VDRL: exame faz diagnóstico de sífilis

Pesquisa de anticorpos no sangue mostra se pessoa já foi infectada com a bactéria

O que é?

O VDRL é um exame de sangue para diagnosticar sífilis. O teste identifica anticorpos que o organismo produz para combater a bactéria Treponema pallidum, causadora da doença - logo, só apresentam esses anticorpos no organismo aquelas pessoas que já entraram em contato a bactéria.

PUBLICIDADE

Pessoas que foram infectadas com sífilis em algum momento da vida carregam os anticorpos referentes à bactéria para a vida toda. Logo, mesmo pessoas que já estão curadas irão apresentar resultados positivos neste exame.

Indicações

O VDRL pode ser pedido para pessoas que:


  • Têm sintomas de sífilis, como feridas genitais ou na garganta
  • Estão recebendo tratamento para outro tipo de DST, como gonorreia
  • Estão grávidas, como parte dos exames pré-natais
  • Apresentam atividade sexual de risco
  • Estão infectadas com o vírus HIV
  • Têm um ou mais parceiros(as) com diagnóstico positivo para sífilis.

Pessoas que não apresentam sintomas de sífilis e não se encaixam em nenhuma das condições acima também pode fazer o exame para triagem.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Contraindicações

Não existem contraindicações expressas para um hemograma completo. No entanto, o médico ou médica pode dizer se você está apto a fazer o teste ou não.

Grávida pode fazer?

Sim, inclusive o VDRL faz parte da bateria de exames pré-natais, uma vez que a infecção por sífilis pode afetar a saúde do feto.

Preparo para o exame

Por ser um exame de sangue comum, não há um preparo especial para a dosagem de creatinina. Se a amostra de sangue for usada apenas para dosar essa substância, não é necessária qualquer recomendação especial. Caso a amostra seja utilizada para outros exames, o laboratório provavelmente orientará acerca dos cuidados.

Com é feito

Em um hospital ou laboratório, o VDRL é realizado por um profissional de saúde da seguinte forma:

  • Com o paciente sentado, é amarrado um elástico em volta do seu braço para interromper o fluxo de sangue. Isso faz com que as veias fiquem mais largas, ajudando o profissional a acertar uma delas
  • O profissional faz a limpeza com álcool da área do braço a ser penetrada pela agulha
  • A agulha é inserida na veia. Esse procedimento pode ser feito mais de uma vez, até que o profissional de saúde acerte a veia e consiga retirar o sangue
  • O sangue coletado na seringa e colocado em um tubo
  • O elástico é removido e uma gaze é colocada no local em que o profissional de saúde inseriu a agulha, para impedir qualquer sangramento. Ele ou ela pode fazer pressão sobre a bandagem para estancar o sangue
  • Uma bandagem é colocada no local.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

O exame para diagnóstico de sífilis também pode ser feito com uma amostra de líquido da medula espinhal.

Tempo de duração do exame

O exame de VDRL leva poucos minutos para ser realizado, podendo demorar mais nos casos em que o profissional de saúde tem dificuldade para acertar a veia coletar o sangue.

Recomendações pós-exame

Não há nenhuma recomendação especial após o exame. O paciente pode fazer suas atividades normalmente. Caso a amostra de sangue seja utilizada para outros testes que exigiam jejum, o paciente poderá se alimentar após a coleta.

Periodicidade do exame

Não há uma periodicidade para se realizar o VDRL. Tudo dependerá das orientações do médico e da presença ou ausência de doenças que devem ser acompanhadas pelo exame.

Contudo, é recomendado que este exame seja feito anualmente, juntamente com a pesquisa para outros tipos de DST, como Aids.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Riscos

Os riscos envolvidos na realização do exame de VDRL são extremamente raros. No máximo, pode haver um hematoma no local em que o sangue foi retirado. Em alguns casos, a veia pode ficar inchada após a amostra de sangue ser recolhida (flebite), mas isso pode ser revertido fazendo uma compressa várias vezes ao dia.

Pessoas que utilizam medicamentos anticoagulantes ou tem problemas de coagulação podem sofrer com um sangramento contínuo após a coleta. Nesses casos, é importante informar o profissional de saúde do problema antes da coleta.

Resultados

O ideal é que o resultado dê negativo para anticorpos da sífilis. Um resultado de VDRL negativo sugere que você não tem a doença. Entretanto, pode acontecer de ser um falso negativo, principalmente se a infecção ocorreu em menos de três meses - é a chamada fase latente da doença, quando ela ainda não se manifestou.

Caso o resultado dê positivo, você provavelmente tem sífilis. O médico ou médica poderá pedir exames mais específicos para confirmar o diagnóstico. No entanto, o exame também pode ser um falso positivo se a pessoa tiver:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Além disso, os anticorpos permanecem no seu corpo mesmo após a sífilis ser tratada. Isso quer dizer que os resultados sempre serão positivos após a primeira infeção, mesmo que você não esteja infectado.

Referências

LabTestsOnline - site projetado para ajudar pacientes e cuidadores a entender os muitos testes de laboratório que podem ser pedidos pelos médicos. O site é produzido pela AACC, uma organização profissional científica e médica global dedicada a ciência de laboratório clínico e sua aplicação aos cuidados de saúde.

MedlinePlus - enciclopédia médica do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, com base na Biblioteca Nacional de Medicina. Traz informações sobre doenças, condições e questões de bem-estar.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.