PUBLICIDADE

Bronzeamento natural também exige proteção, explica especialista

Se a pele não for protegida, o bronzeamento com fitas pode causar dermatites de contato, alergia e até câncer

No verão, estar com a pele bronzeada é o desejo de muitas pessoas. Porém, o que a maioria não sabe é que, pelo ponto de vista médico, o ideal é não expor a pele aos raios UVA e UVB. Mesmo que não seja tão prejudicial quanto as cabines de bronzeamento artificial, o bronzeamento natural também exige uma série de cuidados.

Como fazer bronzeamento natural?

A técnica intitulada "bronzeamento natural" trata-se de expor a pele no horário de maior incidência dos raios UVA e UVB. Usando produtos sintéticos (fitas adesivas), tem o objetivo de deixar a marca de biquíni mais evidente.

No entanto, essa técnica é contraindicada. Segundo a dermatologista Joana D'arc, o bronzeamento deve ser feito nos horários sem incidência maior dos raios UVA e UVB, ou seja, das 8 às 10 horas ou depois das 16 horas. Além disso, deve-se utilizar o protetor solar fator 30 ou mais, com a pele hidratada e o corpo também.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante lembrar também que nem todo mundo atinge o bronzeado da mesma forma. Cada pessoa produz quantidades diferentes de melanina no corpo. Quem tem a pele mais clara possui pouca melanina, por isso queima com mais facilidade, mas não atinge o bronzeado tão fácil. Já a pele negra, possui maior quantidade de melanina e é capaz de produzir um bronzeado mais rápido.

Quais são os riscos do bronzeamento natural?

O bronzeamento natural sem proteção pode ser muito perigoso à saúde. A dermatologista lista os riscos que a queimadura solar pode causar:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Além disso, o material contido nesses adesivos usados para definir as marcas de biquíni podem causar dermatites de contato e alergias", acrescenta a dermatologista.

Quais são os benefícios?

No entanto, se o bronzeamento for feito da forma correta, ele pode trazer alguns benefícios para a sua saúde. Confira alguns listados pela dermatologista:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Truques para alcançar o bronzeado perfeito

Você pode, sim, conseguir um bronzeado natural sem danificar a pele. A biomédica da Clínica Sheila Bellotti, Christina Souza, separou algumas dicas saudáveis que podem ajudar:

Alimentação

Certos alimentos e complementos irão estimular a produção de melanina no organismo. "São eles cenoura, beterraba e mamão, pois são ricos em betacaroteno. Deve-se começar essa dieta com 30 dias de antecedência", afirma Christina.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bronzeadores

"Além do protetor solar, pode ser usado um bronzeador para acelerar o processo. Mas é necessária a indicação médica do produto de acordo com o seu tipo de pele", enfatiza a biomédica. O efeito desse produto costuma durar de 7 a 10 dias.

Hidratação

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Não só ajuda a recuperar a pele, a hidratação após a exposição solar também influencia na duração do bronze. "Aposte em hidratantes com substâncias calmantes como a aloe vera, que evita que a pele descame e tome banhos mornos ou frios", finaliza.