Ecocardiograma: exame faz diagnóstico de doenças cardíacas

Entenda para que serve o teste e como interpretar os resultados

O que é?

médica fazendo um ecocardiograma em paciente - foto: Getty Images
A maioria das pessoas não sente qualquer efeito adverso após um ecocardiograma.

O ecocardiograma é um exame de ultrassom que avalia o funcionamento do coração. Os resultados são mais detalhados do que os obtidos em um raio-x, além de não expor o paciente à radiação. 

O dispositivo capta as ondas sonoras que são emitidas por todas as partes do coração. Esses ecos são transformados em imagem e exibidos em um monitor, permitindo ao médico analisar todas as características do coração do paciente. 

Sinônimos

 Ecocardiografia

Tipos

  • Ecocardiograma transtorácico (ETT): é o tipo mais comum. Imagens do coração são obtidas conforme o médico move o aparelho para locais diferentes do peito ou parede abdominal
  • Ecocardiograma sob estresse: o exame é feito antes e depois do coração ser exposto a um
  • estresse, que pode ser obtido quando o paciente faz atividade física ou pela injeção de um
  • medicamento que faz o coração bater mais forte e mais rápido. Um ecocardiograma de estresse geralmente é feito para descobrir se o paciente tem doença arterial coronariana
  • Ecocardiograma com Doppler: utilizado para observar como o sangue flui através das câmaras do coração, válvulas cardíacas e vasos sanguíneos. A circulação do sangue reflete ondas de som para o aparelho. O computador, em seguida, mede a direção e velocidade do sangue que flui através do coração e vasos sanguíneos
  • Ecocardiograma transesofágico (ETE): esse método utiliza uma sonda, que é inserida via oral e passa pelo esôfago do paciente para obter as imagens. É feito com anestesia local e usado para complementar o ecocardiograma transtorácico. O exame mostra imagens mais nítidas do seu coração, uma vez que a sonda está localizada mais perto do coração e porque os pulmões e ossos da parede torácica não bloqueiam as ondas sonoras.

O ecocardiograma também pode ser utilizado como parte de um teste de esforço ou em conjunto com o eletrocardiograma.


Quando o exame é pedido

O ecocardiograma pode ser usado para diagnosticar ou acompanhar diversas doenças. Confira as indicações do ecocardiograma de acordo com o tipo: 

Ecocardiograma transtorácico (ETT)

  • Acompanhar e diagnosticar cardiopatias congênitas, bem como observar os efeitos de uma cirurgia feita para o tratamento dessas doenças
  • Checar o funcionamento do coração após um
  • infarto
  • Identificar as causas de
  • insuficiência cardíaca
  • Diagnosticar
  • doenças do
  • pericárdio
  • Para acompanhamento do feto durante a
  • gravidez.

Identificar e monitorar a redução de fluxo sanguíneo para o coração (isquemia). Esse fenômeno é mais aparente quando o coração está sob estresse, ou seja, trabalhando mais intensamente. 

Ecocardiograma com Doppler

Um ecocardiograma com Doppler pode ser usado para complementar os outros tipos do exame a fim de:

-Avaliar a velocidade com que o sangue viaja pelo coração;Avaliar a pressão sanguínea e velocidade do sangue dentro das válvulas cardíacas.

  • Monitorar o funcionamento do coração durante uma cirurgia
  • Checar o funcionamento de válvulas cardíacas artificiais
  • Procurar massas e tumores intracardíacos
  • Diagnosticar a acompanhar tromboembolismo pulmonar
  • Diagnosticar endocardite
  • Diagnosticar doença cardioembólica
  • Servir de orientação durante um cateterismo cardíaco
  • Diagnosticar uma dissecção da aorta.

Grávida pode fazer?

Não há contraindicações expressas para o exame em gestantes, principalmente a ecocardiografia transtorácica, que é utilizada inclusive como parte dos exames pré-natais. Outros tipos de ecocardiograma podem ter sua utilidade discutida com o médico ou médica.

Contraindicações

São raras as contraindicações para realização do ecocardiograma, no entanto, o transesofágico pode ser contraindicado para quem tem doenças graves do esôfago como câncer do esôfago ou estenose esofágica. Na dúvida, converse com seu médico ou médica.

Preparo para o exame

Não é necessária qualquer preparação especial para os ecocardiogramas transtorácico ou com Doppler.

Entretanto, para o ecocardiograma sob estresse o paciente pode ser orientado a não ingerir alimentos muito pesados horas antes do exame, a fim de prevenir qualquer tipo de náusea ou enjoo em decorrência da atividade física ou injeção medicamentosa. Além disso, é recomendado usar roupas e sapatos confortáveis. 

