PUBLICIDADE

Atividade física beneficia a terceira idade

Estudo confirma que vida sedentária pode acelerar envelhecimento

A busca por uma vida saudável, privilegiando uma velhice com qualidade, é muito comum de encontrar entre as pessoas da sociedade atual. No entanto, além de uma alimentação que proporcione benefícios ao organismo tanto a curto quanto a longo prazo, a prática de atividades físicas é imprescindível para chegar à velhice sem problemas de saúde.

De acordo com estudo feito por pesquisadores britânicos, a vida sedentária pode acelerar o processo de envelhecimento, além de poder aumentar em 22% o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares e entre 10 e 16% os riscos de câncer de mama, colo e reto.

Além dos benefícios físicos que a prática de exercícios pode proporcionar, (maior equilíbrio, flexibilidade, força muscular), eles também melhoram a memória, por conta da concentração, raciocínio e aprendizado motor exigidos durante o processo.

A terceira idade costuma apresentar maiores chances no surgimento de doenças e infecções e a atividade física auxilia também neste campo. Idosos praticantes de exercícios físicos apresentam menor incidência de infecções respiratórias e urinárias e, ainda, apresentam uma recuperação mais rápida quando acometidos por alguma afecção. , explica Fernanda Varkala Lanuez, docente do curso de Fisioterapia da Uninove.