PUBLICIDADE

Quem tem cabelos oleosos pode usar condicionador?

Produto é essencial para selar as cutículas da fibra capilar, mas exige alguns cuidados na sua utilização

Esta é uma dúvida que sempre ronda as cabeças, especialmente, as femininas. Sim, todo cabelo necessita da aplicação do condicionador, que tem como função principal selar as cutículas da fibra capilar - que tem suas escamas abertas pela ação do shampoo no processo de lavagem e higienização.

O condicionador é também muito importante, porque promove a hidratação dos fios, porém a dica fundamental ao usá-lo é nunca abusar da quantidade e não passar o produto próximo ao couro cabeludo. Na prática, ele deve ser aplicado a uma distância de aproximadamente 10 a 15 cm da raiz.

Além disso, é essencial remover todos os resíduos do condicionador para que ocorra a reação natural de absorção do produto e fechamento das cutículas, estabilizando, desta maneira, o pH dos fios. E este processo vale para todos os tipos de cabelo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No entanto, é bom ficar atento ao uso inadequado ou exagerado de condicionadores, leave-ins, cremes e similares nos cabelos oleosos. Isso porque qualquer um deles estimula a produção de óleo e sebo, o que pode obstruir o couro cabeludo e causar danos aos fios. Ou seja, esse excesso acentua e agrava o quadro de cabelos oleosos. Conclusão: esse tipo de fio não suporta a exposição excessiva aos produtos dessa categoria.

Lavar o cabelo todo dia faz mal?

Além disso, não há propriamente restrição de uma lavagem diária com os produtos adequados e é até importante destacar que os cabelos oleosos podem ser lavados diariamente, mas isso não é uma regra. Sobretudo para os casos que apresentam excesso de oleosidade, caspa ou seborreia, nos quais é recomendado shampoos específicos para tratar e manter a saúde capilar - salientando que esses shampoos não devem ser usados todo dia.

Isto ainda se aplica nos períodos de tratamento, queda de cabelo e alopecia androgenética (pela hiperprodução de sebo). E o uso do condicionador está agregado a estes casos também, desde que seja aplicado corretamente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A higienização, em especial nos cabelos oleosos, deve ser realizada para a retirada de impurezas e controle de fungos e bactérias inerentes ao nosso cotidiano. Saiba que sujeira pode até ser sinônimo de alguma patologia, tanto para o couro cabeludo, quanto para a fibra capilar.

O aumento da oleosidade provocada pelos dias sem higienização pode não só provocar a queda dos fios, como dar uma sensação maior de perda capilar no dia da lavagem. Entretanto, se a pessoa lava os cabelos duas ou três vezes ao dia, poderá estar retirando os nutrientes necessários à manutenção da saúde dos cabelos e da pele.

E, além do mais, é essencial levar em consideração os cabelos quimicamente processados, que não resistem ao elevado uso de água e do surfactante dos shampoos. Por isso, pode ter sua higienização em dias alternados, isto é, no máximo de dois em dois dias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outro ponto relevante é evitar uma manipulação excessiva do couro cabeludo para que não facilite e estimule a secreção da glândula sebácea. Também se deve evitar produtos com ativos gordurosos, que possam deixar resíduos principalmente no escalpe.

Cuidados com os cabelos oleosos

Se você tem cabelos oleosos, é válido ter uma real noção do grau de oleosidade dos fios e do couro cabeludo. Portanto, é indicado buscar a orientação de um médico tricologista para analisar toda a região e avaliar as condições e as causas da oleosidade, que pode ser provocada por agentes externos ou internos. Após o diagnóstico do especialista, é prescrito o tratamento indicado, afinal, existem diversos procedimentos para tratar cada caso específico.

Confira abaixo algumas dicas gerais de cuidados com o cabelo oleoso que podem ser colocadas em prática desde já:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)