PUBLICIDADE

Cogumelo: tipos, benefícios, como escolher e receitas

Alimento é versátil e rico em proteínas, sendo bastante consumido em dietas vegetarianas e veganas

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Diferentes tipos de cogumelos sobre tábua de madeira.
Diferentes tipos de cogumelos sobre tábua de madeira.

Cogumelo é o termo popular dado às frutificações de alguns dos filos Basidiomycota e Ascomycota. Por isso, é possível dizer que os cogumelos são uma espécie de fungo. No geral, eles possuem um corpo composto por uma base e diversas ramificações. Além disso, eles apresentam uma ampla variedade de formas, cores e tamanhos.

Como item na alimentação, os cogumelos são fontes de proteínas, fibras, minerais e vitaminas, que contribuem para a saúde e bom funcionamento do organismo. Outra vantagem é que eles também são uma ótima alternativa à proteína de origem animal, sendo bastante consumidos em dietas vegetarianas e veganas.

Tipos de cogumelo

Os tipos mais conhecidos de cogumelos comestíveis são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Shitake: bastante popular na culinária brasileira nos dias atuais, ele tem cor marrom escura e é utilizado em preparações como sopas, molhos, recheios e acompanhamentos de massas.

Shimeji: seu sabor suave e agradável garante versatilidade nas preparações de diversas receitas. Ele é um dos cogumelos mais comuns e pode ser preparado de forma muito rápida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Funghi: o cogumelo funghi, na realidade, é qualquer cogumelo, porém em forma desidratada. Muitas vezes, é possível encontrar o funghi seco do tipo Porcini, uma variedade bastante comum na Itália. Antes de incluí-lo em uma receita, é preciso lavar em água corrente e hidratar.

Champignon ou Paris: esse é um dos primeiros tipos de cogumelos a serem comercializados e também o mais fácil de encontrar no mercado. Ele geralmente é vendido em conserva, mas também pode ser consumido fresco.

Portobello: sua tonalidade é marrom-escura e seu tamanho costuma ser maior do que os outros tipos de cogumelo. Seu sabor também é suave, mas sua textura costuma ser dura e até fibrosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cogumelos de diferentes tipos em vasilhas brancas.
Cogumelos de diferentes tipos em vasilhas brancas.

Benefícios dos cogumelos

Cada tipo de cogumelo possui particularidades únicas e pode proporcionar diferentes benefícios à saúde.

Shitake: é rico em aminoácidos essenciais que ajudam no bom funcionamento do organismo. Ele também pode ajudar na melhora da imunidade, além de ser fonte de fibras e vitaminas do complexo B, E e C.

Shimeji: este tipo possui uma quantidade significativa de potássio. O shimeji também auxilia no controle da pressão arterial e no processo de contração muscular.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Funghi: em geral, é fonte de vitamina B12, atuando na melhora da dor de cabeça, insônia e desconforto gástrico.

Champignon ou Paris: esse cogumelo é rico em vitaminas do complexo B, ácido fólico, selênio, cobre, potássio, zinco, manganês, ferro e cálcio.

Portobello: apresenta alta quantidade de fósforo e, junto com o cálcio, atua no fortalecimento do sistema ósseo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além dos benefícios citados acima, todos os tipos de cogumelos possuem uma característica em comum: ação antioxidante. Dessa forma, o consumo do alimento pode ajudar a proteger o organismo dos radicais livres que causam problemas à saúde, como o câncer.

Informação nutricional do cogumelo (porção de 100 gramas)

Característica/Tipo de cogumelo Shitake Shimeji Champignon/Paris
Calorias 61kcal 50kcal 27kcal
Carboidrato 14,4g 10,6g 4,82g
Proteína 1,56g 4,09g 1,87g
Lipídios 0,22g 0,56g 0,40g
Fibras 2,10g 6,77g 1,60g
Cálcio 3,00mg 1,19mg 1,60mg
Ferro 0,44mg 1,54mg 0,10mg
Sódio 4,00mg 0,91mg 0,98mg
Magnésio 14,0mg 21,1mg 7,92mg
Fósforo 29,0mg 174mg 99,4mg
Potássio 117mg 506mg 365mg
Zinco 1,33mg 1,38mg 0,54mg
Cobre 0,90mg 0,27mg 0,03mg
Selênio 24,8mcg 0mcg 9,85mcg

Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos - TBCA.

