PUBLICIDADE

Aprenda a cuidar de uma unha lesionada

Dependendo do dedo e do tipo de lesão, pode demorar até 4 meses para a nova unha surgir; aprenda o melhor jeito de cuidar

Se o trauma na unha foi agudo e gerou sangramento importante, lacerações dos dedos ou hematomas dolorosos, o ideal é procurar o médico no pronto-socorro ou no consultório médico, o quanto antes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O cirurgião plástico, o ortopedista especializado em mãos, o cirurgião geral e o médico dermatologista estão aptos a diagnosticar e tratar esse tipo de problema. Nessa fase, o tratamento deve ser feito com exame minucioso da extensão do trauma, que poderá incluir exames de imagem, como ressonância magnética, radiografia, ultrassonografia e/ou exploração cirúrgica.

Caso seja necessário, o paciente poderá ser submetido a um procedimento cirúrgico. Também pode ser indicado o uso de medicamentos para dor e para tratamento de infecções que podem se instalar devido ao trauma.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Depois dessa fase aguda, o tratamento consiste em aguardar o crescimento da unha, que nem sempre cai logo nos primeiros dias. Dependendo do dedo e do tipo de lesão, pode demorar até 4 meses para a nova unha surgir.

Nesse meio tempo, a pele ao redor, caso não seja submetida à pressão que normalmente é exercida pela unha, pode crescer e levar ao encravamento quando a nova unha surgir.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por esse motivo, sempre que possível, utilizamos a própria unha antiga como curativo biológico. O objetivo aqui é manter o leito "ocupado" e guiar o nascimento da nova unha.

E se a unha cair?

Quando não temos mais a unha, podemos indicar o uso de uma unha postiça ou algum outro tipo de curativo que simule essa pressão exercida pela lâmina ungueal.

Além disso, o médico pode prescrever alguns medicamentos para acelerar o crescimento da unha, desde que não haja contraindicações para isso.

De qualquer maneira, é fundamental que um médico veja essa lesão o quanto antes para conduzir melhor o tratamento e a evolução do caso.

Quando ocorrem pequenos hematomas agudos, a dor gerada é muito grande, devido à pressão que o sangue faz contra a placa ungueal, que é dura. Pode ser necessária a drenagem do hematoma e isso deve ser de forma limpa, em ambiente médico, para que não haja infecções que podem comprometer o crescimento da unha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O uso de esmaltes e órteses depende de cada caso, mas em geral, não são contra-indicados.