PUBLICIDADE

Estética x Climatério

Foi-se a época em que as titias ou vovós ocupavam seu tempo livre trancadas em casa, assistindo à programas de televisão e ou cuidando dos netinhos

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Hoje, as mulheres maduras ocupam um novo espaço na sociedade mostrando a independência da mulher moderna, tão almejada e conquistada, elas querem e precisam manter a beleza, a jovialidade e, sobretudo, a qualidade de vida, pois com essa independência veio também a concorrência com mulheres mais jovens. Porém a mulher madura sabe o que quer e como quer, tem a sabedoria necessária para ir mais além.

As mulheres maduras além de representarem um importante e fiel público no mercado da estética, necessitam de cuidados especiais em cabine. Para tanto, profissionais da estética contam com diversas opções de produtos e procedimentos capazes de garantir resultados eficazes. Além do tratamento estético, essas clientes também desejam atenção especial dos esteticistas que as atendem. Muitas vezes, a mulher que vive o período do climatério ou que já possui idade mais avançada, requer maior atenção afetiva, pois é neste momento que começam a sentir a síndrome do ninho vazio , ou seja, época em que os filhos já saíram ou estão

saindo de casa para buscar sua própria independência.

Neste momento, o profissional deve mostrar, sobretudo, seu lado humano estimulando o bem-estar e a auto-confiança de sua cliente. Não obstante, graças às suas habilidades técnicas, o esteticista também pode ajudar a identificar a presença de patologias específicas da idade. Certamente não caberá a este profissional tratar ou diagnosticar qualquer tipo de doença, mas ele poderá orientar sua cliente a buscar ajuda médica.

Graças à tecnologia, as mulheres têm possibilidade de se manter jovens e bonitas por muito mais tempo. Mas, também cabe à profissional de estética lembrar suas clientes que a beleza física também depende de bons hábitos alimentares e atividades físicas. E, talvez mais importante do que os cuidados específicos, a boa aparência reflete o estado de espírito de cada pessoa. Para ser bela, é preciso ter qualidade de vida, desfrutando de momentos agradáveis com a família, como a sociedade e, principalmente, consigo mesma.





Com quantos anos você iniciou um ritual de beleza contra o tempo?