PUBLICIDADE

Cirurgia plástica gengival pede cuidados no pós-operatório

É preciso evitar falar muito nas primeiras 48 horas e tomar cuidado com exposição solar e esforço físico

As cirurgias plásticas gengivais são procedimentos precisos e delicados, indicados para suavizar ou corrigir defeitos nos tecidos que circundam os dentes, que formam o periodonto. Esses procedimentos são importantes, pois frequentemente devolvem a proteção necessária às raízes dos dentes, as quais não devem permanecer expostas ao ambiente bucal, ou devolvem a resistência tecidual, o volume e o contorno gengivais necessários para o conforto funcional e estético do paciente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As cirurgias gengivais ou periodontais são assim chamadas porque envolvem manipulação de tecidos, muito embora estejam sendo realizadas de maneira minimamente invasiva e muitas vezes não há a necessidade de cortes amplos ou suturas. Os tecidos são guiados, enxertados, reposicionados e/ou renovados, respeitando-se a biologia e, frequentemente, utilizando-a a favor do paciente.

Por ser minimamente invasiva, a plástica gengival preserva o aporte sanguíneo às regiões trabalhadas e causa mínimo dano ao tecido da gengiva. Como consequência, o pós-operatório costuma ser tranquilo, sem sinais e sintomas de inflamação tecidual como edema (inchaço) e dor. É necessária, porém, a cooperação do paciente no sentido de cumprir à risca as recomendações pós-operatórias, que geralmente abrangem:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Definitivamente, o sucesso de qualquer procedimento plástico periodontal (ao redor de dentes) e/ou perimplantar (ao redor de implantes dentários) requer adequada indicação e execução das técnicas cirúrgicas, além do cuidado pós-operatório por parte do paciente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)