PUBLICIDADE

Dieta com pouca gordura e muita fibra previne doenças crônicas

Controle da alimentação na adolescência traz benefícios na idade adulta

Um estudo publicado no Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism revelou que seguir uma dieta equilibrada na adolescência, reduzindo a ingestão de gorduras total e saturada e aumentando o consumo de fibras, diminui as chances de desenvolver doenças crônicas, como diabetes, na vida adulta. A análise foi liderada por um pesquisador da Fox Chase Cancer Center in Philadelphia, nos Estados Unidos.

Para a pesquisa, foram avaliadas 230 mulheres com idade entre 25 e 29 anos e que, nove anos antes do presente estudo, participaram do Dietary Intervention Study in Children (DISC). Este realizou uma intervenção na dieta das participantes para reduzir o consumo de gordura a 28% da ingestão calórica diária, aumentando o consumo de frutas, legumes e grãos integrais. Agora, o novo estudo pretendia avaliar os efeitos de tal mudança a longo prazo.

Foram coletadas amostras de sangue, medidas da pressão arterial e composição corporal de cada uma das mulheres. Em seguida, os níveis de glicose, triglicérides e colesterol foram comparados com os de um grupo de controle. Embora os resultados do grupo de controle não tenham evidenciado síndrome metabólica, ele apresentou uma tendência maior a tal problema do que o grupo que sofreu intervenção.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Segundo os estudiosos, a dieta ocidental é rica em gordura, ácidos graxos saturados e grãos refinados. Estes nutrientes estão diretamente relacionados a anormalidades metabólicas que incluem obesidade abdominal, baixos níveis do chamado bom colesterol, aumento da pressão arterial e taxas elevadas de triglicérides e glicose.

"Esta pesquisa é importante porque sugere que a redução da ingestão de gordura total e saturada e o aumento do consumo de fibras alimentares na infância e adolescência pode ter efeitos benéficos mais tarde na vida pelo risco crescente de doenças crônicas, como diabetes e doenças cardíacas", diz Joanne Dorgan, PhD, do Fox Chase Cancer Center, em Filadélfia.

Escolha a gordura certa para ativar o metabolismo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Demonizar as gorduras é praxe nas conversas sobre dieta. A birra encontra respaldo em, basicamente, duas explicações: as calorias que elas acrescentam à dieta e o suposto prejuízo causado na saúde. "O problema é que muita gente confunde gordura com fritura", afirma a nutricionista Fabiana Honda, da PB Consultoria em Nutrição, em São Paulo. Existem várias fontes de gorduras e muitas delas são essenciais ao funcionamento do organismo e para absorção de vitaminas. A seguir, veja nove áreas do seu corpo que saem ganhando quando você seleciona bem o tipo de gordura que vai para o seu prato.

Funcionamento das células

Toda célula é recoberta por uma membrana de gordura. "A membrana celular define os limites da célula e atua como uma barreira, controlando o que entra e o que sai da célula. Essa seleção é importante para que o metabolismo funcione adequadamente", explica a nutricionista Fabiana Honda. Os fosfolipídios, encontrados na soja e nos ovos, são os principais componentes das membranas celulares, junto às gorduras poliinsaturadas, também encontradas na linhaça.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ossos

Embora não haja relação direta entre o consumo de gorduras e os ossos, elas são essenciais para a absorção de vitamina D, nutriente essencial para a absorção e fixação de cálcio nos ossos.

Circulação

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Segundo o nutrólogo Navarro, o vaso sanguíneo sofre influência direta do tipo de gordura que comemos. "Uma dieta rica em ômega-3 melhora a circulação sanguínea, porque esta gordura tem poder desinflamante e diminui a pressão nos vasos sanguíneos". Protegendo a saúde dos vasos, a circulação é facilitada, o que beneficia tanto a saúde do coração quanto a do cérebro, pois há melhora da irrigação sanguínea.

Pulmões

O líquido surfactante pulmonar é 90% composto de gordura, principalmente saturada. Esse líquido é essencial para manter o funcionamento dos alvéolos, estruturas responsáveis pelas trocas gasosas da respiração. A gordura saturada é encontrada em alimentos protéicos de origem animal como carnes, frango, peixes, ovos e leite, além do óleo de coco.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)