Para o ecocardiograma transesofágico é necessário jejum de seis horas antes da realização do exame. Além disso, pode ser necessário remover próteses dentárias antes do exame. Pelo fato de o ecocardiograma transesofágico ser feito sob o efeito de anestesia, você não terá autorização para dirigir ou sair sozinho do hospital - dessa forma, é necessário um acompanhante. 

Converse com seu médico ou médico sobre quaisquer preocupações acerca do exame e sua preparação. Diga também quais medicamentos você toma regularmente e se é necessário interromper alguma medicação. 

Como é feito

Um ecocardiograma pode ser feito em hospitais, clínicas ou consultórios médicos. É necessário remover todas as joias e roupas acima da cintura. Pode ser oferecida ao paciente uma roupa cirúrgica. 

O ecocardiograma transtorácico, por Doppler e ecocardiograma sob estresse são realizados por um técnico de ultrassom treinado. A ecocardiografia transesofágica é realizada por um profissional endoscopista ou cardiologista.

Em todos os tipos de ecocardiograma, a frequência cardíaca pode estar sendo sendo monitorada por eletrodos. Para mais informações, consulte eletrocardiograma. 

Pode ser feito um acesso intravenoso, caso seja necessário utilizar contraste no exame. O contraste pode ser utilizado nos casos em que é difícil obter imagens claras do coração devido a condições como obesidade ou DPOC. Quando essa substância é injetada na veia do paciente, ela passa pela corrente sanguínea e irá se manifestar de maneira diferente a depender do órgão com qual ela está em contato, permitindo detectar algumas lesões ou estruturas com mais facilidade.

O ecocardiograma transtorácico é o tipo mais comum. 

O paciente é deitado de costas ou sobre o lado esquerdo em uma cama ou mesa. Uma pequena quantidade de gel vai ser esfregada no lado esquerdo do peito para ajudar a apanhar as ondas sonoras, e então é utilizado o transdutor para captar as ondas sonoras e formar as imagens.

Esse dispositivo captura as ondas sonoras de alta frequência e as envia para um monitor, que exibe imagens do coração, parte superior do abdômen e área próxima ao mamilo esquerdo. O transdutor captura os ecos das ondas sonoras e os transmite na forma de impulsos elétricos. A máquina de ecocardiograma converte esses impulsos elétricos em imagens animadas do coração. 

O médico ou médica pode solicitar que o paciente inspire e expire lentamente ou prenda a respiração. O transdutor é geralmente movido para diferentes áreas do seu peito que oferecem vistas específicas de seu coração. Também podem ser tiradas fotografias bidimensionais ou tridimensionais, a depender de qual parte do coração precisa ser examinada.

Ecocardiograma com Doppler

O paciente é deitado de costas ou sobre o lado esquerdo em uma cama ou mesa. Uma pequena quantidade de gel vai ser esfregada no lado esquerdo do peito para ajudar a apanhar as ondas sonoras, e então é utilizado o transdutor para captar as ondas sonoras e formar as imagens. 

A diferença do ecocardiograma com Doppler para o ecocardiograma transtorácico é que este registra o movimento do sangue através do coração.

O médico ou médica pode solicitar que o paciente inspire e expire lentamente ou prenda a respiração. O transdutor é geralmente movido para diferentes áreas do seu peito que oferecem vistas específicas de seu coração. Também podem ser tiradas fotografias bidimensionais ou tridimensionais, a depender de qual parte do coração precisa ser examinada.

Será feito um ecocardiograma transtorácico ou com Doppler primeiramente. Isso é chamado de linha de base, para que o médico saiba como seu coração funciona normalmente.

Então, o paciente será orientado a caminhar na esteira ou pedalar em uma bicicleta ergométrica enquanto é monitorado por um aparelho de eletrocardiograma. Em seguida, você irá deitar sobre uma cama ou mesa e outro ecocardiograma será feito. 

Em alguns casos é usada dobutamina em vez de exercício para estresse o coração. Esse medicamento eleva a frequência cardíaca, funcionando de forma similar à atividade física. Após o ecocardiograma de base, o técnico limpa a área do braço onde o medicamento será injetado, e um acesso intravenoso é feito em uma veia, por onde será ministrada a dobutamina.

A frequência cardíaca de pico é atingida em cerca de 15 minutos. Após a frequência cardíaca máxima ser atingida, o medicamento será interrompido e a frequência cardíaca voltará ao normal. Em seguida, você irá deitar sobre uma cama ou mesa e outro ecocardiograma será feito.

O médico ou médica pode solicitar que o paciente inspire e expire lentamente ou prenda a respiração. O transdutor é geralmente movido para diferentes áreas do seu peito que oferecem vistas específicas de seu coração. Também podem ser tiradas fotografias bidimensionais ou tridimensionais, a depender de qual parte do coração precisa ser examinada.