Quantidade recomendada

A quantidade recomendada para ingestão de cogumelos varia entre 250 e 300 gramas por dia. Além disso, não há riscos conhecidos relacionados ao consumo excessivo de cogumelos comestíveis.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Contraindicações do cogumelo

Não há contraindicações para o consumo de cogumelos, salvo em casos de alergia. Porém, é preciso atentar-se à procedência, armazenamento e higienização do produto para evitar riscos de infecção alimentar.

Como identificar um cogumelo tóxico

Identificar um cogumelo não comestível não é uma tarefa fácil. Existem muitas espécies na natureza e nenhuma característica específica denuncia a presença de veneno ou substância alucinógena.

Portanto, algumas dicas bastante úteis para levar em consideração na hora de consumir o alimento são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tipos de cogumelo NÃO comestível

Os tipos mais conhecidos de cogumelos não comestíveis são:

Amanita muscaria: conhecido como "mata-moscas", pode causar vertigem, sono, náusea e até mesmo alucinações.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Amanita abrupta: extremamente tóxico para o fígado.

Galerina marginata: cresce próximo à madeira podre e apresenta substâncias tóxicas em sua composição, que podem facilmente danificar o fígado.

Gyromitra esculenta: também chamado de "cogumelo cérebro", essa espécie apresenta giromitrina e pode causar dano ao fígado, sistema nervoso e rins.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Amanita phalloides: esse é um dos cogumelos mais venenosos, também chamado de "cicuta verde". Ele possui altíssimo grau de toxicidade, podendo ser responsável por falência hepática e até morte.

Cogumelo não comestível.
Cogumelo não comestível.

Como escolher e armazenar cogumelos

Na hora de comprar cogumelos frescos, fique atento aos sinais que podem demonstrar que o alimento não está apto ao consumo:

Como fazer cogumelo

Os cogumelos são alimentos extremamente versáteis, podendo ser consumidos refogados, assados, no vapor ou grelhados sem perder seus nutrientes.

Eles também são boas alternativas à proteína de origem animal. Dessa forma, podem ser utilizados como ingrediente de preparações frias ou quentes, servindo como acompanhamento ou até prato principal.

Receita com cogumelo em frigideira de ferro.
Receita com cogumelo em frigideira de ferro.

Receitas com cogumelos

Sopa de abóbora e shitake

Ingredientes

Modo de preparo

Em uma panela média, cozinhe os cogumelos em água fervente por 20 minutos. Escorra-os, mas não descarte a água do cozimento. Depois de esfriar, pique os cogumelos.

Em uma panela grande, refogue a cebola no azeite até ficar transparente. Junte a abóbora e o gengibre ralado. Cubra com água e deixe cozinhar até que a abóbora esteja macia.

Transfira a abóbora cozida com gengibre para o liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea.

Retorne a mistura para a panela, junte os cogumelos picados, a água do cozimento deles e deixe ferver por 10 minutos.

Finalize temperando com sal, pimenta-do-reino e óleo de gergelim a gosto.

Risoto de quinoa com abobrinha e cogumelos

Ingredientes

Modo de preparo

Em uma frigideira, aqueça o azeite e refogue em fogo médio a cebola e o alho até dourar.

Adicione a quinoa e frite por alguns instantes. Incorpore o vinho e deixe o álcool evaporar.

Reduza o fogo e acrescente o caldo de legumes já quente, concha por concha, até que a quinoa esteja totalmente cozida.

Então, adicione as abobrinhas e os cogumelos. Finalize com sal, pimenta-do-reino e queijo parmesão.

Cogumelo à provençal

Ingredientes

Modo de preparo

Corte os cogumelos em quatro partes.

Aqueça uma frigideira grande em fogo médio. Acrescente o azeite e refogue o alho por um minuto.

Junte os cogumelos e deixe dourar por 10 minutos, mexendo de vez em quando até murchar.

Tempere com sal, pimenta-do-reino e salsinha.

Shimeji no papelote à moda japonesa

Ingredientes

Modo de preparo

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Enquanto isso, lave os cogumelos rapidamente em água corrente. Escorra e reserve.

Separe uma folha de papel-manteiga do tamanho de uma folha sulfite. Coloque, então, os cogumelos, a cebolinha picada e o shoyu no centro da folha.

Dobre o papel, fazendo um envelope e aperte bem todas as pontas para que o molho não vase. Em seguida, coloque o papelote em uma assadeira e leve ao forno por 20 minutos.

Retire a assadeira do forno e abra o envelope com cuidado para não se queimar. Transfira o shimeji para uma tigela refratária e acrescente a manteiga. Misture bem e sirva imediatamente.

Fontes consultadas