PUBLICIDADE

Próteses de mama: quando é necessário trocar?

Tudo depende do tipo de prótese usada e de quando ela foi feita, além das reações da paciente

A cirurgia para implante de silicone nos seios é indicada para mulheres que desejam aumentar o volume das mamas, ou mesmo recuperar a firmeza e o volume perdidos após grandes perdas de peso ou após a gestação. É indicada, também, para mulheres submetidas à mastectomia para extração de tumores.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Contudo, como é praxe antes de qualquer intervenção cirúrgica, a paciente deve primeiramente conversar com um especialista e expor suas intenções antes de colocar os implantes, principalmente se a finalidade for estética. O médico vai avaliar seu histórico familiar, hábitos, eventuais medicações em uso e possíveis cirurgias realizadas anteriormente. Além disso, ele vai tirar as principais dúvidas da paciente.

A prótese de silicone tem validade?

Uma dúvida comum entre mulheres que pretendem colocar um implante de silicone nos seios é sobre a validade do material utilizado. As próteses de silicone mais recentes, fabricadas a partir dos anos 2000, são muito mais seguras que às antigas e há casos de paciente com até 20 anos de cirurgia sem trocar. Já as mais antigas precisam ser revisadas em torno de 10 anos de implantação. De qualquer forma, são apenas estimativas. Há pacientes que têm implantes há muito tempo, sem necessitar de qualquer tipo de troca. São necessários a avaliação de rotina de um cirurgião plástico e exames de imagem a serem considerados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outros fatores que podem fazer com que a prótese deva ser trocada são a ruptura acidental do implante, que têm causas diversas, principalmente impactos ou traumas locais que levam o implante a se romper. Há ainda a possibilidade de surgir rugas ou o endurecimento da capsula do implante, chamado contratura, principalmente nas próteses maiores, percebidas em mulheres com percentual de gordura muito baixo ou pele fina, o que compromete o resultado e altera a forma das mamas.

Perda ou ganho acentuado de peso também pode trazer alterações na forma das mamas com implantes, já que normalmente essas alterações vêm acompanhadas de aumento na flacidez. Nesses casos, a troca do implante pode ser associada a um lifting da pele no local.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Uma clínica de cirurgia bem estruturada utiliza materiais seguros e aprovados pelos órgãos reguladores, para não causar danos ao organismo das pacientes. E em qualquer sinal de problema o cirurgião plástico deve ser contatado para avaliar o quadro e poder conduzir o tratamento da forma mais segura possível.

As próteses são todas iguais?

Existem próteses dos mais variados tamanhos e formatos. Junto ao médico, a paciente decidirá sobre qual a melhor opção, levando em consideração a proporção e a simetria, além dos fatores fisiológicos envolvidos. Mulheres muito magras podem apresentar flacidez com próteses muito grandes, por exemplo.

O médico também decidirá junto à paciente a melhor via de realização do implante. Pode ser pela axila, pela aréola ou pelo sulco submamário, obedecendo a certos critérios e características individuais, sua experiência e anseios da paciente. A boa cicatrização depende da boa técnica cirúrgica, dos cuidados pós-operatórios e de fatores genéticos de cada paciente.