PUBLICIDADE

Saiba como deixar a batata mais magra e saudável

Cozida, assada ou em forma de purê, esse alimento é rico em nutrientes

Os altos índices de carboidratos encontrados na batata fazem esse vegetal carregar a fama um tanto quanto injusta de "alimento que engorda". Mesmo quem quer perder peso ou não quer ganhar quilos, pode incluir a batata no cardápio. "O segredo está em equilibrar a quantidade dessa fonte de carboidrato com os outros grupos alimentares", afirma a nutricionista Rosana Farah, especialista do Minha Vida. O modo de preparo também faz toda a diferença na hora de emagrecer o prato.

Além disso, a batata é rica nas vitaminas K, C e do complexo B e tem grandes quantidades de fósforo e potássio - todos nutrientes que ajudam nosso organismo a funcionar melhor. É possível fugir da batata frita e optar por versões menos calóricas ou gordurosas do vegetal, priorizando uma alimentação saudável. Confira as dicas das nutricionistas na hora de preparar as batatas.

Diminua o índice glicêmico

pote de batata assada com rúcula - Foto Getty Images
pote de batata assada com rúcula - Foto Getty Images

A batata é um alimento que possui um alto índice glicêmico e não deve ser consumida em excesso para não provocar picos de glicose. Quando consumimos carboidratos e açúcares, nosso organismo os transforma em glicose a fim de produzir energia para o nosso corpo. Quando um alimento possui muita glicose, ou seja, tem um índice glicêmico alto, o sangue fica com altas taxas dessa substância. A resposta do organismo é armazenar o açúcar e depois transformá-lo em gordura, processo que leva ao ganho de peso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas a nutricionista Rosana Farah, especialista do Minha Vida, dá uma dica para reduzir o índice glicêmico da batata. "Consuma a batata acompanhada de fibras (hortaliças, grãos) e gorduras não saturadas (azeite de oliva). Dessa forma ela será absorvida mais lentamente, diminuindo seu índice glicêmico", explica. E, tome cuidado para não elevar ainda mais o índice dela. "Se essa mesma batata for consumida com outra fonte de gordura ou de carboidrato, o índice glicêmico cresce", alerta.

Batatas assadas

batata assada e recheada com legumes - Foto Getty Images
batata assada e recheada com legumes - Foto Getty Images

Por ter menos gordura, a batata assada é um dos preparos mais saudáveis para esse alimento. Segundo a nutricionista Simone Freire, o ideal é assar as batatas com casca - para conservar os nutrientes - e sem adição de óleo. Caso você fique com medo de as batatas grudaram na forma, usa uma quantidade de óleo mínima. "Você também pode recheá-la com legumes, ervas, proteínas de baixa caloria (peito de peru, frango desfiado) ou até azeites, tornando a refeição mais completa", explica a nutricionista Hellen Fernandes, da consultoria Galgani Farmácia de Manipulação, em Minas Gerais. Uma batata inglesa (100g) assada com adição de óleo tem 64 calorias.

Cozinhando a batata

travessa com batatas assadas temperada com ervas - Foto Getty Images
travessa com batatas assadas temperada com ervas - Foto Getty Images

Com 52 calorias (100g), valor ainda mais baixo do que a preparação assada, a batata cozida não precisa acompanhar óleo, portando tem menos gordura. Prepará-la cozida também ajuda a conservar os nutrientes, principalmente no vapor. A regra da casca também vale para os alimentos cozidos - se não retirarmos a casca, conservamos ainda mais os nutrientes. A batata cozida pode ser acompanhada de carnes e saladas para diminuir seu índice glicêmico e deixar a refeição completa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Passe longe da batata frita!

batatas fritas - Foto Getty Images
batatas fritas - Foto Getty Images

A versão frita acaba sendo a opção mais calórica e menos saudável. "Qualquer processo de fritura faz com que o óleo seja incorporado ao alimento, ocorrendo um grande aumento calórico", explica Simone. Para se ter uma ideia, enquanto uma porção (100g) de batata cozida tem 52 calorias, a mesma quantidade frita tem cerca de 267 calorias - mais que o triplo! E a quantidade de gorduras também chega a níveis astronômicos: a batata assada tem 0,14g de lipídios, ao passo que a preparação frita carrega 26g.

Para evitar que a batata fique encharcada de óleo, Hellen dá a dica: "o ideal é que a temperatura do óleo esteja mais alta, mas essa opção continua não sendo a ideal para consumo frequente no dia a dia", diz.

Batatas sauté

batatas sauté na frigideira - Foto Getty Images
batatas sauté na frigideira - Foto Getty Images

As batatas salteadas são uma versão temperada na batata cozida - costumam levar salsinha e uma certa quantidade de óleo ou manteiga, para deixá-las douradas na frigideira, correndo o risco de ficarem gordurosas. "Dessa forma, é preciso ficar atento para a quantidade de gordura que se adiciona nesta preparação, podendo optar por margarina light ou azeite", conta Rosana Farah, que completa dizendo que ervas frescas como alecrim e orégano são os melhores temperos. Uma colher de sopa de batata sauté (25g) tem 37 calorias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Enriqueça seu purê com legumes

prato com purê de batata, alface e tomate-cereja - Foto Getty Images
prato com purê de batata, alface e tomate-cereja - Foto Getty Images

Uma das formas mais tradicionais de se preparar as batatas, o purê pode ser inclusive consumido por bebês que estão iniciando a alimentação. E o melhor de tudo é que você pode acrescentar outros legumes triturados ao preparo, acabando com as desculpas para não comer cenoura, abobrinha ou couve-flor. De acordo com a nutricionista Rosana, a batata em forma de purê acaba perdendo parte de suas fibras, por conta da trituração. Uma colher de sopa de purê de batatas (25g) tem apenas 28 calorias - se não houver adição de manteiga, margarina ou outro legume.

Receita de batata recheada

batata recheada - Foto Getty Images
batata recheada - Foto Getty Images

Agora é só deixar a imaginação fluir e fazer todas as combinações possíveis de batata com legumes, verduras e proteínas, enchendo o prato de nutrientes. A nutricionista Rosana Farah passou uma receita de batata recheada, ótima opção para o jantar:

Ingredientes

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

06 unidades médias de batata

02 latas de sardinha

02 xícaras (chá) de casca de chuchu

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

½ tablete de caldo de carne (sem gordura trans)

02 colheres de sopa de maionese (light)

Modo de Preparo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Lave bem as batatas, enxugue e, sem retirar a casca, faça uma cruz no meio de cada batata com uma faca. Disponha numa forma e leve ao forno moderado até ficarem macias. À parte, escorra o óleo das sardinhas, tire a espinha. Pique em pedaços grandes e reserve. Cozinhe as cascas de chuchu com o caldo de carne. Quando estiverem cozidas, escorra e misture a sardinha e a maionese. Reserve. Quando as batatas estiverem cozidas, tire-as do forno e aprofunde o corte em cruz. Recheie com a sardinha e leve novamente ao forno para gratinar.

Rendimento: 06 porções

Valor calórico da porção = 336,08 Kcal

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)