônimos

Caspa, dermatite seborreica

Causas

Acredita-se que a dermatite seborreica seja causada pela combinação do excesso de produção de óleo na pele e irritação por um fungo chamada Malassezia.

A dermatite seborreica parece ser genética. Estresse, fadiga, mudanças bruscas de temperatura, pele oleosa, limpeza de pele esporádica e não lavar os cabelos com frequência, uso de cremes que contêm álcool, doenças de pele (como a acne) ou obesidade podem aumentar o risco da doença.

Condições neurológicas como Mal de Parkinson, traumatismo craniano e derrame podem estar associadas à dermatite seborreica. O vírus da imunodeficiência humana (HIV) também já foi relacionado ao aumento de casos de dermatite seborreica.

Exames

O diagnóstico é principalmente baseado na aparência e na localização das lesões na pele.

Sintomas

Sintomas de Seborreia

A dermatite seborreica pode ocorrer em muitas partes diferentes do corpo. Em geral, ela se forma nos locais em que a pele é oleosa. As áreas afetadas com mais frequência são couro cabeludo, sobrancelhas, pálpebras, contorno do nariz, lábios, atrás das orelhas, no ouvido externo e no meio do peito.

A dermatite seborreica nos bebês, também chamada de crosta láctea, é uma doença inofensiva e temporária. Ela tem a aparência de escamas espessas, encrostadas, amarelas ou marrons no couro cabeludo. Escamas parecidas também podem ser encontradas nas pálpebras, orelhas, ao redor do nariz e nas virilhas. A crosta láctea pode ocorrer em recém-nascidos e crianças pequenas de até três anos.

Ela não é contagiosa e não é causada por uma higiene inadequada. Ela não é uma alergia nem é perigosa. A crosta láctea pode ou não coçar. Se ela apresenta coceira, coçar excessivamente a região pode causar mais inflamação, e as rachaduras na pele podem sangrar ou causar infecções leves.

Em geral, os sintomas da dermatite seborreica incluem:

  • Lesões na pele
  • Placas espalhadas em uma região grande
  • Áreas oleosas na pele
  • Escamas que podem ser brancas e soltas ou amareladas, oleosas e aderentes ("caspa")
  • Coceira (pode coçar mais se apresentar infecção)
  • Vermelhidão leve
  • Perda de cabelo

Buscando ajuda médica

Marque uma consulta com o médico se os sintomas da dermatite seborreica não responderem aos cuidados caseiros ou aos produtos comprados sem receita médica.

Também ligue para o médico se as placas de dermatite seborreica vazarem líquido ou pus, formarem crostas ou ficarem muito vermelhas ou dolorosas.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Seborreia

É possível tratar a caspa e a secura com xampus medicinais ou para caspa vendidos sem receita médica. Lave seus cabelos com frequência (se possível, diariamente). Solte as escamas com os dedos, esfregue por no mínimo cinco minutos e retire o xampu com água em abundância. Os ingredientes ativos desses produtos incluem ácido salicílico, alcatrão de carvão, zinco, resorcina, cetoconazol ou selênio.

Os xampus ou loções que contêm selênio, cetoconazol ou corticosteroides podem ser receitados nos casos mais graves. Para aplicar o xampu, reparta o cabelo em mechas pequenas, aplique em uma área pequena por vez e massageie o couro cabeludo. Se o problema estiver no rosto ou tórax, aplique a loção medicinal duas vezes por dia. Recentemente, os cremes classificados como moduladores imunológicos de uso tópico passaram a ser usados.

A dermatite seborreica pode melhorar no verão, principalmente com a prática de atividades ao ar livre.

No caso de bebês com crosta láctea:

  • Massageie a cabeça da criança suavemente com os dedos ou uma escova macia para soltar as escamas e melhorar a circulação no couro cabeludo.
  • Lave a cabeça do bebê com cuidado e diariamente usando um sabonete neutro até que as escamas desapareçam. Quando isso acontecer, você pode diminuir as lavagens de cabelo para duas vezes por semana.
  • Lembre-se de retirar o sabonete por completo com água em abundância.
  • Escove o cabelo da criança com uma escova macia e limpa após cada lavagem e diversas vezes durante o dia.
  • Se as escamas não se soltarem facilmente, passe um pouco de óleo mineral no couro cabeludo e enrole um pano quente e úmido na cabeça da criança por até uma hora antes de dar o banho. Depois disso, lave o cabelo como indicado anteriormente. É importante lembrar que os bebês perdem muito calor através do couro cabeludo. Se você usar um pano quente e úmido com o óleo mineral, verifique-o com frequência para não deixar o pano esfriar. O pano frio e úmido pode baixar drasticamente a temperatura do bebê.
  • Se as escamas continuarem a ser um problema ou motivo de preocupação ou se a criança parecer desconfortável ou coçar o couro cabeludo, entre em contato com seu médico. Ele pode receitar uma pomada ou creme para aplicar no couro cabeludo várias vezes ao dia.

Convivendo (prognóstico)

Expectativas

A dermatite seborreica é uma doença crônica que pode ser controlada com tratamento. Ela geralmente apresenta longos períodos de inatividade seguidos por crises. Uma forma mais grave do problema se sobrepõe à psoríase do couro cabeludo e é denominada sebopsoríase.

Complicações possíveis

  • Estresse psicológico, baixa autoestima e vergonha
  • Infecções fúngicas ou bacterianas secundárias

Prevenção

Prevenção

A gravidade da dermatite seborreica pode ser reduzida com o controle dos fatores de risco e com atenção redobrada com os cuidados com a pele.

Fontes e referências

  • Habif TP, ed. Clinical Dermatology. 5th ed. Philadelphia, Pa: Mosby Elsevier; 2009.
ADAM logo

A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não

Mais Sobre