PUBLICIDADE

Como recuperar o cabelo após a quimioterapia

Após o tratamento, é hora de comemorar e cuidar do crescimento dos fios

O tratamento contra o câncer traz muitas mudanças para a rotina dos pacientes. Uma delas é a possível queda de cabelos causada pela quimioterapia. A intensidade dessa queda pode variar de pessoa para pessoa, mas após o fim do tratamento os fios voltam a crescer e, para cuidar da saúde dos cabelos, são necessários alguns cuidados especiais. A seguir você encontra algumas informações que podem te ajudar se preparar para esse período.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Hora de comemorar e cuidar dos fios novos

Só quem passa por um tratamento oncológico sabe o quão doloroso é perder os cabelos. Por isso, quando os fios voltam a crescer é hora de comemorar esse novo momento na vida do paciente, quando uma etapa foi vencida e outra se inicia. É um momento de renovação da vida e das esperanças.

Após o fim do tratamento, o cabelo pode crescer diferente do que era antes. E é preciso se preparar para isso, pois os fios podem crescer um pouco mais opacos, frágeis e quebradiços. Em alguns casos, o cabelo pode ter fios grisalhos, mas essa condição é temporária e, após alguns meses, as células do pigmento se regeneram espontaneamente, fazendo com que o cabelo volte a cor original.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"No tratamento de câncer com radiação e quimioterapia, ocorre uma reação chamada eflúvio anágeno, que nada mais é do que a queda capilar geral dos fios que tenham entre três e seis anos", explica a dermatologista Gabriela Paes, especialista em tricologia. A fase anágena é aquela em que o cabelo se mantém crescendo ativamente. E são justamente esses fios que caem durante o tratamento.

Recuperando os fios

Mesmo que os cabelos cresçam um pouco diferentes do que eles eram antes, ainda assim é possível cuidar da saúde dos fios e conseguir ótimos resultados. Uma forma de contribuir é cuidar da alimentação. Uma dieta rica em alimentos antioxidantes é muito importante para essa fase. Isso porque esses alimentos atenuam a ação dos radicais livres, responsáveis por agir nos folículos pilosos. De acordo com Gabriela, alimentos de cor verde escura (exemplo: couve, escarola), frutas vermelhas, banana, opções ricas em vitaminas A, B6, C, E , zinco e ferro, podem trazer benefícios além da saúde dos fios e até auxiliar a melhora em qualquer tratamento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O uso de óleos essenciais e vegetais, são muito bem indicados para saúde do couro cabeludo e revitalização do cabelo, durante esse período. Além disso, é preciso ter cuidado no momento de lavar a cabeça para não machucar o couro cabeludo. Quando for enxugar os fios, é recomendado também usar uma toalha macia e secar a cabeça com movimentos suaves, sem esfregar.

Enquanto os fios estão crescendo, não é indicado usar artigos ou produtos que possam machucar o couro cabeludo, como chapinhas, secador elétrico, tinturas ou produtos para fazer permanente. Entretanto, cada caso precisa ser avaliado com cuidado, então o mais indicado é procurar ajuda profissional para auxiliar na escolha do melhor tratamento.

Laserterapia

Outra forma de melhorar a aparência dos cabelos é a laserterapia. Esse método consiste na exposição do couro cabeludo a um feixe de energia luminosa capaz de alterar biomoléculas pelas reações fotoquímicas. "Uma vez que a energia emitida na forma de luz é absorvida pelo tecido, todo metabolismo local é favorecido, ajudando na saúde do couro cabeludo, diminuindo a inflamação local e estimulando o crescimento capilar?, explica Gabriela.