PUBLICIDADE

Fuja dos clichês e privilegie sua saúde na hora de escolher as próteses de silicone

Veja o que considerar na hora de decidir o implante correto para seu tipo físico

Que a prótese de silicone ainda é uma das cirurgias plásticas mais procuradas nas clínicas especializadas, é fato. O interessante é que há alguns anos percebeu-se uma nova tendência que tem atraído bastante as brasileiras: trata-se de uma "americanização" do padrão brasileiro de beleza, visto de forma explícita, principalmente na mídia, e seguido pelo público. O bumbum passou a dividir os holofotes com os seios fartos. Hoje não basta ter "peito", tem que ter "PEITO".

Mulheres que já possuem certo volume de mama não se satisfazem, querem sempre mais, e por isso houve um aumento importante na procura pelas próteses. Próteses de 150, 180 e 200 ml usadas há cerca de 10 anos, agora são substituídas por próteses de 280, 300, 350 e 375 ml.

Hoje em dia as pacientes já chegam à consulta médica, orientadas pelas amigas a sugerir ao médico um volume maior de silicone nos seios para evitar insatisfação no pós-operatório. Isso porque a grande maioria, após o período de inchaço, acha que a prótese poderia ter um volume maior.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para pacientes que querem seios grandes mas têm tórax e base da mama estreitos, as empresas criaram um perfil de prótese diferente: a super alta, que tem uma maior projeção. Mas não é tão simples assim. Os volumes devem ser sugeridos pelo cirurgião, pois nem sempre o desejado pela paciente pode ser colocado. Por isso na consulta com o médico são avaliados a altura da paciente, altura do tórax, largura do tórax, elasticidade desta pele, tamanho da mama e por fim o desejo desta paciente.

A moda e a tendência atraem a todos, mas devemos alertar que volumes de silicone maiores que os habituais, que excedem o limite suportado pela pele têm uma chance maior de aparecimento de estrias, flacidez da mama e até mesmo de contratura capsular.

Uma das maiores limitações para volumes maiores é a pele mais firme que dificulta, ou até mesmo impossibilita, a distensão pela prótese. Isso faz com que algumas mulheres retornem meses após a cirurgia para a troca por uma prótese maior, já que a pele já esta mais distendida pelo volume inicialmente colocado.

Alerta

A moda e a tendência atraem a todos, mas devemos alertar que volumes de silicone maiores que os habituais, que excedem o limite suportado pela pele têm uma chance maior de aparecimento de estrias, flacidez da mama e até mesmo de contratura capsular.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mulheres que ainda não amamentaram e que pretendem ter filhos devem também se preocupar com o aspecto desta mama neste período, principalmente pelo aumento importante durante o aleitamento.

O bom senso é uma das principais características de bons profissionais que na maioria das vezes não se rendem as imposições das pacientes.