Você sabe se prevenir contra a meningite?

A doença tem várias formas de contágio e nem sempre a vacina basta como proteção

POR LAURA TAVARES - ATUALIZADO EM 08/07/2015

Difícil encontrar quem estranhe a doença. Até as crianças em idade escolar estão acostumadas a ouvir falar da meningite, mal que foi a causa da internação da cantora Ivete Sangalo nessa semana. Mas a familiaridade com o problema não se traduz em experiência para lidar com ele ou na certeza quanto à adoção dos melhores cuidados preventivos. "Muitas vezes, a meningite é ignorada quando os sintomas ainda estão no estágio inicial. Com isso, aumentam os riscos de sequelas", afirma o infectologista Ralcyon Teixeira, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

Cegueira, surdez e perda de olfato são algumas das consequências possíveis da meningite, mas existem muitas outras, já que o problema está relacionado ao sistema nervoso. "Os agentes causadores da meningite provocam a inflamação da meninge, ou seja, das membranas que revestem o sistema nervoso, desde a cabeça até base da coluna", explica o médico. A morte ocorre nos casos mais graves, em que o paciente não resiste às agressões. O teste abaixo ajuda você a ficar por dentro dos principais sintomas e das formas de contágio da doença, facilitando o diagnóstico precoce por parte dos especialistas.

1/8

Qual o agente causador da meningite?

2/8

Quais os sintomas típicos da meningite?

3/8

A meningite é contagiosa?

4/8

Existe vacina contra meningite?

5/8

Como saber se eu tenho meningite?

6/8

Quantas vezes é possível contrair meningite?

7/8

Como é o tratamento da doença?

8/8

Como se prevenir contra a meningite?

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.