Antes do exame, será aplicado um anestésico em sua garganta. Medicamentos para diminuir salivação e produção de secreções do estômago podem ser ministrados via intravenosa, bem como sedativos. O paciente deve se sentir relaxado e sonolento, mas ainda alertar o suficiente para cooperar.

A frequência cardíaca, frequência respiratória e pressão arterial serão monitorados durante todo o procedimento. Além disso, um pequeno dispositivo usado para medir a quantidade de oxigênio no sangue (oxímetro de pulso) pode ser anexado ao dedo ou orelha.

Você será solicitado a deitar sobre o seu lado esquerdo com a cabeça ligeiramente inclinada para a frente. Um protetor de boca pode ser inserido para proteger os dentes da sonda. Em seguida, a ponta lubrificada da sonda será guiada, enquanto o médico pressiona suavemente a língua do paciente para fora do caminho. O paciente pode ser solicitado a engolir para ajudar a mover o tubo ao longo do esôfago. Quando a sonda está no esôfago, será movida para baixo suavemente até o nível do coração (átrio superior direito), e as imagens de ultrassom serão feitas. 

Tempo de duração do exame

 O teste geralmente leva de 30 a 60 minutos para ser feito.

Cuidados após o ecocardiograma

A maioria das pessoas não sente qualquer efeito adverso após um ecocardiograma. 

Em um ecocardiograma sob estresse, o paciente pode sentir dor de cabeça, náusea, tontura e dor no peito em decorrência da frequência cardíaca aumentada. Os sintomas, no entanto, duram poucos minutos. 

O exame transesofágico pode deixar a garganta seca e causas sintomas como tosse e irritação. O paciente será orientado a não ingerir álcool pelas próximas 24 horas após o exame. Entre em contato com o medico ou médica se houver:

  • Dificuldade para engolir ou falar
  • Respiração curta e rápida
  • Dor no peito.

Periodicidade do exame

Não há um consenso sobre a periodicidade do ecocardiograma, ficando a critério do médico ou médica pedir o exame conforme a necessidade.

Riscos

Há poucos riscos envolvidos em um ecocardiograma transtorácico padrão. Você pode sentir algum desconforto semelhante ao retirar uma bandagem adesiva quando o técnico remove os eletrodos colocados no peito durante o procedimento.

Se for feito um ecocardiograma transesofágico, o tubo pode raspar o interior de sua garganta, causando desconforto. 

Durante o ecocardiograma de estresse, o exercício ou a medicação podem causar temporariamente um batimento cardíaco irregular. Complicações graves, como um infarto, são raras.

Resultados

Os resultados geralmente ficam disponíveis dentro de um dia. Se o exame for realizado por um cardiologista, os resultados podem estar disponíveis imediatamente após o teste.

Resultados normais

  • Câmaras e paredes do coração são de tamanho e espessura normais, e movem-se normalmente
  • Válvulas cardíacas estão funcionando normalmente, sem vazamentos ou estreitamentos. Não há nenhum sinal de infecção
  • Quantidade de sangue bombeado do ventrículo esquerdo com cada batimento cardíaco normal.Não há líquido em excesso no saco que envolve o coração, e o tecido em torno do coração não está engrossado.Não há tumores e coágulos de sangue nas câmaras cardíacas.
  • Câmaras cardíacas muito grandes
  • Paredes do coração mais grossas ou mais finas do que o normal
  • Uma ou mais válvulas cardíacas não abrem/fecham adequadamente ou não parecem normais
  • Sinais de infecção estão presentes
  • Quantidade de sangue bombeado do ventrículo esquerdo com cada batimento cardíaco (fracção de ejecção) menor do que o normal
  • Há líquido em volta do coração (derrame pericárdio). O forro em torno do coração é muito grosso
  • Um tumor ou coágulo de sangue pode ser encontrado no coração.

O que pode afetar o resultado do teste?

Você pode não ser capaz de fazer o teste ou os resultados podem não ser úteis se o paciente:

  • Tem excesso de peso ou
  • obesidade
  • Tem seios grandes
  • Tem
  • DPOC
  • Não é capaz de deitar durante o teste
  • Não é capaz de ficar
  • com uma sonda em sua garganta durante um eco transesofágico.

Referências

Diretrizes das Indicações da Ecocardiografia da Sociedade Brasileira de Cardiologia - Edição de Dezembro 2009, vol. 93 (6), Supl. 3, págs. e265-e302

Associação Americana do Coração - organização sem fins lucrativos sediada nos Estados Unidos focada em reduzir lesões e mortes causadas por doenças cardíacas.

Clínica Mayo - organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que reúne conteúdos sobre doenças, sintomas, exames médicos, medicamentos, entre outros.

links patrocinados
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não