PUBLICIDADE

Vitaminas para cabelo: como saber quais tomar?

Os nutrientes vitamínicos são essenciais para a saúde dos fios; descubra as vitaminas mais importantes

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

As vitaminas são essenciais para a boa manutenção e funcionamento do corpo, além de atuarem no processo de absorção de outros nutrientes, também indispensáveis ao organismo. Como o nosso corpo não produz vitaminas, elas devem compor a nossa dieta alimentar.

As principais fontes de vitaminas são frutas, verduras e legumes, porém, podem ainda ser encontradas na carne, nos ovos, no leite e nos cereais. Todas as pessoas têm benefícios ao ingerir alimentos ricos em vitaminas, divididas em hidrossolúveis (solúveis em água) ou lipossolúveis (em gordura).

No entanto, é importante destacar que a reposição através de complexos vitamínicos só deve ser feita em caso de carências orgânicas e nunca por automedicação, já que o organismo deve funcionar em equilíbrio, evitando sempre os excessos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Um bom exemplo é a vitamina A, bastante relevante para a saúde do cabelo, da pele e das unhas, mas que em excesso pode causar até queda de cabelos. Por isso, a suplementação oral precisa ter indicação médica e feita após exames laboratoriais e demais exames no consultório, entre os quais a tricoscopia, para saber se há recomendação da suplementação.

Por meio da tricoscopia, um exame não invasivo e indolor, são avaliadas as condições do couro cabeludo, da estrutura do fio e da haste capilar. Com ele, juntamente com a complementação dos exames laboratoriais, é possível analisar as doenças capilares da pessoa e, assim, diagnosticar se o problema é uma consequência de deficiências nutricionais que afetam o cabelo.

A principal fonte de Vitamina A certamente vem dos alimentos - e a sua ingestão, preferencialmente, deve ser feita por meio deles. Mas como muitas pessoas absorvem quantidades pequenas da vitamina pela dieta alimentar, em algumas situações é preciso usar a suplementação oral.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como os cabelos são anexos terminais da pele, para o organismo a sua função tem um papel menor em relação a órgãos nobres. Deste modo, os cabelos acabam recebendo frações pequenas demais dos nutrientes para a manutenção das fases do ciclo capilar. Daí a necessidade de suplementação em cápsulas ou líquidos, que é prescrita e dosada de acordo com cada pessoa pelo médico tricologista.

A ingestão equilibrada de vitaminas age positivamente na saúde e na beleza dos cabelos. Também em destaque encontram-se todas as do complexo B, como as vitaminas B12, B7, B5 e B9 (ácido fólico). Esta última, aliás, é imprescindível na produção de metionina, um aminoácido essencial para a cor do cabelo. E sua deficiência pode provocar o embranquecimento precoce dos fios.

Já a vitamina D é importante para todo organismo e vital para produção capilar. A vitamina C, por sua vez, é fundamental para a absorção ferro e na manutenção do colágeno, que atua também na espessura dos fios, além de agir na qualidade da queratina, principal proteína dos cabelos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por fim, a vitamina A age na manutenção do tecido capilar e a vitamina E é um potente antioxidante, retardando o envelhecimento dos fios. Todas fazem também a manutenção dos fios em fase anágena, quando há nascimento e crescimento do cabelo.

Benefícios das vitaminas para a saúde capilar