PUBLICIDADE

Dietas radicais provocam o aumento de peso

Estudo comprova que o veto aos alimentos desregula os hormônios do apetite

Não é só a saúde que sai prejudicada quando você embarca numa dieta radical. O emagrecimento, conseguido após dias de muita fome e restrição, também dura pouco. A conclusão é de um estudo, que acaba de ser realizado pelo New York-Presbyterian Hospital. Segundo o levantamento, dietas de baixas calorias podem causar um aumento de peso posterior.

Isso acontece porque os níveis de grelina (hormônio que aumenta a vontade de comer) aumentam após a dieta. Por outro lado, a leptina (hormônio que traz a sensação de saciedade) deixa de fazer efeito no organismo. Durante a pesquisa, 105 homens e mulheres que sofriam de sobrepeso passaram por uma dieta rigorosa, comendo apenas alimentos com poucas calorias durante oito semanas. Terminada a dieta, os indicadores de de grelina, leptina, e insulina foram medidos durante seis meses.

Em média, os participantes do estudo tiveram uma queda de 5% no peso durante a dieta. Passados cinco meses, 49 pessoas mantiveram este número, enquanto 55 participantes ganharam 10% ou mais do peso que tinham perdido. Todos eles tinham níveis mais altos de grelina no sangue após o fim do experimento. Além do problema da volta do peso, pessoas que passam por mudanças drásticas na alimentação tiveram a sua produção de insulina alterada, o que pode agravar ou provocar um quadro de diabetes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O acompanhamento profissional não pode ser dispensado numa dieta", afirma a nutricionista Roberta Stella, do Dieta e Saúde. "Manter uma dieta balanceada, com todos os nutrientes, é essencial para manter o peso na faixa ideal e preservar a saúde".

Coma corretamente

A nutricionista Roberta Stella mostra como identificar uma dieta balanceada:

1. Variedade de alimentos: pratos coloridos são sinal de grande oferta de nutrientes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2.Presença de fibras: presentes nas frutas, nos legumes e nas verduras, principalmente, as fibras aumentam a saciedade.

3.Alimentação em horários regulares: os intervalos controlados evitam acessos de fome.

Dica!

Fazer um diário alimentar, com as quantidades e horários em que você fez as refeições, é a melhor maneira de identificar onde estão seus erros. Anote tudo e, após uma semana, veja como é possível melhorar a sua dieta, aumentando as porções de alimentos saudáveis.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)