PUBLICIDADE

Creme de ação noturna: entenda a diferença desse tipo de tratamento

Entenda por que alguns desses produtos são receitados apenas para noite e por que é importante seguir essa indicação

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Os cremes podem ser prescritos para o uso diurno e noturno. As indicações são inúmeras, entre elas, várias doenças dermatológicas ou até para o rejuvenescimento. Alguns cremes são prescritos para a utilização noturna simplesmente por posologia, mas outros, prescritos dessa forma por outros motivos.

Vários produtos utilizados em cremes, dependendo da indicação podem possuir ativos que são degradados pela luz do sol e outros que são ativados pelos raios solares. Pela manhã são prescritos, em geral, produtos com protetores solares associados ou com ativos que não são fotossensíveis, não se inativam com o sol e ou não reagem com a luz causando danos à pele.

A questão principal não é uma ação diferenciada durante a noite, mas se ao creme utilizado de noite somam-se os efeitos dos demais tratamentos que o dermatologista programou.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Um dos produtos principais usado em tratamentos notrnos é o ácido retinóico e seus derivados. Esta substância em doses terapêuticas ou dermocosméticas são inativadas pela luz, assim como, por exemplo, a famosa vitamina C.

Quando nós dermatologistas prescrevemos produtos noturnos, além da precaução na efetividade, às vezes gostaríamos de adicionar um hidratante, um anti-inflamatório ou uma substância semelhante ao silicone para obtermos uma ação mais intensa ou proteger a pele.

Geralmente esses cremes possuem um veículo cuja sensação tátil pode ser menos seca que durante o dia, outros realmente são mais "oleosos" com propósitos diversos, principalmente a hidratação. Durante o dia, alguns pacientes se maquiam, se expõe ao sol, praticam esporte, suam e os produtos para pele devem ser adequados e agradáveis em detrimento do abandono do tratamento e a manutenção do creme.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cremes mais "grossos" tem finalidades específicas também. Quando queremos tratar uma doença de pele e prescrevemos a pomada, ela tem mesmo a função de "abafar" a pele com o objetivo tanto para hidratar a pele como para aumentar a capacidade de absorção do medicamento.

Portanto, é importante estar atento e não banalizar a ação dos cremes. Eles mal empregados não são inócuos e realmente podem trazer complicações não apenas na pele, como para os olhos e para todo o organismo.