PUBLICIDADE

Um dia na praia transforma seu filho em outra pessoa

As brincadeiras desenvolvem a autonomia e tornam a criança mais segura

Além de muita diversão, as férias na praia podem ser um ótimo exercício para o desenvolvimento do seu filho. Brincar na areia com crianças que ele não conhece, entrar na água sozinho e cuidar dos próprios brinquedos são algumas das tarefas simples, mas que trazem ótimos benefícios.

A seguir, a psicóloga Adriana de Araujo apresenta uma série de situações comuns à beira-mar e mostra como elas são positivas para o universo infantil. "Há muitas experiências simples, que trazem ótimos resultados. Mas é preciso ter certeza de que seu filho está preparado para elas, evitando brigas desnecessárias". Lidar com dinheiro, por exemplo, é uma tarefa que pede tentativas prévias. A seguir, veja as dicas da especialista.

Deixar a criança à vontade para...

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entrar na água sozinha

A ousadia só vale para as crianças que se molharam na companhia de um adulto. É preciso mostrar até que ponto o corpo dela pode ser coberto com a água e ter idéia da força das ondas na ocasião. Mas a experiência dá mais segurança para o seu filho, além de trabalhar o senso de responsabilidade e confiança nele.

Praia
Praia

Conversar, sozinha, com outras da mesma idade

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Permitir que seu filho faça novos amiguinhos na praia aumenta a capacidade de comunicação dele, além de estimular a tolerância às diferenças. Mesmo que vigiando, ofereça um espaço para que ele desenvolva a habilidade social.

Pedir comida ou bebida no quiosque quando sentir vontade

Isso vale para as crianças com mais de sete anos e que tenham noção de despesas. Estipule uma cota e deixe que ela vá consumindo ao longo do tempo em que vocês permanecerem na praia. Mas é importante avisar aos donos da barraca e aos garçons quanto ao limite que você impôs ao seu filho, evitando surpresas na hora de ir embora.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Gerenciar o tempo na praia

Não adianta querer ensinar isso na praia. Mas se a criança já tem noção de tempo, vale aproveitar a praia para trabalhar o assunto. Combine uma hora de chegada e uma hora de saída, com intervalos para as refeições e para a hidratação. Também fale sobre a necessidade de passar filtro solar a cada duas horas.

Cuidar dos brinquedos que vai usar na areia

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O ideal é, no começo, separar peças mais simples, que podem ser perdidas sem gerar muita confusão. É preciso ensinar a criança a levar para a praia, trazer de volta e lavar na hora que a brincadeira terminar. A tarefa alerta para a importância da organização e ensina a criança como cuidar das próprias coisas.

Experimentar alimentos típicos da praia

As férias são uma boa ocasião para sair da rotina, e isso vale também para a dieta. Valorizar os novos sabores torna a criança mais sociável e evita problemas quando seu filho precisar comer fora de casa. Só dê atenção à higiene no preparo que, muitas vezes, deixa a desejar nos quiosques.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Resolver sozinhas as brigas com o irmão Não deixe de observar o comportamento das crianças, mas evite intervir demais. O ideal é aproveitar o ambiente mais livre para que seus filhos aprendam a resolver sozinhos eventuais divergências.