PUBLICIDADE

4 problemas que podem ser resolvidos comendo mais proteína

Cabelos quebradiços, cansaço e imunidade baixa podem significar ausência do nutriente

As proteínas exercem um papel fundamental para o bom funcionamento do nosso organismo e seu baixo consumo reflete diretamente em nosso corpo. O nutricionista Breno Lozi, em entrevista para o Minha Vida, comentou quatro sinais que podem estar indicando a necessidade de incluir mais proteínas na nossa alimentação.

1- Você se sente muito cansado ou fraco

A fadiga excessiva é o primeiro sinal da falta de proteína no organismo. "Como a deficiência desse composto é derivada diretamente de uma dieta pobre em calorias, o organismo não dispõe de energia suficiente para cumprir tarefas rotineiras", explica o nutricionista Breno Lozi.

2 - Seu cabelo está quebradiço

Os fios de cabelo e os folículos que os sustentam são feitos de proteína, por isso, elas são responsáveis por mantê-lo saudável e em constante crescimento. Por isso, quando há falta dessas moléculas o cabelo fica fragilizado. "Essa é uma das razões pelas quais os cabelos de pessoas que fazem dietas com baixo teor proteico tendem a crescer mais lentamente. E, em casos extremos, pode ocorrer queda dos fios", alerta o nutricionista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

3 - Sua pele e suas unhas estão fracas

As unhas e a pele também dependem das proteínas para se regenerar. A pele é composta por três tipos de proteínas: colágeno, elastina e queratina. Essas proteínas em baixo índice causam rugas, deixam a pele mais finas e as unhas mais fracas.

4 - Você está ficando doente com frequência

Breno afirma que uma das principais funções das proteínas é apoiar o sistema imunológico. Portanto, uma dieta com baixo nível de proteína deixa o organismo mais exposto ao risco de contrair infecções e resfriados. "É impossível o sistema imunológico funcionar sem proteínas, até porque os anticorpos são estruturas formadas por proteínas", complementa Lozi.

Existe uma quantidade mínima diária recomenda para o bom funcionamento do organismo. O instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH) indica 0,8 grama de proteína por quilo de peso. Mas esse valor pode variar de acordo com as a intensidade das atividades exercidas pela pessoa ou se ela está em fase de crescimento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As proteínas podem ser de origem animal ou vegetal. Veja aqui quais são os alimentos com maior índice de proteína e como aumentar a absorção no organismo.