PUBLICIDADE

Você sabe como incluir a maionese em uma alimentação saudável?

Desmitifique conceitos do passado e veja como é possível inclui-la no cardápio sem prejudicar a saúde e a boa forma

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Durante muitos anos a maionese foi sinônimo de um alimento pouco saudável. Isso por que trata-se de uma mistura, de basicamente, óleo vegetal e gema de ovo cru. E este método de preparo explica a preocupação existente acerca de seu consumo uma vez que os ovos são ingredientes que contém um alto conteúdo de colesterol. Além disso, seu consumo foi fortemente associado a "junk foods", lanches, preparações super calóricas e nada saudáveis. Muita gente até excluiu o alimento do cardápio por conta dos prejuízo à saúde e à dieta. No entanto, nutricionistas contam que ela pode ser muito bem-vinda as receitas e ainda fornecer nutrientes importantes para o organismo. "Basta saber a forma certa de consumir e estar atento a alguns cuidados", afirma a nutricionista Vivian Ragasso, do Instituto Cohen de Ortopedia, reabilitação e Medicina do Esporte. Desbanque mitos e veja as melhores formas de consumir o alimento sem se preocupar em ganhar gordurinhas ou problemas de saúde.

1/7

O consumo de maionese pode contribuir para o aumento do colesterol?

2/7

Qual é a quantidade diária recomendada de gorduras?

3/7

Qual o tipo de gordura presente em maior quantidade na maionese industrializada?

4/7

Qual é a forma correta de conservar a maionese?

5/7

A maionese industrializada pode causar infecção por Salmonella?

6/7

A maionese industrializada pode fazer parte do cardápio de quem está de dieta?

7/7

A maionese industrializada pode integrar uma refeição saudável?