Zumbido no ouvido

Visão Geral

O que é Zumbido no ouvido?

Sinônimos: zumbido nos ouvidos, ruídos ou zunido nos ouvidos, zunido no ouvido

Zumbido é um som percebido nos ouvidos ou na cabeça na ausência de um estímulo sonoro do ambiente. Ou seja, ele se trata de uma percepção sonora sem uma fonte de som externa. O zumbido não é uma doença em si, na verdade é um sintoma de uma condição de saúde que afeta algum ponto da via auditiva.

Com frequência, o zumbido é acompanhado de outros sintomas, como perda auditiva, tontura e intolerância a sons altos, que também refletem o estado dos ouvidos e prejudicam a vida de quem convive com o zumbido.

Causas

Condições que levam ao zumbido podem ter origem no próprio sistema auditivo ou em outros sistemas que afetam o ouvido de forma indireta.

Os principais problemas originados no sistema auditivo são:

  • Perda auditiva relacionada à idade
  • Exposição a ruídos altos, tanto no lazer quanto no trabalho
  • Bloqueio por cera
  • Alterações dos ossículos da audição
  • Doença de Ménière
  • Neurinoma do acústico (tumor raro que acomete o nervo auditivo).

Doenças que tem origem em outros sistemas e que podem afetar o sistema auditivo estão abaixo relacionadas:

  • Distúrbios da articulação têmporomandibular e outras alterações odontológicas
  • Alterações metabólicas: dos açúcares, gorduras e deficiência de vitaminas
  • Alterações hormonais: tireoide e hormônios sexuais
  • Distúrbios cardiovasculares: hipertensão arterial mal controlada e arritmias
  • Distúrbios psiquiátricos como depressão e ansiedade
  • Malformações de vasos da cabeça e pescoço.

Outras situações frequentemente relacionadas ao zumbido:

  • Maus hábitos alimentares: consumo abusivo de doces, café e períodos prolongados de jejum
  • Cigarro e bebidas alcoólicas: pioram a percepção do zumbido
  • Medicamentos: uma lista grande que inclui antibióticos, diuréticos, quimioterápicos, AAS (aspirina) e outros anti-inflamatórios em altas doses e alguns antidepressivos.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Na maioria dos casos, felizmente, não se trata de uma doença grave, mas é importante buscar a ajuda de um especialista para identificar os casos que necessitam de investigação mais aprofundada, por exemplo para descartar tumores. Alguns distúrbios metabólicos podem ter o zumbido como um dos seus sintomas iniciais, e a investigação fará o diagnóstico. Quanto mais precoce for o tratamento, melhor a resposta.

Procure um especialista se os zumbidos forem muito altos, persistentes ou se estiverem prejudicando suas atividades diárias.

Tratar a causa subjacente do zumbido pode ajudar a aliviar os sintomas e até fazê-lo desaparecer completamente.

Na consulta médica

Entre as especialidades que podem diagnosticar um zumbido no ouvido estão:

  • Clínica médica
  • Otorrinolaringologia
  • Neurologia
  • Endocrinologia
  • Ortopedia
  • Reumatologia

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • Como são os ruídos que você ouve?
  • O som que você ouve é pulsante ou rítmico?
  • Você ouve o ruído em um ou nos dois ouvidos?
  • Que outros sintomas você apresenta?
  • Quando você notou o zumbido pela primeira vez?
  • O zumbido é muito alto?
  • Em que medida o zumbido no ouvido atrapalha suas atividades diárias?

Fontes e referências

  • Revisado por: Dra. Samanta Dall'Agnese, otorrinolaringologista - CRM 137576 SP
  • Ministério da Saúde
  • Clínica Mayo
  • Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não

Mais sobre

carregando...