Por que a poluição do ar acelera o envelhecimento da pele?

A dermatologista Simone Neri explica como os poluentes presentes no ar agem negativamente na pele

Quando pensamos em poluição, nos vem à mente substâncias tóxicas, sujeira e outros malefícios. No caso da pele, a poluição também pode causar danos severos e, consequentemente, acelerar o envelhecimento.

Para início de conversa, os poluentes são substâncias que existem no ar, mas que não estão presentes na atmosfera original. Ou seja, eles podem ser substâncias biológicas, físicas ou químicas que alteram a composição original do ar. Dessa forma, a poluição do ar é formada a partir dos gases poluentes emitidos por carros, fábricas, entre outros.

A partir da queima desses gases na atmosfera são formados os materiais particulados: fragmentos cinco vezes mais finos que um fio de cabelo que, ao penetrarem na pele, agridem suas camadas mais profundas. Assim, é desencadeado um aumento na produção de radicais livres que causam danos nas células sadias do corpo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Portanto, o processo de contato e absorção da poluição pela pele resulta na oxidação que, a longo prazo, altera a formação das fibras de colágeno, ocasionando o aparecimento precoce de flacidez e rugas.

A poluição ainda causa um esgotamento das defesas antioxidantes do tecido cutâneo, principalmente pela perda de vitamina C, conhecida por proteger a pele dos agentes externos e também por combater os efeitos dos radicais livres. Além disso, os poluentes presentes no ar também favorecem a obstrução dos poros, o que contribui para o desenvolvimento de cravos e espinhas.

Como minimizar os efeitos da poluição na pele?

Depois de tudo que foi dito acima e sabendo que o ar é poluído, logo pensamos: afinal, podemos proteger nossa pele contra os efeitos da poluição? A resposta é sim! Com hábitos simples, práticos e fáceis é possível reduzir os danos dos poluentes na pele diariamente e, consequentemente, retardar o envelhecimento. Confira:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1. Limpeza: o primeiro passo essencial para se proteger contra os efeitos da poluição é a higienização adequada da pele. Dessa forma, ela não sofrerá acúmulo de sujeira. Por isso, lave o rosto com um sabonete facial ideal para o seu tipo de pele pelo menos duas vezes ao dia: depois de acordar e antes de dormir. Se desejar, também é possível complementar a limpeza da pele utilizando uma água micelar, por exemplo;

2. Proteção solar: em segundo lugar, mas tão importante quanto o primeiro, vem o protetor solar. O produto é capaz de formar uma barreira protetora que previne a pele contra a radiação solar UVA e UVB, mas também age de forma que os poluentes não entrem em contato direto com o tecido cutâneo. Por isso, utilize um protetor solar ideal para o seu tipo de pele diariamente, repetindo o uso ao longo do dia conforme as instruções indicadas pelo fabricante;

3. Rotina saudável: você sabia que uma rotina saudável de forma geral também contribui para uma pele mais bonita e ainda ajuda a diminuir os efeitos do envelhecimento? Pois é! Por isso, mantenha hábitos saudáveis, como praticar exercícios físicos regularmente, e procure alimentar-se de maneira balanceada, incluindo alimentos ricos em vitamina C, E e zinco no dia a dia, nutrientes que ajudarão a prevenir a degradação do colágeno da pele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)