PUBLICIDADE

Óleos vegetais para cabelo: como usar e quais são os benefícios?

Confiras as dúvidas sobre o uso de óleos vegetais e quais os benefícios para o cabelo

Mais do que nunca os óleos vegetais se tornaram queridinhos indispensáveis na rotina de beleza e no cronograma capilar de várias pessoas. Mas afinal, o que são os óleos vegetais e o que os tornam tão importantes para a saúde do cabelo?

De acordo com Laís Leonor, dermatologista da clínica Dr. André Braz, os óleos vegetais são gorduras extraídas das plantas e sementes, e são veículos importantes de nutrientes lipossolúveis, tais como as vitaminas A, D, E e K.

E o que tudo isso significa? Convidamos especialistas para responder às dúvidas mais pesquisadas sobre o óleo vegetal para os fios. Confira:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Benefícios dos óleos vegetais para o cabelo

Diferente de outros tipos de óleos, os óleos vegetais não se acumulam e nem deixam o cabelo com aspecto excessivamente oleoso ou pesado quando utilizados em doses e destinações corretas.

Isso torna os óleos vegetais grandes umectantes, emolientes e lubrificantes, fazendo que o produto auxilie na hidratação dos fios e dê um aspecto suave, maleável e saudável à pele e aos cabelos.

De acordo com Ariana Mendonça, médica com especialização em Anatomia aplicada aos injetáveis na face, alguns óleos contém ceramidas, um composto impermeabilizante, que forma uma camada de proteção ao fio.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Por isso, são potentes emolientes e umectantes para a fibra capilar, trazendo maciez e mais disciplina aos fios", explica a médica.

Quais óleos vegetais usar

Apesar de serem benéficos para os fios, nem todos os óleos vegetais possuem as mesmas propriedades. Por isso é importante entender como cada um deles pode agir no cabelo e qual resultado esperar de acordo com as características de cada um.

Óleo de coco: O óleo de coco é derivado dos frutos maduros de coqueiros e é conhecido por penetrar profundamente nos folículos capilares. Por isso, esse óleo vegetal é indicado para quem procura estimular o crescimento do cabelo, hidratar, conferir brilho e maciez ao cabelo, e prevenir a quebra e as pontas duplas dos fios.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Óleo de argan: Por ser rico em antioxidantes, ácidos graxos essenciais e vitamina E, o óleo de argan ajuda a hidratar e deixar o cabelo macio. Além disso, o óleo de argan ajuda a combater as caspas, sela pontas duplas e suaviza o frizz, e pode proteger o cabelo dos danos do calor.

Óleo de rícino: O óleo de rícino é conhecido principalmente por ser um grande estimulante para o crescimento do cabelo. Contudo, esse óleo vegetal também possui outros tantos benefícios, como hidratar o couro cabeludo seco e irritado, e aumenta o fluxo sanguíneo do couro cabeludo, o que promove um cabelo mais saudável.

Além disso, por possuir propriedades antibacterianas e antifúngicas, o óleo de rícino também pode reduzir a caspa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como usar os óleos vegetais no cabelo?

Conforme orienta Ariana Mendonça, existem formas corretas de se beneficiar das propriedades dos óleos vegetais:

Óleo vegetal para hidratação: Os óleos não são capazes de hidratar os fios de forma isolada. "O que eles fazem é prevenir que a água já presente no fio saia", explica Ariana Mendonça. Ou seja, os óleos vegetais previnem a desidratação.

A melhor forma de aproveitar seu uso para hidratar os fios é adicionando-os às máscaras de hidratação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Óleo vegetal para umectação noturna: Na umectação noturna, o óleo é aplicado à noite, antes de dormir e lavado pela manhã. O ideal é que o cabelo seja lavado apenas com condicionador para reter ainda mais a hidratação capilar.

