PUBLICIDADE

Implantes de silicone aumentam o risco de doenças, indica estudo

Colocação de prótese de silicone aumenta em 400% o risco de uma mulher ter câncer de pele

Um estudo realizado por pesquisadores do MD Anderson Cancer Center da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, descobriu que implantes de silicone nos seios podem aumentar em até 600% o risco de artrite, em 450% o risco de natimorto e em 400% o risco de câncer de pele.

Para a investigação, foram analisadas cerca de 100 mil pacientes inscritas em grandes estudos pós-aprovação de próteses entre 2007 e 2010. Aproximadamente 80 mil participantes tinham implantes de silicone, enquanto o restante tinham próteses salinas. A pesquisa foi publicada na revista científica Annals of Surgery.

De acordo com as análises, a maioria das voluntárias colocaram o implante por razões estéticas: 72% aumentaram a mama pela primeira vez e 15% estavam trocando um implante anterior. As outras pacientes colocaram as próteses após cirurgias de reconstrução: 10% a fizeram pela primeira vez e 3% passavam por uma troca de prótese.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os resultados mostraram que as mulheres que escolheram colocar próteses de silicone apresentaram um risco maior de terem efeitos adversos, como artrite reumatoide, síndrome de Sjögren e esclerodermia. Todas essas condições vieram com um risco seis a oito vezes maior nessas mulheres do que na população geral.

Além disso, os implantes de silicone foram associados a um risco maior de complicações cirúrgicas do que com soluções salinas. Aproximadamente 5% desenvolveram contratura capsular, em comparação com 2,8% das mulheres com implantes salinos.

"Estamos relatando uma análise do maior estudo prospectivo até o momento sobre a segurança do implante mamário de silicone", afirma Mark Clemens, professor associado do departamento de cirurgia plástica do MD Anderson Cancer Center.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Segundo os autores, esse é o maior estudo sobre consequências associadas a implantes de mama já realizados e os resultados são importantes para ajudar as mulheres a escolherem qual a melhor prótese.

"As mulheres não devem entrar em pânico, mas há algo acontecendo e é diferente do que as mulheres ouviram nas últimas duas décadas", disse Diana Zuckerman, presidente do Centro Nacional de Pesquisa em Saúde, ao DailyMail.

O que são as próteses de silicone?

As próteses de silicone são implantes colocados nos seios, nádegas ou outras regiões do corpo para um aumento do volume na região. No caso do silicone nos seios, esses implantes podem ter finalidade terapêutica (reconstrução mamária) ou estética (aumento do volume das mamas), utilizado com o propósito de corrigir imperfeições (assimetrias), melhorar o contorno e proporções do corpo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É o principal material utilizado na cirurgia plástica da mamoplastia, que tem por objetivo transformar e modificar o formato das mamas, visando torná-lo mais harmonioso e proporcional ao restante do corpo. A designação varia de acordo com o tipo de mamoplastia que será indicada e realizada, ou seja, mamoplastia redutora, mastopexia, lifting ou elevação da mama, mamoplastia de aumento, reconstrução mamária (oncológica) e a mastoplastia (assimetria). A inclusão de implante mamário é feito por uma incisão que pode ser no sulco mamário, aréola ou axila.

Veja os tipos de próteses, como escolher e dúvidas comuns!