PUBLICIDADE

Alessandra resistiu às festas depois de um ano comemora: conseguiu perder 22 kg

Apesar de ter começado a dieta em 2014, as férias e o Natal não atrapalharam sua determinação em emagrecer

Veja como Alessandra perdeu 22 quilos - Foto: Arquivo Pessoal
Veja como Alessandra perdeu 22 quilos - Foto: Arquivo Pessoal

Assim como as pessoas começam a se preocupar mais com sua forma física no fim do ano, uma das maiores barreiras para o emagrecimento acontece nessa época, as festas! Tanto que a sabedoria popular já aconselha: se você quer emagrecer no fim do ano, espere e comece sua dieta depois do Ano Novo.

Mas Alessandra Lira, administradora de um e-commerce de 43 anos, resolveu sair desse lugar comum! Desde de maio de 2014 ela já estava inscrita no Dieta e Saúde e mudando aos poucos sua alimentação, tanto que nesses sete meses ela conseguiu perder sete quilos. No entanto, conforme dezembro foi chegando, o medo de perder toda essa evolução deu as caras. "Eu já tinha conseguido tanto e não queria perder essa evolução. Então, quando sai de férias, segurei firme, tentando comer refeições equilibradas e compensar se exagerasse em alguma delas", explica. O resultado? Ela conseguiu passar pelas festas e as férias na praia sem aumentar o peso na balança.

E não é que isso deu um fôlego extra para Alessandra? "Quando voltei, comecei a praticar exercícios e fazer mais mudanças na alimentação, e isso deu um gás na minha perda de peso", tanto que ela conseguiu reduzir mais 15 kg da balança, totalizando uma perda de 22 kg.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alimentação regrada

Essa não foi a primeira vez que Alessandra quis emagrecer, mas foi a primeira que deu certo. "Já tentei todas as dietas que você imaginar, sempre fui gordinha. Quando você faz dieta muito restritiva, você segue as regras lindamente na primeira semana, mas depois você não aguenta seguir se privando dessa forma", conclui.

Por isso a mudança de mentalidade é muito importante. Tanto que ela já tinha se inscrito no DS em 2013, mas não conseguiu perder muito. "Não levei a sério e voltei a engordar tudo e mais um pouco, e mais uma vez eu desisti".

Nesse ponto, a cirurgia bariátrica parecia ser a única opção, afinal logo ela entraria na menopausa e o emagrecimento se tornaria mais difícil. Então ela procurou um cirurgião para fazer as mudanças. Foi nessa consulta, no entanto, que ela recebeu um choque que mudaria sua visão com relação ao peso. "Ele me disse que não seria um milagre, que mesmo depois da cirurgia eu teria que mudar minha vida, fazer atividade física e reeducação alimentar, pediu para eu pensar bem, pois já que teria que mudar, por que não fazer essa mudança sem mutilar uma parte do meu estômago?".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Essa conversa a fez pensar, e logo ela decidiu retomar o Dieta e Saúde, dessa vez encarando-o como uma oportunidade de mudar seus hábitos. "Eu comia tudo errado, as vezes não tomava café da manhã, comia qualquer coisa no almoço, mas o jantar era sagrada e, claro, antes de dormir um belo lanchinho, pois pão sempre foi minha paixão". Para retomar o controle sobre a alimentação, ela começou a fazer todas as refeições, mudando as quantidades do que comia, sem se privar de nada que gostava, e acrescentando mais alimentos saudáveis ao seu dia a dia, como os integrais.

Os exercícios também foram uma mudança. Ela começou comprando um aparelho semelhante ao transfer das academias, em que ela se exercitava em casa. Mas no começo foi bem difícil. "Eu comecei fazendo apenas 5 minutos e ficando supercansada. Porém, não desisti, e aos poucos fui aumentando meu tempo neste aparelho e hoje faço uma hora por dia". Além disso, ela começou a fazer caminhadas, mas com cuidado, já que o sobrepeso a fez ter um desgaste no joelho.

Inspiração para mudar

E essas mudanças serviram inclusive para transformar a forma como Alessandra olha para a comida. "Eu sempre senti muito prazer em comer, mas passei a olhar para a comida e dizer a ela: 'eu não preciso de você para ficar bem', e assim controlar algo que antes me controlava", dá a dica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para as palavras chave para seguir no emagrecimento são "foco e força". "Acredito que é sempre possível manter o foco nas mudanças, sem se dar uma folga nos finais de semana. Claro que depois do emagrecimento é possível relaxar um pouco mais, mas durante o processo é preciso acreditar e seguir em frente". No caso, ainda faltam 8 kg pata que ela atinja a meta de 75 kg. Mas cada vez mais o espelho e a saúde a ajudam a seguir em frente. E para Alessandra, se ela, aos 43 anos, conseguiu já perder peso tudo isso de peso, todos podem atingir o mesmo feito.