Óleo vegetal para umectação rápida: Nesse método, a principal função do óleo vegetal é nutrir os fios mais profundamente. Para isso, na umectação rápida, o óleo deve ser aplicado aos fios entre 2 a 3 horas antes da lavagem dos cabelos.

Óleos vegetais para cabelos cacheados e crespos

Muito se fala sobre óleos vegetais para cabelos cacheados e crespos. Mas será que eles realmente são benéficos para essas curvaturas de fios?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A resposta é sim! Isso porque cabelos cacheados e crespos podem ser naturalmente mais ressecados e com mais tendência a ter frizz.

"Os cabelos cacheados e crespos se beneficiam muito dos óleos vegetais, pois combatem o frizz, trazem brilho e auxiliam muito no day after (dias em que o cabelo não será lavado)", explica a dermatologista Laís Leonor.

Os mais indicados são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Apesar de serem muito benéficos, conforme lembra a médica Ariana Mendonça, é importante que esses produtos sejam aplicados apenas no comprimento do cabelo e que não tenham contato com o couro cabeludo.

Se você ainda não sabe por onde começar e quais óleos vegetais usar, separamos para você algumas opções de produtos que irão ajudar a umectar e tratar os seus fios.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1. Óleo de Coco Orgânico Qualicoco

Foto: Reprodução / Amazon
Foto: Reprodução / Amazon

Um dos óleos vegetais mais populares quando se trata de umectação, o óleo de coco é um item fundamental para cuidar dos seus fios. O Óleo de Coco Orgânico da Qualicoco, como o próprio nome sugere, é produto orgânico, livre de agrotóxicos e conservantes. Além disso, esse óleo não possui cheiro, pois passou por um processo de desodorização.

2. Óleo de Umectação Amo Cachos Rícino, Griffus Cosméticos

Foto: Reprodução / Amazon
Foto: Reprodução / Amazon

Outra opção para umectação e fortalecimento dos fios é o óleo de rícino, que além disso ajuda no crescimento do cabelo e no tratamento do couro cabeludo. O Óleo de Umectação da Griffus Cosméticos possui filtro solar e é indicado para cabelos de 2A a 4C.

3. Moroccanoil Tratamento Óleo De Argan Tradicional

Foto: Reprodução / Amazon
Foto: Reprodução / Amazon

Para quem procura uma opção para deixar os fios macios e hidratados, o óleo de argan é uma excelente alternativa. Com uma fórmula que ajuda a controlar o frizz e dá brilho para o cabelo, o Óleo de Argan Tradicional da Moroccanoil ajuda a reduzir o tempo de secagem e deixa os fios com um toque agradável.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

4. Aqua Óleo Herbal Essences Babosa & Extrato de Coco

Foto: Reprodução / Amazon
Foto: Reprodução / Amazon

Esse óleo de coco combina os benefícios da fruta com as vantagens do aloe e vera, que ajuda a hidratar, controlar o frizz e reparar as pontas. Além disso, o Óleo de Babosa & Extrato de Coco da Herbal Essences não possui sais, parabenos ou silicone.

5. Óleo Vegetal de Abacate By Samia

Foto: Reprodução / Amazon
Foto: Reprodução / Amazon

Quando se trata de umectação e hidratação, não tem como não falar do óleo de abacate. 100% puro e sem conservantes, o Óleo Vegetal de Abacate da By Samia é um produto vegano e não possui parabenos, sulfatos, corantes, silicone ou essências artificiais em sua composição.

6. Óleo Vegetal Jojoba WNF

Foto: Reprodução / Amazon
Foto: Reprodução / Amazon

O óleo de jojoba é uma excelente opção para quem procura tratar problemas no couro cabeludo, como caspas e excesso de oleosidade, além de possuir alto poder emoliente que ajuda a deixar os fios macios e hidratados. O Óleo Vegetal de Jojoba da WNF contém vitaminas A, B1, B2 e E em sua composição e limpa o bulbo e os folículos capilares.