Câncer de mama: saiba como os nódulos malignos se formam

SÉRIE CÂNCER DE MAMA

POR ADRIANE ZIMERER - ATUALIZADO EM 18/10/2016

Câncer de mama: saiba como os nódulos malignos se formam

Segundo tipo de tumor mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres

O que é câncer de mama?

Ele é o segundo tipo de tumor maligno mais frequente em todo o mundo. O câncer de mama pode atingir pessoas do sexo feminino e masculino acima dos 35 anos, mas as maiores vítimas são as mulheres.

?Ele é uma alteração mamária que se caracteriza, geralmente, pela presença de um nódulo e tem um desenvolvimento aleatório. Ele cresce muito e invade os tecidos?, explica Angela Trinconi, mastologista do Instituto do Câncer de São Paulo.

Causas
O câncer nas mamas não surge apenas por um único fator. Médicos acreditam que a causa pode estar em uma célula-tronco defeituosa. Mas existem, ainda, diversos fatores que aumentam a chance de se desenvolver a doença, como a obesidade, o sedentarismo e a ingestão de bebidas alcoólicas.

Mulheres que menstruaram muito jovens, que tiveram a menopausa tardia, que não engravidaram ou que tiveram o primeiro filho em uma idade avançada, também têm mais chances de desenvolver o câncer. Isso acontece porque as células cancerígenas se alimentam dos hormônios, como o estrogênio. Quando a mulher fica exposta ao hormônio feminino por muito tempo as chances do tumor se desenvolver são maiores. Por isso, a partir dos 40 anos é recomendada a realização da mamografia anualmente.

Diagnóstico e tratamentos
A mamografia é essencial para a detecção do câncer. A técnica permite que se diagnostique precocemente os nódulos malignos, o que ajuda muito a controlar o desenvolvimento da doença. Após o exame, se houver suspeita, é solicitada uma biópsia.

Quanto mais cedo o câncer for detectado, menores são as chances de complicações. Os tratamentos variam de acordo com as características do nódulo. Podem ser usados medicamentos, radiação e até cirurgias que visam a remoção tumor. Mesmo com o procedimento cirúrgico, normalmente é necessário que se faça a quimioterapia ou radioterapia, tratamentos que podem se estender por, pelo menos, seis meses.

Saiba mais sobre o tema em Tudo sobre câncer de mamaTudo sobre câncer de mama.

Todos os vídeos da série

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.