ACTH: exame faz diagnóstico de síndrome de Cushing

Confira quem precisa fazer o exame e qual a análise dos resultados

O exame de ACTH mede as quantidades de hormônio adrenocorticotrófico no sangue. É usado para verificar se problemas com a glândula pituitária e glândulas suprarrenais.

O hormônio adrenocorticotrófico (ACTH) é responsável por estimular a produção de cortisol. Por sua vez, o cortisol é um hormônio esteroide importante para a regulação de glucose, proteínas e do metabolismo de lipídeos. Ele também atua na supressão da resposta do sistema imunitário e ajuda a manter a pressão sanguínea.

O ACTH é produzida pela glândula pituitária. Localizado abaixo do cérebro no centro da cabeça, a glândula pituitária é parte do sistema endócrino, uma rede de glândulas que trabalha para produzir hormônios que regulam os sistemas do organismo.

Normalmente, os níveis de ACTH aumentam quando cortisol está baixo e caem quando cortisol está alto. Condições que afetam a hipófise ou glândulas suprarrenais podem aumentar ou diminuir a quantidade de ACTH e cortisol que as glândulas produzem, interferindo na sua regulamentação.

Sinônimos

Dosagem de hormônio adrenocorticotrófico, dosagem de ACTH

Indicações

Os níveis de ACTH no sangue são medidos para ajudar a detectar, diagnosticar e monitorar condições associadas com a produção excessiva ou deficiente de cortisol no corpo. Estas condições incluem:


O teste também é pedido quando alguém tem sinais ou sintomas associados com o excesso ou deficiência de cortisol.


O excesso de cortisol pode causar sintomas que incluem:


Estes sintomas são frequentemente acompanhados de alterações como pressão arterial alta, deficiência de potássio e hiperglicemia que pode evoluir para diabetes.


Pessoas com baixa produção de cortisol podem apresentar sintomas como:


Os sintomas acima são frequentemente acompanhados de alterações como baixa pressão arterial, hipoglicemia, deficiência de sódio, altos níveis de potássio e cálcio no sangue.


Por fim, o exame pode ser pedido para identificar hipopituitarismo. Sintomas sugestivos incluem:


  • Perda de apetite
  • Fadiga
  • Ciclo menstrual irregular
  • Hipogonadismo
  • Diminuição do desejo sexual
  • Noctúria
  • Perda de peso não-intencional.

Quando o hipopituitarismo ocorre devido por conta de um, a pessoa pode também apresentar sintomas associados com a compressão de nervos e células vizinhas. O tumor pode afetar os nervos que controlam a visão, causando sintomas como perda de visão para algumas áreas localizadas ou visão dupla.


Contraindicações

Por ser um exame de sangue comum, não há contraindicações expressas para a dosagem de ACTH. No entanto, o médico ou médica irá dizer se você pode ou não fazer o exame.

Grávida pode fazer?

Mulheres durante a gravidez estão autorizadas a fazer o exame conforme orientação médica, não havendo contraindicações. No entanto, os resultados podem ficar alterados por conta das mudanças hormonais típicas da gestação.

Preparo para o exame

Para o exame de ACTH é necessário um jejum mínimo de oito horas antes da coleta de sangue. Também é importante dizer ao médico ou médica quais medicamentos você toma regularmente, incluindo suplementos alimentares. Em alguns casos, pode ser necessário interromper o uso da medicação. Entretanto, não pare de ingerir qualquer medicamento sem autorização profissional.

O exame é feito preferencialmente pela manhã, uma vez que os valores de referência geralmente são baseados na coleta deste horário. Converse com seu médico ou médica sobre o melhor horário para fazer o teste de ACTH no seu caso.

Como é feito

Em um hospital ou laboratório, o exame de ACTH é realizado por um profissional de saúde da seguinte forma:

  • Com o paciente sentado, é amarrado um elástico em volta do seu braço para interromper o fluxo de sangue. Isso faz com que as veias fiquem mais largas, ajudando o profissional a acertar uma delas
  • O profissional faz a limpeza com álcool da área do braço a ser penetrada pela agulha
  • A agulha é inserida na veia. Esse procedimento pode ser feito mais de uma vez, até que o profissional de saúde acerte a veia e consiga retirar o sangue
  • O sangue coletado na seringa e colocado em um tubo
  • O elástico é removido e uma gaze é colocada no local em que o profissional de saúde inseriu a agulha, para impedir qualquer sangramento. Ele ou ela pode fazer pressão sobre a bandagem para estancar o sangue
  • Uma bandagem é colocada no local.

