PUBLICIDADE

Depilação com cera sem dor é possível? Especialista explica

Veja quais cuidados são necessários para diminuir a dor na hora de fazer depilação com cera

Embora a depilação com cera seja muito prática e eficaz, para muitas pessoas o procedimento pode ser uma verdadeira tortura Isso porque,além de arrancar os pelos da raiz, a cera também acaba puxando a pele, causando dor.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para acabar com esse sofrimento, uma clínica norte-americana especializada em depilação brasileira , a Elastic Wax Center, desenvolveu um produto artesanal que mistura cera de abelha e babosa, que possui ação hidratante e cicatrizante, para depilar o corpo sem dor. Além disso, antes do procedimento os profissionais aplicam óleo de melaleuca, conhecido por suas propriedades antissépticas e anti-inflamatórias, que contribuem para o alívio da dor.

Um vídeo postado no Youtube da empresa mostra como o procedimento é feito e quais as experiências de pessoas que já fizeram esse tipo de depilação. Mas será que produtos que prometem não causar dor são realmente efetivos?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com a dermatologista Joana D'arc Diniz, muitas marcas de ceras depilatórias prometem reduzir a dor por terem em sua composição uma substância anestésica. No entanto, seu efeito depende também da sensibilidade,do tipo de pele ou pelo de cada pessoa, da área onde a cera é aplicada e, claro, de sua qualidade.

"Entretanto, vale ressaltar que algumas pessoas são mais propensas a sentir dor e, em alguns casos, tendem a ter pelos encravados, o que dificulta o processo de eliminá-los", alerta a dermatologista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, a especialista informa que, na grande maioria das vezes, o elemento anestésico utilizado na fabricação dessas ceras é o eugenol, que tem efeito analgésico, anti-inflamatório e antisséptico na pele. No entanto, é importante alertar que o eugenol não é aconselhado para peles muito sensíveis, com lesões e, sobretudo, para grávidas.

Como fazer a depilação doer menos?

Segundo Joana D'arc, antes da depilação é indicado fazer uma esfoliação na região para preparar a pele e ajudar a diminuir pelos encravados, o que favorece o procedimento. Outro ponto importante é manter a pele sempre hidratada, em especial com cremes à base de aloe vera e calêndula,que possuem efeito calmante. Tudo isso facilita a remoção dos pelos e evita a foliculite.

"Para reduzir a dor da depilação, também é recomendado buscar um profissional bastante experiente, pois o modo de 'puxar' a cera é importante para causar menos agressão à pele e evitar até uma reação alérgica. Além disso, o profissional e o local escolhido para fazer o procedimento precisam atender às exigências e condições de higiene estabelecidas pelos órgãos competentes, para evitar riscos e complicações", diz a dermatologista.

Cuidados antes e depois da depilação