PUBLICIDADE

5 alimentos essenciais para quem tem Síndrome do Intestino Irritável

Com mudanças na alimentação é possível amenizar alguns sintomas da doença, como gases, flatulência e diarreia

A Síndrome do Intestino Irritável (SII) é uma doença crônica muito comum, que afeta o intestino grosso (cólon). O problema ocorre quando as contrações dos músculos do intestino, que se contraem e relaxam conforme o alimento é ingerido, são muito fortes e duram mais tempo do que o normal. Isso faz com que surjam alguns sintomas, como gases, flatulência e diarreia. Poder ser, ainda, que aconteça justamente o oposto, com contrações intestinais mais fracas que o normal, o que retarda a passagem de alimentos e leva a fezes mais endurecidas.

Porém, a SII precisa ter acompanhamento médico e, junto com algumas mudanças na rotina, é possível evitar esses incômodos. "O tratamento da Síndrome do Intestino Irritável, como a maioria dos distúrbios funcionais digestivos, constitui um desafio para os médicos, pela peculiaridade que este grupo de doenças têm em comum. É preciso então definir bem o diagnóstico desse distúrbio, para que o paciente possa responder bem a uma abordagem geral de tratamento que envolve educação, tranquilização, mudanças dietéticas e de estilo de vida", afirma o gastroenterologista e nutrólogo Hamilton Funes.

Alimentos que pioram a Síndrome do Intestino Irritável

Alguns alimentos estão relacionados à piora do quadro da SII, principalmente por aumentarem a produção de gases intestinais, que são os grandes causadores de sintomas, como a distensão abdominal e os flatos. "Entre estes alimentos estão: os gordurosos, como frituras e a carne de porco; os alimentos com alto teor osmótico, como o leite condensado; alimentos com má absorção intestinal e rápida fermentação, como leite e derivados, feijão, repolho e o trigo; algumas frutas, como ameixas e frutas cítricas, além de produtos que contenham glúten", afirma o gastrocirurgião Marcos Belotto, dos Hospitais Albert Einstein e Oswaldo Cruz.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Melhores alimentos para quem tem Síndrome do Intestino Irritável

Estes alimentos possuem baixo teor gorduroso e osmótico, além de alto teor de fibras, que são extremamente importantes na dieta dos pacientes com SII. "Deve-se ressaltar que existem dois tipos de fibras: solúveis e insolúveis. As fibras solúveis, além de formarem o bolo fecal, ajudam a compactá-lo, favorecendo pacientes com predomínio do quadro de diarreia. Já as fibras insolúveis, auxiliam na formação do bolo fecal, mas não possuem o poder de compactá-lo, sendo favoráveis aos pacientes que apresentem constipação", lembra Belotto.

"Quem tem a doença deve procurar comer alimentos que não agridam e ajudem a 'regular' o intestino. Os alimentos devem ser escolhidos principalmente observando-se o padrão clínico apresentado pelo paciente, que pode ter maior tendência à constipação ou diarreia", completa ele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)