É importante que o técnico ou técnica anote o horário da coleta, uma vez que os níveis de ACTH alteram durante o dia.

Tempo de duração do exame

Um exame de ACTH leva poucos minutos para ser realizado, podendo demorar mais nos casos em que o profissional de saúde tem dificuldade para acertar a veia coletar o sangue.

Recomendações pós-exame

Não há nenhuma recomendação especial após o exame. O paciente pode fazer suas atividades normalmente. Caso a amostra de sangue seja utilizada para outros testes que exigiam jejum, o paciente poderá se alimentar após a coleta.

Periodicidade do exame

Não há uma periodicidade para se realizar um exame de ACTH. Tudo dependerá das orientações do médico e da presença ou ausência de doenças que devem ser acompanhadas pelo exame.

Riscos

Os riscos envolvidos na realização do exame de ACTH são extremamente raros. No máximo, pode haver um hematoma no local em que o sangue foi retirado. Em alguns casos, a veia pode ficar inchada após a amostra de sangue ser recolhida (flebite), mas isso pode ser revertido fazendo uma compressa várias vezes ao dia.

Pessoas que utilizam medicamentos anticoagulantes ou tem problemas de coagulação podem sofrer com um sangramento contínuo após a coleta. Nesses casos, é importante informar o profissional de saúde do problema antes da coleta.

Resultados

Os resultados do exame costumam ficar disponíveis em até um dia útil. A interpretação do exame ACTH depende da razão pelo qual foi requerido. Por isso é importante conversar com o médico ou médica para tirar qualquer dúvida.

Resultados normais

Os níveis de ACTH são medidos em petagramas (pg) por mililitro de sangue (mL). Os valores de referência ficam entre 7 pg/mL e 63 pg/mL. Esses valores, no entanto, são baseados na medição feita das 7h às 10h da manhã.

Resultados anormais

Níveis de ACTH acima do normal podem indicar:

  • Doença de Addison
  • Hiperplasia adrenal congênita
  • Uma ou mais das glândulas endócrinas são hiperativas ou há formação de um tumor (neoplasia endócrina múltipla tipo I)
  • Síndrome de Cushing
  • Tipo raro de tumor (pulmão, tireoide ou pâncreas) que aumenta a produção de ACTH
  • Estresse físico ou emocional (causado por cirurgia recente ou trauma que gerou dor severa, por exemplo).

Dosagem de ACTH mais baixas que o normal podem indicar:

  • Hipopituitarismo
  • Tumor da glândula adrenal que produz excesso de cortisol
  • Medicamentos glicocorticoides que estão suprimindo a produção de ACTH.
DOENÇACORTISOLACTH
Doença de CushingAltoAlto
Tumor da glândula adrenalAltoBaixo
Tumor que aumenta a produção de ACTHAltoAlto
Doença de AddisonBaixoAlto
HipopituitarismoBaixoBaixo

Resultados do exame de ACTH são melhor interpretados quando pedidos em conjunto com a dosagem de cortisol. A tabela abaixo indica os padrões comuns de ACTH e cortisol e suas indicações:

O que pode afetar o resultado do teste

As seguintes situações podem alterar os resultados do teste de ACTH:

  • Medicamentos que afetam a produção de cortisol ou de ACTH
  • Embriaguez
  • Gravidez
  • Ferimento grave
  • Estresse físico ou emocional.

Referências

LabTestsOnline - site projetado para ajudar pacientes e cuidadores a entender os muitos testes de laboratório que podem ser pedidos pelos médicos. O site é produzido pela AACC, uma organização profissional científica e médica global dedicada a ciência de laboratório clínico e sua aplicação aos cuidados de saúde.

MedlinePlus - enciclopédia médica do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, com base na Biblioteca Nacional de Medicina. Traz informações sobre doenças, condições e questões de bem-estar.

Clínica Mayo - organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que reúne conteúdos sobre doenças, sintomas, exames médicos, medicamentos, entre outros.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.