PUBLICIDADE

Redução de carboidratos substitui remédio contra diabetes

Dieta protéica é mais eficiente do que restrição calórica, aposta estudo

Cortar os carboidratos da dieta está longe de ser uma boa alternativa para o controle de peso. Esse tipo de alimento rende disposição e é necessário para manter o organismo funcionando a todo vapor, principalmente se você faz atividades físicas. Mas o consumo controlado de carboidratos é um boa alternativa se você está acima do peso e precisa controlar um quadro de diabetes tipo 2.

A descoberta recente faz parte de um estudo publicado na revista médica Nutrition and Metabolism, dos Estados Unidos. Segundo os pesquisadores, uma dieta controlada fez com que alguns pacientes reduzissem a dose de medicamentos enquanto outros até dispensaram as drogas, sob supervisão médica.

Os médicos dividiram 84 pacientes, todos com diabetes tipo 2, em dois grupos: o primeiro não tinha restrições calóricas, mas poderia consumir, no máximo, 20 gramas de carboidratos por dia durante 24 semanas. Já o segundo grupo manteve uma dieta composta apenas por alimentos com baixo índice glicêmico durante o mesmo o período.

O baixo consumo de carboidratos trouxe o controle nas taxas de açúcar no sangue, além de perda de peso e aumento nas taxas do chamado bom colesterol sangüíneo. 95% dos pacientes com baixo consumo de carboidratos comemorou a redução no uso de medicamentos contra 62% dos participantes que passaram a seguir a dieta baseada no índice glicêmico.

"Manter uma dieta balanceada é essencial não só para o controle de muitas doenças como na prevenção delas", afirma a nutricionista do MinhaVida, Roberta Stella. "Os carboidratos são fundamentais para alimentação saudável, mas devem ser consumidos com cautela e, de preferência, na versão integral. Além de mais nutritivos, eles ajudam a regular o intestino e saciam a fome por mais tempo".